192207784316955
Loading...

Que tipo de plagiador você é?

Que tipo de plagiador você é?O plágio é uma praga que assombra, hora ou outra, todos que têm um blog.

Pode ser que você já tenha sido vítima dessa praga mesmo sem saber.

Já escrevi aqui no Gerenciando Blog diversas formas para você se proteger do plágio de seus artigos.

Mas, agora é hora de fazer um exame de consciência e se colocar do outro lado da história: você já cometeu plágio ou violação de direitos autorais alguma vez?

Saiba a resposta através da resposta que você daria à pergunta feita no título do artigo e entenda as consequências dos seus atos.


Introdução

Há diversos tipos de plagiadores, desde os mal intencionados até os inocentes.

O plagiador inocente é aquele que está cometendo o plágio sem realmente saber que isso é errado e até pensando que está ajudando o autor do artigo.

Nos próximos itens, você verá diversas respostas possíveis para a pergunta do título deste artigo.

As primeiras respostas são as que configuram situações mais graves.

Responda com sinceridade: que tipo de plagiador você é?


1. Eu copio artigos de outros sites e blogs, sem citar a fonte.

erradoSem dúvida alguma, este é o pior comportamento que você pode ter com relação aos artigos de outros autores.

Quando você faz isso, não deixa claro a quem lê o seu artigo que não foi você quem o escreveu, cometendo o crime de plágio.

Além de ser um tremendo desrespeito ao autor do artigo original, você corre os seguintes riscos:
  • Você pode ser acionado juridicamente e pagar multa por esse crime.
  • Seu artigo pode ser denunciado ao Google e ser removido do ar ou do índice de resultados do buscador.
  • Seus demais artigos (mesmo os originais) podem ficar em piores posições nos resultados do Google.
  • Você perde a credibilidade com seus leitores.

2. Copio os artigos, mas sempre cito a fonte. Só não peço autorização.

erradoMuitos acreditam que, quando citam a fonte de um artigo, podem republicá-lo sem problemas em seu blog.

Isso não é verdade.

Toda obra intelectual tem seus direitos autorais protegidos.

Isso significa que você só pode reproduzir um texto em seu blog caso obtenha autorização do autor para isso, ou se estiver claro no texto original que a sua reprodução é permitida.

Se você não tem essa autorização, está cometendo infração de direitos autorais.

Os riscos são similares aos do item anterior:
  • Você pode ser acionado juridicamente e pagar multa por esse crime.
  • Seu artigo pode ser denunciado ao Google e ser removido do ar ou do índice de resultados do buscador.
  • Seus demais artigos (mesmo os originais) podem ficar em piores posições nos resultados do Google.


3. Só copio os artigos em meu blog após obter autorização do autor.

atencaoSe esta é a sua situação, há uma boa notícia: isso significa que você tem consciência do que está fazendo e tomou os cuidados necessário.

Por isso, está livre de problemas legais com relação a esta ação.

Mas, você não está livre de todos os problemas. O Google odeia textos duplicados – e é exatamente isso que você gera quando republica um artigo que já foi publicado em outros blogs.

Em situações assim, o Google pode nem mesmo exibir seu blog nos resultados de uma busca e, em vez disso, mostrar abaixo uma imagem como a abaixo:


Google mostrando artigos duplicados


Por isso, mesmo com autorização do autor, não vale a pena republicar em seu blog textos de outros sites e blogs. Os riscos que você corre nesta situação:
  • Os artigos que você republica podem não aparecer nos resultados do Google.
  • Mesmo que apareçam, por que alguém acompanharia seu blog para ler o que já foi publicado em outros sites?

4. Acompanho o que outros blogs publicam e escrevo meu próprio texto sobre o assunto.

atencaoSe esta é a resposta para a pergunta do artigo e você não realiza o que citei nos itens anteriores, parabéns!

Você está no caminho certo.

Entre tantos artigos que são escritos diariamente, é muito difícil escrever sobre algo que já não tenha sido escrito antes.

Por isso, não há grandes problemas se você utiliza outros sites e blogs apenas como fonte de inspiração para seus artigos.

Ainda assim, são necessários alguns cuidados para não ser prejudicado:
  • Evite o exagero de só reescrever em seu blog o que você leu em outro(s) blog(s). Fazendo isso, você se tornará apenas um “reprocessador” de textos, sem gerar conteúdo realmente novo e interessante em seu blog.
  • Se você foi inspirado por outro artigo ao escrever seu texto, colabore com o autor do artigo original e lhe dê crédito, deixando um link para sua postagem. Isso ajuda a firmar laços com outros autores – sem contar que é ótimo para o SEO do seu blog.

5. Sempre produzo artigos originais, sobre aquilo que ninguém escreveu ainda.

corretoVocê conseguiu sinceramente dar esta resposta à pergunta?

Parabéns!!!

É dos seus artigos que a blogosfera precisa.

Quem acompanha um blog procura justamente por isso: ler novidades, encontrar aquilo que não foi publicado em outros blogs.

E isso vale para qualquer nicho: pode ser um tutorial mostrando como fazer algo inovador, uma receita de bolo com uma combinação surpreendente de ingredientes, uma poesia que emocione os leitores ou um depoimento sincero sobre sua experiência pessoal.

Se você age assim, há um único risco: que o seu blog se torne referência em sua área de atuação, conseguindo links de qualidade e mais visitantes a cada dia.

Caso isso ainda não esteja acontecendo com você, pode ser que você precise melhorar alguns aspectos técnicos do seu trabalho.

Neste caso, o artigo Cinquenta tons de SEO o ajudará a saber onde melhor.


Pergunta bônus: você tem autorização para utilizar as imagens que estão em seus artigos?

Este é um ponto que costuma ser o calcanhar de Aquiles de muitos blogs.

Não apenas os textos, mas as imagens que você encontra na internet também são protegidas por direitos autorais.

Isso significa que você não tem o direito de utilizar em seus posts qualquer imagem que encontre em um blog ou no Google Imagens.

Você só pode utilizar imagens produzidas por você mesmo, que sejam de uso livre ou que cujo uso tenha sido autorizado pelo autor.

Isso merece um artigo próprio, mas abaixo estão alguns artigos de outros sites indicando onde você poderá encontrar imagens de uso livre:

Conclusão

Para não correr riscos desnecessários e dar a melhor experiência aos seus leitores, o melhor é somente publicar em seu blog textos originais.

O mesmo vale para “guest posts” e artigo patrocinados: recuse-se a publicar em seu blog um texto que já tenha sido publicado em outros sites.


Se você está do outro lado da história e teve seu artigo copiado sem autorização, a solução é simples e eficiente: denuncie o plágio ao Google!

E se você quiser mais informações sobre o tema “plágio”, leia Plágio: O e-book da blogosfera legalizada.

Quer compartilhar sua experiência sobre o assunto?

Deixe um comentário!

E se você quer ajudar mais pessoas a evitarem esse comportamento, compartilhe o link deste artigo em suas redes sociais e blogs.

Isso não será plágio! :-)

Fotos: Fotolia


plágio 3313755376396961691

Postar um comentário

  1. Nossa, agora fiquei assustada rs Sou novata em blogs e realmente por pura ignorância, publiquei em meu blog, não artigos, mas receitas culinárias de outros blogs e sites e vídeos de culinária do youtube, todos eles citando a fonte e inclusive, deixando elogios e comentando que iria postar em meu blog... Fiz besteira né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Luiza!

      Muitos que estão começando seus blogs comete esse erro.

      Com relação aos vídeos do Youtube, não há problemas: se o autor permitiu que o vídeo fosse incorporado, significa que você pode fazer isso.

      Quanto às receitas, o correto é não republicá-las, pelo motivo que citei acima. Mas, se você não se importa em perder posições no Google, é importante ter autorização do autor para publicá-las em seu blog.

      Um abraço!

      Excluir
  2. Olá, Adelson!

    Particularmente uso a estratégia que a aprendi com o Gustavo Freitas. Caso eu queria compartilhar um artigo que achei muito interessante e acredito que seja também interessante compartilhá-lo, faço um resumo do artigo (altero o nome do artigo) com minhas palavras e em seguida copio apenas um parágrafo citando a fonte dentro do nome original do artigo.

    Já errei muito no começo do meu blog, já reparei muitos erros. Mas ainda continuo aprendendo todos os dias.

    Outra situação que procedo no meu blog é de traduzir trechos de artigos estrangeiros (da mesma forma como citei acima). Para traduzir um artigo completo peço a autorização do autor. A parte ruim é quem nem sempre recebo uma resposta. Dessa mesma forma, já autorizei que traduzissem um de meus artigos para outro idioma.

    Quanto as imagens, é outra coisa que sempre me perguntei. Eu copio imagens do Google Imagens, GettyImages e outros. E quando encontro o termos de uso é muito confuso. Mas nem sempre consigo perceber se a imagem é protegida por direitos autorais.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Edigley!

      Você está corretíssimo em sua forma de compartilhar os artigos. Essa é a forma mais correta e que beneficia tanto o seu blog quanto aquele onde foi publicado originalmente o artigo.

      Com relação às imagens, os direitos podem mesmo ser confusos. Para não correr riscos, o melhor é só utilizar de sites onde você pagou pelas imagens ou onde esteja claro que seu uso é livre.

      Um abraço!

      Excluir
  3. Bom Dia!

    Gostei do artigo, principalmente por estar iniciando um blog, começar a fazer uso de minhas próprias experiências este tipo de abordagem é muito útil, manter a originalidade do que se escreve, não é fácil, mas acredito partir do bom senso de cada um e se vigiar também.
    tenho muita preocupação em relação não só aos textos, mas também ao plágio de fotografias, algo que aprecio, pois ajuda no contexto utilizado de acordo com sua aplicabilidade.
    Gostei muito do artigo, acredito que muitas pessoas não façam por mal como no 2° e 3° caso, contudo não deixa de ser um erro, mesmo para iniciantes.
    Parabéns pelo artigo.

    Akanai

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Akanai!

      Concordo com você que muitos cometem essas infrações por ingenuidade. Por isso, faço o possível para divulgar esses pontos, para que sirvam como orientação.

      E, realmente, não é fácil manter a originalidade. Mas, é extremamente compensador.

      Um abraço!

      Excluir
  4. Sou blogueiro faz um bom tempo, mas agora estou "reiniciando" um blog que há algum tempo criei e não dei continuidade. Sou estudante, pesquisador e professor, portanto prezo muito pelos direitos autorais de um autor. Sempre procuro colocar posts feitos por mim mesmo. porém, como você falou em sua postagem, peco no quesito Imagem, e outras vezes também não lembro de colocar fontes de sites que pesquisei. Estou procurando melhorar meu blog, e estou seguindo o seu, que pelo o que eu já constatei, será de ótima ajuda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Carlos!

      Sua preocupação em prezar pelos direitos do autor é essencial para que você faça o seu trabalho sem prejudicar outras pessoas.

      Espero que sempre encontre aqui dicas úteis para utilizar em seu blog!

      Um abraço!

      Excluir
  5. Gostei do seu artigo Adelson. Muita gente não tem consciência, e não sabe como plagiar. Ao menos que plagie como deve de ser!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Andre!

      Acredito que muitos ainda cometam infrações por desconhecimento, e não por maldade. Por isso, faço questão de divulgar sempre essas informações.

      Um abraço!

      Excluir
  6. Eu, particularmente, tenho um blog sobre minha opinião pessoal das coisas que gosto. Normalmente são HQs, músicas, TV... as empresas disponibilzam as imagens para a gente colocar, mas, quando eu posso, prefiro usar imagens dos próprios produtos que tenho aqui comigo, pois eu os consumo. Quando pego de alguma empresa, coloco nomes e links para acesso direto aonde elas divulgam diretamente suas imagens.

    Uma pena que nem todos sejam assim. Conheço sites e blogs bem conhecidos que ficam copiando texto dos outros sobre esses entretenimentos. E a cara de pau desses caras chega a ser impressionante!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Fabiano!

      Seria ótimo se todos tomassem os mesmos cuidados que você toma! E há realmente muitos sites e blogs que apenas republicam textos de outras fontes, o que não gera novo conteúdo.

      Um abraço!

      Excluir
  7. Adelson, ótimo texto.

    Eu, particularmente, não gosto de acompanhar blogs que costumam plagiar conteúdos de outros blogs. Assim que vejo um blog com artigos, design e outras coisas relevantes iguais de um outro blog, saio rapidamente do mesmo.

    Tenho uma admiração pelo original e pelo autêntico, o que são poucos que conseguem.

    No meu caso, procuro sempre criar conteúdos originais. Quando a criatividade está baixa - meu ponto forte - eu sempre estou lendo blogs de outros nichos para buscar inspiração, assim como os comentários, fóruns, redes sociais, locais onde podemos encontrar muitas coisas boas também.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Felipe!

      Ninguém gosta de acompanhar os blogs que vivem republicando textos de outros sites. Se é para ler a mesma notícia, melhor ler em primeira mão na fonte original!

      E suas ações para ter ideias para novos artigos são ótimas! Há mesmo muito o que se escrever, sem necessidade de copiar outros autores.

      Um abraço!

      Excluir
  8. Olá Adelson

    Este assunto nunca fica velho, não é mesmo?
    Quem sabe não conseguimos convencer alguém a parar de plagiar...
    Escrevi um texto bem parecido em meu blog, em que dou um apelido para cada tipo de plagiador, e por coincidência hoje divulguei outro, direcionados aos plagiadores dos blogs educativos. Ando bem irritada com esta praga (plágio).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Erica!

      Infelizmente, o tema "plágio" nunca ficará mesmo velho! Sempre há pessoas iniciando novos blogs e, intencionalmente ou não, caindo ainda neste erro.

      E que coincidência termos escrito sobre o mesmo tema! É sinal de que ainda há muito para se falar sobre isso. Eu li seu artigo e gostei muito de sua abordagem!

      Um abraço!

      Excluir
  9. Ultimamente só tenho postado coisas que aconteceram comigo - shows ou relatos, essas coisas - e traduções de músicas. Essa última virou uma coluna constante no Litt. Há apenas as resenhas do Desafio Literário, mas como é só um livro por mês, acho que não se encaixa em plágio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Elise!

      Escrever sobre experiências pessoais é uma ótima forma de sempre ter assunto novo sem precisar copiar textos de outros autores.

      Quanto às resenhas, também não há problemas, pois vejo que é você mesma quem as escreve.

      Mas, confesso que tenho dúvidas com relação às letras de músicas. Quando você cita o autor, com certeza não está cometendo plágio. Mas, não sei se existe uma lei que esclareça se é permitido ou não republicá-la, e se isso infringe direitos autorais.

      Um abraço!

      Excluir
  10. O que mais me assustou foi o plágio de imagens.

    Eu fiquei curioso por um artigo sobre plágio de imagens.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Guilherme!

      Acredito que os direitos de uso de imagens deem um artigo interessante. Futuramente, escreverei sobre isso.

      Um abraço!

      Excluir
  11. Estou dos dois lados. Sou ilustrador e produzo conteúdo próprio e divulgo conteúdos de ilustradores que aprecio citando a fonte. Realmente tenho que rever muita coisa por aqui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Altair!

      Como você está do outro lado da história - o de quem produz as imagens - sabe bem o valor que elas têm e o respeito que exigem. Por isso, o melhor é realmente só fazer a reprodução com autorização do autor.

      Um abraço!

      Excluir
  12. Obrigada, Adelson! Vou ter mais trabalho daqui pra frente, mas vai valer a pena. Material próprio não me falta, e publico muita coisa minha, mas às vezes, na falta de tempo de por minhas receitas no moldes de uma publicação, como medidas, imagens e tal, cato alguma bem parecida com as que faço, para o dia não ficar em branco rs Mas daqui pra frente, se eu tiver que fazer isso, não vou somente citar as fontes, como estava fazendo, mas também, pedir autorização para faze-lo, como você orientou. Adorei seu blog, to me sentindo menos perdida agora rs Mais uma vez, brigada pela sua atenção!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Luiza!

      Fico feliz em saber que o artigo esclareceu o assunto para você!

      Um abraço e seja sempre bem vinda!

      Excluir
  13. Olá Adelson, bom dia!

    Maravilhoso, útil e relevante seu artigo, parabéns!
    Esta é uma questão atemporal que está sempre presente na blogosfera e toda informação a respeito é bem vinda, pois muitos blogueiros não tem conhecimento dos danos que causam ao cometer o plágio e acabam prejudicando os colegas e o próprio espaço.
    Já estive em ambos os lados, logo no começo do blog copiei um texto de um autor famoso que gosto, como não sabia nada sobre plágio, coloquei o nome do autor, mas sem link e sem autorização. Aliás, gostaria de saber o que você me recomenda nesta situação, retiro o artigo do ar? :)
    Depois comecei a buscar informações e vi que isso não era correto e nunca mais copiei :)
    O que faço é o seguinte, quando me vem um assunto na mente o qual eu gostaria de escrever, sempre pesquiso na net para ler sobre o assunto e se algum texto me ajudou a organizar minhas idéias, eu coloco o link como fonte de inspiração e para que os leitores tenham mais uma opção de leitura sobre o tema :)
    Acho quase impossível escrever sobre algo que não tenha sequer sido mencionado na net, ainda mais no meu nicho, por isso acho mais do que justo linkar outros autores que já escreveram sobre o tema :)
    Uma outra coisa que preciso urgente melhorar e dar mais atenção é no que diz respeito as imagens, sou daquelas que pega a que mais gosta seja de onde for... Embora eu as edite, não está correto, não é mesmo? :)
    Agradeço muito ter disponibilizado sites onde podemos encontrar imagens que podem ser utilizadas sem problemas :) Vou ser mais cuidadosa com isso, em respeito aos autores e também para evitar futuros problemas :)

    Muito importantes as informações compartilhadas, é sempre válido alertar e informar os blogueiros sobre este assunto para termos um meio mais ético e seguir com nossos blogs sem problemas desnecessários :)
    Obrigado por compartilhar :)
    Grande abraço e boa semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Sam!

      Obrigado pelos elogios! Acredito que alertas para evitar o plágio sempre sejam interessantes.

      Sua atitude atual é mesmo a mais indicada: ao escrever conteúdos próprios e citar outros autores, você está não apenas gerando novo conhecimento, mas também incentivando o trabalho dos outros blogueiros. Isso é inclusive visto com bons olhos pelo Google, que nos dá valor ao linkarmos artigos relevantes.

      Com relação ao artigo que você copiou para o seu blog, o ideal seria você tentar obter autorização para mantê-lo em seu blog. Caso não consiga, o melhor para evitar riscos seria mesmo removê-lo.

      Quanto às imagens, mesmo editadas ainda não é correto utilizá-las sem autorização do autor. Este é um ponto complicado, pois muitos blogueiros utilizam imagens sem ter esse cuidado, o que deveria mesmo ser evitado. O melhor é procurar imagens de uso livre ou criar as suas próprias.

      E escrever sobre aquilo que ninguém escreveu é mesmo complicado. Passo pela mesma dificuldade aqui no Gerenciando Blog! Mas, quando conseguimos ser inovadores a esse ponto, conseguimos surpreender nossos leitores - o que ajuda a fidelizá-los. Por isso, vale o esforço!

      Um abraço e obrigado pelo comentário caprichado!

      Excluir
  14. Muito boa as explicações. Já sabia de todas, mas a forma como foi colocado é bem didática. Realmente há muito plágio por ai!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Celso!

      Obrigado pelos elogios! Também considero importante sempre relembrar os autores sobre este tema.

      Um abraço!

      Excluir
  15. Ótimo artigo Adelson!

    Estou pensando em começar um blog sobre as plataformas de blogs e códigos web, e não sabia sobre esse 'plágio' de imagens. Utilizarei os sites indicados no artigo.

    Também gostei do artigo, pois os plagiadores terão uma desculpa a menos a ler esse artigo.

    Aquele abraço de sempre,
    João Vítor Dias
    Designer e Programador

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, João!

      Obrigado pelo elogio!

      Quanto às imagens, realmente elas possuem direitos autorais que precisam ser respeitados. Por isso, o melhor é utilizar somente imagens grátis ou que tenham sido autorizadas pelo autor.

      Um abraço!

      Excluir
  16. Excelente. Não apenas por estar dentro do correto, uma vez que só publico textos meus e fotos produzidas por mim ou por conhecidos que me autorizam. Mas gostei muito porque nada mais chato que ver por ai coisas que você escreveu ou mesmo texto que já leu e está duplicado, quando tudo que se quer é mais informação sobre aquele assunto já estudado.
    Uma dúvida quanto a colocar links, pois uma vez escrevi sobre música e coloquei os links para os vídeos no Youtube, coisa que o proprio Blogspot já meio que oferecia. Como fica esta questão?

    Djair
    http://prajalpa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Djair!

      Realmente é chato quando acessamos blogs e sites e só encontramos conteúdos que já foram publicados em outros locais. Isso desmotiva a volta àquele blog.

      Quanto aos links para o Youtube, não há problemas nisso. Apenas citar o link de textos e vídeos é uma forma interessante de divulgar o conteúdo e colaborar com o autor.

      Um abraço!

      Excluir
  17. simplesmente esclarecedor, didático sobretudo, vê-se que o autor realmente tem a sensibilidade de informar e fazer com que novatos e veteranos não se incluam nas categorias relacionadas. De minha parte obrigada pelos esclaecimentos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Claudete!

      Fico feliz que tenha gostado do artigo! Acho realmente importante divulgar estas informações para todos que têm um blog.

      Um abraço!

      Excluir
  18. Olá Adelson Tudo bem ???
    Bom o seu artigo sobre Plágio, mas ao meu ver, acredito que esteja faltando um detalhe.
    Creio que o Autor da obra, que esteja reclamando do Plágio, também deva provar que a obra é sua.
    Pois é muito fácil dizer que é plagiado, mas o autor esquece-se, que tem que REGISTRAR sua obra.
    Desculpe a polêmica, mas assim que penso.
    Abraço.

    Mendigo Virtual

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Mendigo!

      A polêmica é bem vinda!

      Mas, um autor não precisa registrar a sua obra para ter os seus direitos autorais e poder exigir que eles sejam respeitados. O próprio Google, que leva muito a sério a questão, não faz essa exigência. Há meios técnicos para eles comprovarem que um texto foi publicado originalmente em determinado blog.

      No artigo Direitos autorais na producao em blogs, há uma explicação jurídica sobre o tema.

      Um abraço!

      Excluir
    2. Você tem razão Adelson. Um autor não precisa registrar sua obra para ter seu direito respeitado. O artigo da nobre Advogada deixa claro isso. Mas ela no seu artigo, simplesmente mostra a chamada letra da lei. Ou seja, ela diz o que está escrito na Legislação (teoria). Acontece que na hora de provar que você é o autor (prática), você deverá fazer prova de ANTERIORIDADE. Essa é a prova comumente aceita nos tribunais. E vou te dizer, dá um trabalho fazer prova disto......

      Mais um pouco de polêmica. Colocarei mais depois......
      Grande Abraço Adelson..............

      Excluir
  19. Oi, Adelson,

    A questão da imagem é muito discutida e quem quer ser correto sempre toca nesse assunto.

    Outro dia eu aprendi que se a gente clicar na imagem e salvar no PC não é hotlink e não seria, pelo que eu entendi, plágio. Em muitos blogs, o meu inclusive, há mensagem informando que tal ou qual imagem foi retirada da internet e se caso o autor apareça e solicite a retirada ou o crédito isso será feito.

    É o suficiente, visto que muitas imagens, às vezes, aparecem em vários outros sites ou blogs, de forma que a gente não consegue saber qual é sua verdadeira fonte?

    Isso procede?

    Obrigada, Luciana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Luciana!

      A questão do "hot link" é um pouco diferente. Quando você faz isso, você simplesmente mostra em seu blog uma imagem hospedada em outro site.

      Com relação a direitos autorais, a mensagem não é suficiente. Se você reproduzir sem autorização do autor, está infringindo seus direitos autorais. Para evitar dores de cabeça, o melhor é sempre obter autorização antes. Se há dúvida sobre a autoria e você não quer correr riscos, o melhor é não publicar essa imagem.

      Um abraço!

      Excluir
  20. Já sofri muito com plágio. Hoje utilizo um hack para bloquear a seleção de texto. Ele funciona em todos os navegadores que eu testei (Chrome, Firefox, IE e Opera). Acredito que dificulte a prática e diminui em pelo menos 80%.

    Quando às imagens, caí na real há pouco tempo e venho há algumas semanas substituindo todas as imagens dos meus artigos por imagens de bancos gratuitos. Penso ser a coisa correta a se fazer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Silas!

      O hack para evitar a seleção do texto pode mesmo ajudar a diminuir o plágio. Em meu caso, como há diversos artigos onde deixo trechos de código para copiar, não posso utilizar essa opção.

      E sua atitude quanto às imagens está corretíssima! Isso lhe evitará dores de cabeça futuras.

      Um abraço!

      Excluir
  21. Adelson, você duplicou duas palavras no trecho: "que sejam de uso livre ou que cujo USO TENHA USO TENHA sido autorizado pelo autor."

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Obrigado pelo alerta! Já realizei a correção do texto.

      Um abraço!

      Excluir
  22. Oi,descobri seu site e fiquei curiosa pra ler as postagens,quando li essa pensei"meu Deus estarei fazendo tudo direito?" e desde então estou tentando seguir sua orientação.Sou artesã,tenho um blog de artesanato,claro não tenho seu conhecimento e experiencia.Mas tentei fazer uma postagem para chamar a atenção de algumas pessoas que certamente por não saberem o que eu estou aprendendo aqui,tem levado minhas postagens para seus cantinhos (na íntegra)só colocando meu nome,sem link nem nada.
    Meu desejo é orientar as amigas.Por isso vim pedir a você,se não for abusar,que visite meu blog e veja se fiz isso de forma correta e corrija meus erros.ficaria muito grata.Tania www.fuxikitosecia.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Tania!

      Se você está escrevendo sempre os seus próprios textos, está no caminho correto! Quanto às pessoas que copiam seus textos, você pode entrar em contato com elas e gentilmente solicitar para que isso não seja feito, pois tanto você quanto elas serão prejudicadas.

      Se nada disso resolver, você pode fazer uma denúncia ao Google. Veja no artigo Como denunciar plágio ao Google como fazer isso.

      Um abraço!

      Excluir
  23. Adelson, muito bom esse artigo, lendo aprendi muitas coisas, embora meus blogues, que são dois, "poemas sem peias" e "Levitar em brancas nuvens", um de poemas e o outro de prosa, são bem simples,os escrevo por prazer de escrever,sendo assim nunca tive problemas com plágio ou acredito até que nunca fui plagiada.
    É sempre bom ler tudo para aprendermos cada vez mais a nos comportar diante da blogosfera, respeitar é dever e eu respeito, o máximo que faço é pegar algumas frases famosas de escritores e entre aspas os cito também e desenvolvo um tema sobre o assunto, mas é raro, sendo assim voltarei aqui para ler seu parecer sobre isso, pois se isso é errado não farei mais!
    Grande abraço!
    Ivone

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Ivone!

      Um dia você ainda será surpreendida ao perceber que seus textos também foram plagiados. Infelizmente, é uma questão de tempo até que alguém desavisado (ou mal intencionado mesmo) faça isso.

      É realmente importante manter o repeito nas relações no blogosfera! O plágio é um claro sinal de desrespeito.

      Quanto às citações de frases, elas não são erradas. Ruim seria copiar um texto inteiro para seu blog - mesmo citando o autor.

      Um abraço!

      Excluir
  24. Olá! Muito bom o seu trabalho, tem me ajudado bastante no que fazer para o meu blog. Mas com esse artigo me surgiu uma dúvida. Quanto a publicidade de empresas, preciso de permissão para divulgar seu trabalho? Ou ainda usar a imagem ou logo da empresa (com o site da mesma) precisa de permissão?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Victor!

      Esta é sua pergunta diferente. Embora eu tenha pesquisado sobre o assunto, não encontrei nada a respeito disso.

      Particularmente, entendo que isso não é errado, e é até bem visto pelas empresas. Sempre indiquei aqui os serviços que gosto e muitas vezes fui agradecido por isso.

      Um abraço!

      Excluir
  25. Olá, eu também tenho um blog, mas o meu é baseado em opiniões minhas sobre diversos assuntos polêmicos. Estou progredindo corretamente? Posso fazer respostas à artigos de fontes de notícias como G1? Bom, estas são minhas perguntas. E tem boas dicas neste blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Renato!

      Você pode citar a notícia original e comentá-la, sem problemas. O que você não pode fazer é copiá-la integralmente para seu blog.

      Um abraço!

      Excluir
  26. Olá Adelson

    Tenho uma questão diferente.
    Pretendo fazer bonequinhas digitais para fins comerciais, mais gostaria de saber se é plágio pegar partes de bonecas digitais de um autor, partes de outros, até formar uma boneca digital diferente. Isso é errado?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Sim, isso é errado. Mesmo para utilizar somente parte do trabalho de um autor, você precisa de autorização dele.

      Um abraço!

      Excluir
  27. Boa tarde, Adelson,

    Possuo muitas imagens no meu site, porém, acredito que existam pessoas fazendo "hotlinks" delas.

    Sei que existem formas de bloquear esses hotlinks, mas neste caso, eu também acabaria bloqueando os robôs de rastrearem as minhas imagens? Eu posso perder posições no buscador se eu utilizar esse bloqueio?

    Obrigada!

    Ana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Ana!

      Pelo que li no fórum do Google, realmente o bloqueio de hotlinks pode prejudicar seu rastreamento pelos robôs do Google. O link http://www.pendenga.com.br/internet/como-bloquear-hotlink-sem-bloquear-os-buscadores indica uma solução para isso, mas não consigo comprovar se ela é mesmo eficiente.

      Um abraço!

      Excluir
  28. Adelson,

    O que é fazer "hotlinks" de uma imagem?

    Ótimo artigo ... sempre atual !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Adriana!

      O "hot link" é você mostrar em seu artigo uma imagem que está hospedada em outro blog, utilizando o mesmo link de onde ela estava originalmente. É diferente de você copiar a imagem para o seu blog, hospedando-a nele.
      Um abraço!

      Excluir
  29. Olá! Muito interessante. Estou estudando alguns pontos acerca da blogosfera, pois pretendo em breve iniciar um blog. Teu blog é realmente uma referência, para quem está começando e para quem já tem alguma experiência... estou adorando!

    Darlene

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Darlene!

      Muito obrigado pelo elogio! E fico feliz que tenha chegado até aqui. Espero que os artigos sejam úteis para você.

      Um abraço!

      Excluir
  30. amigo gosto muito do seu blog, ajuda muito pessoas como eu.Te agradecemos de coração,
    se pode me tira uma duvida eu lhe agradeço muito,
    por exemplo eu li algo no site x e y, e eu escreve com minha palavras, o que eu i no site x e y, e cito a fonte no final com link (porem o texto eu escreve com minha palavras). mas cido o fonte, no final com link, pela que entendi nao é plagio, e OBS eu coloco o link eu coloco o link para abri com nofollow..
    se pode me ajuda ue agradeço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Se você escreve o texto com suas próprias palavras, não é um plágio. Você só precisa tomar cuidado para não fazer isso em todos os artigos, e também ter ideias originais para os seus próprios artigos.

      Quanto ao link, nesse caso ele não precisa e nem deve ser nofollow. O nofollow deve ser utilizado apenas em links pagos ou para sites em que você não confia.

      Um abraço!

      Excluir
  31. Oi, muito obrigada, amei as dicas, ajudaram muito! Hoje não tenho mais blog, migrei para o youtube, mas as dicas são válidas também, deixei de escrever para falar! rs Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Débora!

      Que interessante a sua migração para o YouTube! Fico feliz em saber que você conseguiu aproveitar as dicas também para essa situação.

      Um abraço!

      Excluir
  32. Olá Adelson Smania, tudo bem ? :)

    Eu tenho uma dúvida, acho que meio tola, mas gostaria que você pudesse me ajudar.

    Tenho um Blog sobre um MMORPG muito conhecido...publico sobre histórias de personagens do jogo, vídeos, e coisas semelhantes.

    O diferencial é que cada personagem tem um história...por exemplo: Arthas Menethil, ele é um humano no meu jogo, e possui uma grande história...

    Muitas vezes eu copio a história dele de algum blog, e na fonte cito a publicação original...mas não sei se estou plagiando.

    Eu teria que procurar na internet a história dele...criar a história com minhas palavras e citar no final a fonte de inspirações que utilizei ?

    Não sei o que posso fazer relacionado a isso...

    Não quero prejudicar meus amigos blogueiros, quero apenas publicar textos de qualidade...mas fico na dúvida em relação a histórias de personagens...não sei se posso ou não copiar a história de algum site, ou eu mesmo devo "criar" a história com minhas palavras.

    Espero que minha pergunta não seja contraditória.

    Obrigado! Espero sua valiosa ajuda!!

    Att. Rafael Henrique.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Rafael!

      Você só poderia copiar o trecho de outro blog para o seu caso tivesse autorização do autor para isso. Caso contrário, você pode estar infringindo os direitos autorais deles, mesmo que essa não seja a sua intenção.

      Mesmo com a autorização, a cópia dos trechos pode fazer com que o seu ou o blog deles sejam prejudicados nas buscas do Google, pois normalmente o Google suprime textos duplicados dos resultados.

      Por isso, o melhor é sempre escrever com suas próprias palavras. Em seu caso, seria legal ter um texto seu, com um link apontando para o outro blog, como uma forma do leitor ter mais detalhes. Dessa forma, ninguém seria prejudicado e você ainda levaria visitantes aos blogs que você gosta.

      Um abraço!

      Excluir
    2. eu seria mais favoravel a pessoa fazer uma referencia ao assunto e colocar um link que direciona para a pagina de onde esta a materia assim ate ajuda o adm do site em questao ......

      Excluir
  33. Olá, Adriano! Tudo bem?
    Quero te fazer três perguntas sobre o assunto deste texto: Eu terei um blog ainda no qual estou pensando em alguns textos copiar um trecho de um texto alheio, mas, claro, colocar a fonte e ainda por cima linkada para dizer que não é meu, é de outra pessoa e talz. Será que isso procede? E se eu tiver que citar alguma informação sobre algum assunto dada por outra pessoa da internet, posso colocá-la entre aspas e até a frase em itálico e dizer o nome do blog, pessoa, site de onde eu tirei?
    Outra dúvida, imagens: Gosto de pegar imagens do Google Imagens e colocá-las para ilustrar meus posts. Mas sempre coloco o site de onde eu tirei linkado e tudo ou abaixo da foto ou após o texto. Isso também é errado?

    Beijos !!!

    ResponderExcluir
  34. Boa noite
    Após ler suas explicações gostaria de tirar um duvida: Estou iniciando agora com um blog e não gostaria de cometer falhas em relação as postagens. Posso ler vários artigos sobre determinado assunto e elaborar meu próprio artigo para publicar? E os artigos pesquisados devo citar nos créditos?
    Exemplo li 10 artigos, após leitura elaborei o meu, posso mudar o tema e citar os 10 lidos nos credito?
    Cibele

    ResponderExcluir
  35. Plagiadores Na maioria das vezes nao obter o sucesso .......

    nao ter suas proprias ideias e opnioes ......

    nao gosto ler o coteudo desse pessoal ....

    ResponderExcluir
  36. Ola tenho uma duvida, posso pegar a foto de carros de marca como FIAT por exemplo e publicar no blog com assuntos relacionados a eles isso e errado?

    ResponderExcluir

Os comentários são muito bem vindos e importantes, pois enriquecem o conteúdo dos artigos. Há algumas regras na Política de Comentários que devem ser seguidas para que seu comentário seja publicado. As mais importantes:
- Não serão publicados comentários que não tenham relação com o artigo.
- Não respondo comentários por e-mail. Por isso, não deixe seu e-mail no comentário. Se você quer a resposta por e-mail, assine com a sua Conta do Google e marque a caixa "Notifique-me".
- Pedidos de visitas ao seu blog não serão publicados.
- Não serão publicados comentários que tenham link ou endereço do blog no corpo do texto. Para isso, assine com seu Nome/URL ou OpenID.

emo-but-icon

Página inicial item
Acompanhe por Email
Inscreva-se em nossa lista para receber nossos conteúdos em seu Email.
Email *
Nome *
* Campo Obrigatório

Divulgue o Gerenciando Blog

Gerenciando Blog - Dicas para blogs

Publicidade


Anuncie aqui