acompanhamento Google Camila Fiori

Google Webmasters: Estatísticas

Mais um artigo da série sobre as “Ferramentas para webmasters” do Google, desta vez abordando a área com estatísticas sobre seu blog ou site. Antes de ler este artigo, é altamente recomendável que você já tenha lido o artigo inicial sobre o assunto.

Para que servem as estatísticas do Google?

Se você seguiu os passos para divulgar seu blog no Google, o mundo já conhece seu site. Provavelmente, ele já deve estar aparecendo nas buscas quando alguém digita palavras relacionadas aos seus artigos. Mas, será que isso está realmente acontecendo? Como saber se seu blog aparece mesmo nas buscas? Você até poderia manualmente ir até o Google e fazer buscas para confirmar isso, mas as estatísticas já trazem esse trabalho pronto. E com detalhes interessantes!

Como eu vejo tudo isso?

Não custa reforçar: para que você consiga seguir os próximos passos, é necessário que já tenha cadastrado seu site, conforme demonstrei no artigo inicial. Uma outra observação importante: se você cadastrou seu blog há pouco tempo, pode ser que sejam exibidas mensagens dizendo que os dados não estão disponíveis. Isso é normal. Pode demorar alguns dias para que essas informações comecem a aparecer para você. Para começar, acesse sua conta nas “Ferramentas para webmasters”.

  1. Acesse a “Central do webmaster”, em http://www.google.com.br/webmasters/.
  2. Entre na opção “Ferramentas do webmaster (inclusive Sitemaps)”.
  3. Digite as informações de sua conta no Google, caso sejam solicitadas.
  4. Você será direcionado para seu “Painel”.
  5. Clique no título do seu blog, e você será levado para a área de “Visão Geral”, similar à abaixo:
    image
  6. Cliquei na opção de “Estatísticas”, destacada acima, para acessar a área que veremos hoje.

Mostrarei agora a função e utilidade de cada uma das opções que apareceram.

Visão Geral

A “Visão Geral” é somente uma página inicial, mostrando todas as opções que você poderá acessar:
image

Termos de pesquisa mais comuns

Aqui, as coisas começam a ficar mais interessantes. Por si só, esta área já vale a visita às “Ferramentas para webmasters”. Ao clicar, você verá uma tela como a seguinte (sem as cores, claro):
image  Veja que, inicialmente, são exibidos dados de “1 semana atrás” (área marcada em vermelho). Se você clicar no pequeno triângulo ao final dessa frase, poderá alterar esse período e algumas outras opções. Na área “Impressões” (marcada em verde), são exibidas as consultas que foram feitas no Google em que seu blog apareceu, vindo antes as consultas mais freqüentes. Isso é um ótimo sinal! Significa que seu blog já está aparecendo nas consultas que são feitas no Google. A coluna “Consulta” mostra quais foram as palavras utilizadas. Se você clicar na palavra consulta, será aberta uma janela do Google, mostrando exatamente a mesma consulta. Na coluna “Posição”, o número mostra em que posição seu site apareceu nessa busca. Ou seja: quanto menor este número, mais “no alto” da pesquisa você aparecerá e maior a chance da pessoa clicar. Futuramente, escreverei sobre como fazer para ganhar posições ao ser exibido pelo Google, o que não é um trabalho simples. Na área “Tráfego” (marcada em roxo), os dados trazidos são muito semelhantes ao da área “Impressão”. A diferença é que aqui são mostrados somente os resultados em que seu site apareceu e que a pessoa realmente clicou no link e entrou em seu site. Se o outro era um ótimo sinal, este é excelente! Significa que o Google já está enviando pessoas para seu site. Como utilizar essas informações? A própria página de “Estatísticas” já lhe dá algumas dicas. Mas, o importante é que agora você passa a saber quais são as buscas que as pessoas mais fazem e em que seu site aparece. É importante você comparar as duas colunas “Impressões” e “Tráfego” e ver em que assuntos você pode investir para trazer mais pessoas para seu site. E, como eu citei anteriormente, você precisará trabalhar para fazer com que a posição do seu site apareça cada vez mais no alto. É estatisticamente comprovado que os primeiros sites que aparecem são os que mais recebem visitas.

O que o Googlebot vê

Antes de mais nada, o Googlebot é um “robô”, como costuma ser chamado, responsável por “ler” as páginas da web e classificá-las para o Google. Ou seja: ele é um programa que constantemente analisa o conteúdo das suas e dos outros bilhões de páginas na internet, gerando dados para que o Google possa encontrar e classificar os resultados que aparecem nas buscas realizadas. Ao clicar nessa opção, você verá uma lista de palavras ou frases que o Googlebot identificou e que serão utilizadas para rastrear seu blog. Quando alguém fizer uma busca no Google com essas palavras, seu blog será exibido. O importante aqui é verificar duas coisas:

  1. Se existem palavras que não têm relação alguma com o que você escreve, é um alerta: seu site pode ter sido invadido e é necessária uma ação para corrigir isso.
  2. Se não estão sendo exibidas palavras importantes, isso pode indicar algum erro de rastreamento (e isso pode ser visto na seção “Diagnóstico” das ferramentas, ou então você não tem submetido seus sitemaps com freqüência ao Google (leia o artigo Google Webmasters: Sitemaps para saber mais sobre o assunto).

Estatísticas de rastreamento

Esta área tem duas seções. Em “Atividade do Googlebot nos últimos 90 dias”, são mostradas as quantidade de páginas e de kbytes que o Googlebot lê de seu blog todos os dias. Se você posta conteúdo frequentemente, a tendência do gráfico é estar sempre aumentando esses números. Ainda nessa seção, a terceira opção mostra o tempo de download de suas páginas. Caso o número esteja aumentando, isso é sinal de alerta: páginas que demoram a carregar normalmente são incômodas e espantam visitantes. Na seção “Suas páginas do Google”, é mostrado o “PageRank” de suas páginas. O PageRank é um “número mágico” que vai de 0 a 10, criado pelo Google e que é utilizado para classificar as páginas por ordem de importância. Alguns dos fatores utilizados no cálculo são o número de sites que possuem link para o seu e o PageRank de cada um desses sites. Em resumo: quanto maior seu PageRank, melhor posicionado estará seu site. Como conseguir isso? Fica para um próximo artigo, pois o assunto é extenso.

Estatísticas do índice

Aqui são mostrados atalhos para mostrar informações a respeito de seu site. Digo “atalho” porque todas essas informações podem ser obtidas diretamente a partir do Google, bastando digitar a opção correspondente na busca do Google (por exemplo, site:www.tdseries.com.br). As opções existentes são:

  1. site – Mostra todas as páginas de seu site que já foram indexadas pelo Google;
  2. link – Mostra quais são as páginas em outros sites que já colocaram links para o seu blog. Quanto mais links você tiver, melhor para o seu blog.
  3. cache – Mostra uma espécie de “fotografia” de seu site, que é “tirada” pelo Google de tempos em tempos. Quando uma página está fora do ar, sua versão em cache ainda pode ser visualizada.
  4. info – Mostra uma espécie de página resumo de seu site no Google, dando opções para acessar as demais informações da página.
  5. related – Mostra uma lista de links relacionados ao seu.

Estatísticas de assinantes

Este é outro assunto muito interessante (e que também merecerá um artigo específico): seu blog pode (e deve ter!) um RSS (já falei rapidamente sobre eles no artigo Google Webmasters: Sitemaps). O RSS é uma forma muito prática de mostrar aos seus leitores que você publicou um novo artigo em seu blog. De outro lado, pessoas podem “assinar” seu RSS, como assinariam um jornal no mundo real, para receber essa notícia instantaneamente. Nesta área, o Google exibe o número de pessoas que assinaram seus RSS nas ferramentas do Google. Ressalto isso porque existem outras formas de ler um RSS, e que o Google não tem como ficar sabendo disso.

Conclusão

Percebeu como as estatísticas são importantes? Você começa a conhecer seu público e a saber o que ele está procurando ao encontrar sua página. Além disso, entendeu um pouco de como o Google vê seu blog, e como usa essa informação. Realmente, isso é apenas o início. Há muito ainda o que falar sobre estes fascinantes assuntos, mas isso ficar para outra oportunidade. Um abraço e bom proveito a todos!

Google Webmasters: Estatísticas
Classifique este post

| Website

Apaixonada por comunicação. Formada em Jornalismo e blogueira por Hobbie. Atual responsável por este e vários outros blogs de Internet Marketing.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

2 Comentários

  1. Fabio Alves disse:

    as ferramentas que o Google dispõe são realmente muito úteis

  2. Fernanda Scafi disse:

    Adelson, houve alguma atualização? Pq não achei nada disso que vc falou no meu webmaster… E a maior parte dos dados lá não está disponível e já faz um tempão que tenho (desde o ano passado). Estava com um problema q o blog já tinha sido verificado e dps parece que "desverificou", mas já faz uma semana que arrumei isso. Queria MUUUITO ter acesso à essas estatísticas!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Sem tempo para Criar Conteúdo para seu blog?

E se você tivesse uma Agência produzindo seu conteúdo de GRAÇA?
EU QUERO!
Não, eu tenho tempo de sobra!
close-link
Quer aprender como R$173.571,73 como Afiliado em 4 meses?Quero Assistir o Vídeo!