publicação Camila Fiori

Mudando para seu domínio próprio – Parte 2

Domínios Continuando o artigo anterior desta série, hoje vou mostrar para vocês o “passo a passo” que segui para mudar o Gerenciando Blog para seu próprio domínio, o www.gerenciandoblog.com.br. Antes de ler este artigo, é interessante ler o anterior, pois lá eu listei as vantagens e desvantagens em fazer essa mudança. Lendo aquele artigo, você terá argumentos que o auxiliarão a avaliar se vale a pena fazer a migração. O tutorial será detalhado para quem tem seu blog hospedado no Blogger. No entanto, mesmo quem o tem em outras plataformas, como o WordPress, poderá fazer uso dos conceitos e instruções, adaptando-os para sua necessidade.

Devido às mudanças no Blogger em setembro/2012, escrevi um novo artigo com os procedimentos atualizados sobre este assunto: Tutorial completo para domínio próprio no Blogger.

 

Um pouco de teoria

Antes do tutorial propriamente dito, é importante entender um pouco os elementos envolvidos neste processo. O diagrama abaixo mostra os 3 elementos envolvidos: Gerenciando Blog DomínioQuando o seu blog está hospedado no Blogger, você não precisa se preocupar com nada disso, pois tudo é feito automaticamente dentro do próprio serviço. Ao decidir por ter seu próprio domínio, você precisa intervir em um ou mais dos itens citados.    

Opções

Dependendo do resultado que você quer obter (e do quanto você está disposto a gastar), existem diversas opções para você “tomar controle” da situação acima. A opção mais “radical”, por assim dizer, é você tornar-se completamente independente do Blogger, tirando de lá inclusive a hospedagem de suas páginas. Para isso, você teria que contratar um serviço de hospedagem, para onde suas postagens seriam importadas. Normalmente, as empresas que fazem esse serviço podem se encarregar também dos demais itens (registro do domínio e servidor DNS). Já a opção mais “simples” é oferecida pelo próprio Blogger. A própria ferramenta oferece o serviço completo, incluindo os 3 itens, que você contrata de um parceiro do Google, a um custo anunciado de US$10 por ano. Nunca usei esta opção e minha maior dúvida é se você poderá futuramente utilizar o mesmo domínio caso decida migrar para outra plataforma. Caso decida-se por ela, siga os procedimentos abaixo: 1. Acesse a página “Configuração” / “Publicação” de seu blog.
2. Clique em “Domínio personalizado”, logo no início da página.
3. Digite o domínio desejado na resposta a “Que endereço você deseja atribuir ao seu blog?” e clique em “Verificar disponibilidade”.
4. Siga as demais instruções. No meu caso, optei por uma solução intermediária: mantive as páginas hospedadas no Blogger, registrei eu mesmo o domínio e utilizei um servidor de DNS gratuito. Nessa opção, vou pagar R$ 30 ao ano pelo domínio, mas pude registrá-lo como “com.br” e tenho certeza de que ficarei independente da plataforma, caso deseje mudar futuramente. O tutorial abaixo explicará cada etapa do processo.  

1º Passo: Registrando seu domínio

Antes de registrar o seu domínio, você precisa tomar uma decisão: seu domínio será um “.com” ou um “.com.br” (ou “.com.pt”, para os leitores de Portugal)? Na prática, existe pouca diferença entre os dois. Trata-se de uma preferência pessoal, e você deve decidir-se pela opção que parecerá mais agradável aos seus visitantes. Outra escolha que pode ser feita é o tipo do domínio: os “.com” são os mais populares. No entanto, existem outras opções, como o “.net”, “.info”, “.blog” e algumas específicas para determinados profissionais liberais. O preço entre essas opções costuma variar. Caso se decida por um domínio “.com”, o registro deve ser feito em sites como o   www.godaddy.com ou o www.domain.com. Para domínios em Portugal, há o www.dominios.pt. Se sua opção for por um “.com.br”, recomendo que o registro seja feito diretamente no www.registro.br, ligado ao “Comitê Gestor da Internet”, órgão responsável pelos domínios no Brasil.  Neste tutorial, mostrarei esta última opção:

 

Atualização 17/01/11: No artigo Domínio .com.br para seu Blog Ficou Mais Simples é mostrado o novo processo de cadastro de um novo domínio, ainda mais simples do que era quando escrevi este artigo.

1. Acesse o site www.registro.br. 2. Verifique a disponibilidade do domínio que você deseja, preenchendo a caixa que é exibida na página inicial e clicando em “Pesquisar”. Veja que não é necessário digitar o “www”, somente “gerenciandoblog.com.br”, por exemplo. Caso o domínio desejado esteja disponível, você poderá registrá-lo.
Gerenciando Blog Disponibilidade
3. Clique na opção “Registro” do menu superior.
Gerenciando Blog Registro 4. Caso ainda não tenha cadastro no site, faça-o em “Não possui identificação?”. Caso já possua, entre com seu Id e Senha de acesso. 5. No menu superior direito, escolha em “Novos Domínios” a modalidade correspondente à sua situação. Existem alguns tipos de domínio que são específicos para determinadas categorias.
Gerenciando Blog Novo 6. Na próxima tela, leia com atenção o contrato e, se estiver de acordo com os termos, clique em “Concordo”. 5. Na tela seguinte, preencha as informações referentes ao domínio que você está registrando, e também suas informações pessoais. Na área de “Delegações DNS”, você precisa informar o endereço do servidor de DNS que você utilizará. Neste tutorial, utilizarei o EveryDNS (mais detalhes no próximo tópico) como exemplo. Caso você vá também utilizá-lo, deve preencher essas informações de acordo com a próxima figura (os demais campos devem ficar em branco):
Gerenciando Blog DelegaçõesDNS 7. Ao finalizar, clique no botão “ENTRAR”. 8. Caso tudo tenha sido feito corretamente, você receberá uma mensagem de confirmação. A partir de então, você poderá acompanhar o processo através do e-mail que você informou. Caso exista alguma pendência, ela será informada no e-mail de confirmação que você receberá poucos minutos depois do registro. 9. Se não houver pendências, alguns minutos depois você receberá outro e-mail, informando o sucesso de seu cadastro e com os dados para pagamento bancário. Seu domínio já deve estar publicado em, no máximo, 30 minutos. Uma das formas de confirmar se ele já foi publicado é pelo serviço de WhoIs do próprio registro.br.  

2º Passo: Configurando o Servidor DNS

Vamos configurar agora o segundo elemento necessário para o domínio funcionar corretamente, o Servidor DNS. No meu caso, optei pelo EveryDNS, um serviço grátis. Ele não é 100% livre de erros, mas foram raras as vezes em que senti problemas ao acessar o meu domínio. Atualização 19/07/10: Como o EveryDNS não aceita mais inscrições gratuitas, escrevi o artigo Zone Edit: Servidor Gratuito de DNS apresentando outra opção. 1. Acesse http://www.everydns.com. 2. Em “Signup”, digite seus dados e clique no botão “Signup”. 3. Na coluna à esquerda, digite seu domínio na opção “Add new domain (basic)” e clique em “>> (basic)”.
Gerenciando Blog EveryDNS1 4. No alto dessa mesma coluna, em “Primary Domains”, clique no domínio que você acabou de adicionar. 5. Na coluna à direita, você verá uma tela similar à abaixo. Vamos agora alterar esses dados para que eles fiquem configurados corretamente.
Gerenciando Blog EveryDNS2 6. Abaixo da tabela, preencha as informações “Add a record” exatamente como abaixo (só “www” mesmo) e clique em “Add Record”:
Gerenciando Blog EveryDNS3 7. Pronto! Ao final, a tabela deve ficar similar à abaixo:
Gerenciando Blog EveryDNS4  

3º Passo: Configurando seu blog para o novo domínio

Agora, falta a última parte, que é a mais simples: informar ao Blogger que você possui um domínio próprio. 1. Acesse sua conta no Blogger. 2. Entre em “Configurações” / “Publicação”. 3. Clique em “Alternar para: Domínio Personalizado”:
Gerenciando Blog Blogger1
4. Clique em “Ir para configurações avançadas”:
Gerenciando Blog Blogger2   5. Agora é só digitar na caixa “Seu domínio” o domínio que você registrou:
Gerenciando Blog Blogger3 6. Pronto! Preencha a “Verificação de palavras” e clique em “SALVAR CONFIGURAÇÕES”.  

Conclusão

Se você seguiu os passos corretamente e tudo correu bem, logo seu blog estará acessível pelo novo endereço. Agora, é hora de voltar ao primeiro artigo desta série e verificar o trabalho que você precisa fazer após a migração, para redirecionar os antigos links para o novo endereço. E para que seu blog seja acessado também através do domínio, mas sem o www, leia o artigo Seu Domínio Próprio sem o WWW.   E você, já tem seu domínio próprio? Pretende fazer a migração? Deixe seu comentário!

Sobre o autor | Website

Apaixonada por comunicação. Formada em Jornalismo e blogueira por Hobbie. Atual responsável por este e vários outros blogs de Internet Marketing.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

155 Comentários

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.