Google SEO Camila Fiori

Google e a Ditadura dos Top 10 – Parte 3

otimização200 Este artigo é a terceira e última parte da série de textos a respeito da otimização de seus artigos para que eles apareçam entre os 10 primeiros resultados do Google. No primeiro artigo, mostrei a importância da boa escolha das palavras-chave. No segundo, citei dicas simples para você realizar a otimização interna de suas páginas. Agora, mostrarei a otimização externa ou offpage, que são os aspectos que estão fora de sua página e que impactam a otimização de seu artigo.  

Otimização OffPage

Links para a página

Este ponto é extremamente importante para a otimização do seu artigo. Quanto mais links houver na internet para ele, mais relevante ele se tornará aos olhos do Google. Melhor ainda quando esses links vierem de páginas também relevantes e relacionadas ao conteúdo que você está tratando. Há algumas formas de conseguir esses links: 1. Se o seu artigo for muito bem escrito e se tornar uma referência, outros sites deverão citá-los. Essa é a melhor forma para conseguir os links, mas é também a mais difícil. 2. Você deve divulgar seus artigos em redes sociais e sites de divulgação de links. Já escrevi sobre isso em diversos artigos: Divulgando seu blog no Twitter – Parte 2, Escrevendo e divulgando um bom artigo, Divulgando seus artigos com o Post Social. Na página Links úteis para gerenciar seu blog eu mantenho uma lista com os sites de divulgação que eu utilizo, destacando os que trazem mais visitas. Aqui, duas dicas bastante importantes:

  • Não divulgue seus artigos imediatamente após sua publicação em seu blog, para evitar que as páginas de divulgação sejam indexadas pelo Google antes do seu texto original. Eu costumo fazer a divulgação no dia seguinte à publicação.
  • Nunca use o mesmo título e o mesmo texto do seu artigo original. Fazendo isso, você evita que os links sejam encarados pelo Google como textos duplicados. Além disso, você consegue fazer com que seus artigos sejam encontrados através de outras palavras-chave, que são as que você utilizará nos links de divulgação nesses sites.

3. Você também pode gerar os links escrevendo comentários em outros artigos que tratem do mesmo assunto. No caso de artigos em blogs do Blogger, que aceitem a opção de assinatura “Nome/URL”, a melhor forma é colocar a URL de seu artigo, e não do seu blog. Para descobrir que artigos comentar, faça uma pesquisa no Google utilizando a palavra-chave que você escolheu para otimizar. Os primeiros resultados da busca são justamente os que o beneficiarão. Mas, cuidado com a etiqueta: seus comentários devem ser coerentes e agregar valor ao artigo original. Leia mais em Divulgando seu blog: Comentários em outros blogs. Infelizmente, esses links só resultarão em otimização caso esses blogs não possuam o recurso do nofollow ativado. Uma dica importante: continue escrevendo sempre comentários linkando seu artigo. O Google Alerts pode fazer o trabalho de alertá-lo quando for escrito novo artigo sobre o assunto. 4. Crie links em seu próprio blog: em seus artigos futuros, crie links para o seu artigo original. Além disso ser “bem visto” pelo Google, é também uma forma de atrair a atenção de seus leitores para artigos que ficaram esquecidos de outra forma. Ao longo deste texto, você viu diversos links para artigos passados do Gerenciando Blog.   Além dos benefícios vistos do ponto de vista de SEO, outra consequência natural da obtenção de links é o maior número de visitantes para sua página, vindos das diversas fontes onde seus links estão.  

Idade da sua página e site

O tempo de vida da sua página e do seu site também influenciam o posicionamento dela no resultado das buscas. Como relatei no exemplo que dei na introdução deste artigo, num primeiro momento é natural que seu artigo esteja bem posicionado. É uma forma do Google mostrar novos artigos aos seus usuários. De outra forma, dificilmente um novo artigo conseguiria estar entre os primeiros resultados. No entanto, à medida em que o tempo passa, a tendência é inversa: normalmente, as páginas mais antigas e que satisfaçam às condições citadas acima é que terão destaque. Por isso, é importante quando você é o primeiro (ou um dos primeiros) a escrever sobre um assunto importante.  

 

PageRank

O PageRank de seu blog e de sua página também são fatores avaliados para determinar sua posição na busca. No entanto, o Google vem diminuindo a importância que o PageRank tem nesse sentido, e valorizando cada vez mais os itens relacionados ao conteúdo. Para mais informações sobre o PageRank, leia Atualização do PageRank do Google.  

Conclusão

Como você deve ter percebido, não há nenhuma mágica nas dicas acima ou nas que foram citadas nos artigos anteriores desta série. Tratam-se de técnicas simples e racionais, que fazem com que o Google valorize mais o seu artigo. No primeiro artigo desta série, o Marcos, do JusLaboral.net, citou em seu ótimo comentário o polêmico artigo O Google é Inútil, onde John Dvorak define SEO como “uma lista de truques que devem ser usados para enganar serviços como o Google”. A opinião de Dvorak tem um peso considerável e deve ser respeitada, claro. Por outro lado, o Google é o principal interessado em que os resultados de sua busca sejam confiáveis. Realmente, existem as chamadas técnicas de “black hat” (“chapéu negro”), numa alusão à magia negra, que buscam ganhar relevância no Google com formas desleais. No entanto, isso normalmente é descoberto e punido severamente pelo Google. Além disso, o algoritmo para ranqueamento das páginas sofre evoluções  justamente para que não seja influenciado por esses “truques”. Assim, a tendência é que ganhem destaque realmente os arquivos que o mereçam. Encerro esta série de artigos com uma ótima tira publicada no site Ranked Hard, que ilustra bem como algumas pessoas ainda imaginam que por trás da sigla “SEO” ainda estão métodos complicados, beirando o sobrenatural: Otimização Magia Negra

Sobre o autor | Website

Apaixonada por comunicação. Formada em Jornalismo e blogueira por Hobbie. Atual responsável por este e vários outros blogs de Internet Marketing.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

31 Comentários

  1. Lucaimura disse:

    Obrigado Adelson por este tutorial sobre o SEO. Finalmente consegui perceber alguma coisa, e tens razão numa coisa… não é nenhum bicho de sete cabeças :D.
    Hoje deste-me uma lição muito importante, eu sempre que acabo um post vou logo divulgar no máximo de redes possiveis. Agora vejo que o procedimento não é o correcto. A minha pergunta vai no sentido de saber, se o tempo de espera necessário para divulgar o post (um dia) varia consoante o ranking do blog/site, ou isso não influencia a correcta divulgação do mesmo??

    Um abraço.

  2. Sandra - Info-Macross disse:

    Nossa Adelson!
    Excelente artigo! Adorei! Nunca tinha pensado em divulgar os artigos só depois de eles serem bem indexados! Eu divulgava imediatamente após publicar!
    A parte de linkar o post quando escreve um comentário também é bem legal, o problema é como vou assinar, a âncora do meu link será sempre: Sandra – Info-Macross, será que vale a pena?
    Vou começar tentando por esse comentário aqui! Outra coisa a respeito dos comentários é o commentluv, eu uso no meu blog e é muito legal, pois já coloca o link para o último artigo de quem comenta! E tem para blogger também viu? Já agendei um artigo falando sobre isso no meu blog.
    Antes de terminar quero te dar mais uma vez os parabéns por esta série! E não vejo a hora de ter um guest post seu publicado no meu blog, com um texto maravilhoso como todos que você escreve! Um abraço !

  3. Adelson Smania disse:

    @Luca: Um dos objetivos desta série de artigos era justamente desmistificar essa idéia misteriosa por trás do SEO. A tira no final ilustra bem isso!
    Quanto à sua pergunta, o que é importante é você fazer a divulgação apenas após seu artigo original ter sido indexado. No meu caso, isso normalmente ocorre poucos minutos após a publicação. O dia adicional que aguardo é apenas para o Google entender que o meu artigo é o original. A forma mais simples para saber se seu artigo já foi indexado é fazer uma busca no Google por uma frase que exista nele. Se aparecer, já foi indexado.
    Para saber se o prazo que você aguarda para a divulgação está suficiente, só mesmo acompanhando o posicionamento no Google. Faça uma busca por sua palavra-chave: seu artigo precisa aparecer antes dos artigos da divulgação. Claro que não é só o prazo que influencia aqui, mas todos os demais fatores de otimização.

    @Sandra: Você citou um ponto importante: o texto âncora do link é realmente importante e ele acaba não sendo adequado nas assinaturas dos comentários. Mesmo assim, esse link ainda terá alguma relevância para sua página.
    Interessante saber que o commentluv tem uma versão para o Blogger! Vou acompanhar o Info-Macross para ler sobre ele.
    Quanto ao guest post, logo ele sairá!

    Um abraço a vocês e obrigado pela visita!

  4. Gustavo Freitas disse:

    Mais um ótimo artigo, na verdade não um simples artigo, mas uma aula valiosíssima sobre SEO, blogs e o Google,
    parabéns.

  5. Adelson Smania disse:

    Olá, Gustavo!

    Muito obrigado pelos elogios ao artigo! Seja sempre bem vindo aqui.

    Um abraço!

  6. Montardo disse:

    Adelson:
    Precisei ficar "fora do ar" por 3 dias. Cheguei de viagem agora, cansado, publiquei um texto novo e logo a seguir fiz a peregrinação nos sites de divulgação. Depois disso, bem fui ler o teu blog (e agora me pergunto: por que não li o teu blog antes!!!!).
    Já tinha observado que às vezes no Google aparece a referência a textos meus nestes sites melhor posicionados do que no próprio blog. Obrigado pelo esclarecimento.
    Um abraço.

  7. Adelson Smania disse:

    Olá, Montardo!

    Quando comecei a divulgar meus artigos, também percebi que eles apareciam antes que meus artigos originais. Eu fazia ainda pior: como usava o mesmo título e trechos do original, isso fazia com que o meu artigo fosse detectado como conteúdo duplicado e nem fosse mostrado nos resultados!

    Com esses cuidados, consigo ter meus artigos bem indexados. Além disso, há situações em que os artigos de divulgação mais os meus ocupando a primeira página dos resultados, aumentando bastante o número de visitas vindas do Google.

    Um abraço!

  8. Blog Normal, mas nem tanto... disse:

    Os links realmente são muito importantes. Quando parei de linkar palavras nos meus posts, as visitas por mecanismos de busca diminuiram.
    Vou testando, pra ver qual melhor maneira.. Mas já voltei a linkar. Hehehe..

    Sempre procuro por coisas inéditas.. Claro que nem sempre é assim..
    E não é legal para o Blog, ter artigos que existem em todos os outros lugares.. Não tem atrativo, se for assim.

    Ótimas as aulas, Adelson!
    Mais uma vez, parabéns pelo Blog! =)

    Abraço!

  9. Adelson Smania disse:

    Olá, Sara!

    Que ótimo receber outro comentário seu aqui no Gerenciando!

    Você tem razão quanto à importância da originalidade para o blog: é mesmo ótimo ter em seu blog coisas que seu visitante não encontrará em outro lugar. É uam ótima forma de fidelizar seus leitores.

    Obrigado pelos elogios e pela visita!

  10. DrunkenMasterRJ disse:

    Gosto muito do seu trabalho, esse artigo tá bem objetivo e sem enrolações.

    Eu tô tentando criar um blog meu apartir de dicas como as suas. Bem … ainda tô ajeitando o template do Blog. kkk! Já é o começo! rs!

    Excelente trabalho!

  11. Adelson Smania disse:

    Olá, DrunkenMasterRJ!

    Obrigado por seus elogios!

    Tenho certeza de que você conseguirá colocar seu blog no ar! Verá que é bem mais simples do que parece. O mais difícil é ter tempo disponível e disciplina para mantê-lo em funcionamento.

    Um abraço!

  12. Daisuka disse:

    muito bom artigo!
    google e page rank

  13. Adelson Smania disse:

    Olá, Daisuka!

    Obrigado pela visita e pelo comentário!

    Um abraço!

  14. Vivian Assis disse:

    Gostaria de fazer uma pergunta:
    é verdade que se meu blog for por exemplo:
    blog.seusite.com é ruim?Algúem me disse se eu fizer um blog assim:
    seusite.com/blog é melhor tem alguma coisa a ver mesmo isso?
    Bem o problema é que se eu for mudar isso agora nessa altura do campeonato vai ser ruim porque vou perder os links que ganhei e também todo o trabalho que fiz pra divulgar meu blog.

  15. Adelson Smania disse:

    Olá, Vivian!

    Nunca vi essa comparação de performance entre as duas formas de endereçar o seu blog. O mais importante é você ter um domínio próprio, o que já está resolvido em seu caso.

    Assim, não vejo razões para mudar seu endereço agora.

    Um abraço!

  16. Luciana disse:

    Nunca pensei que o google tivesse tanta ferramentas, estou no meu 4o ou 5o blog por hobbie, mas resolvi investir tempo e atenção para melhorar o atual! Acabei de buscar a postagem de hoje no google e estava lá na 3a posição! Suas dicas são excelentes e já estou otimizando o meu blog!

  17. Adelson Smania disse:

    Olá, Luciana!

    Fico feliz que as dicas a estejam ajudando!

    A melhor técnica de otimização será sempre o bom conteúdo do blog. Isso é o que atrai visitantes, gera links e referências. O restante dá apenas um pequeno empurrão para que as coisas fluam mais rápido.

    Um abraço!

  18. Felipe disse:

    No meu blog baseado em WordPress,utlizo um plugin que automaticamente publica uma mensagem no twitter informando que um artigo novo foi postado ou um antigo modificado.Exemplo:Postagem Modificada Promoção Passagens Aéreas guiagpa.com.br/blog/?p=50 Guia Gpa.
    A mensagem mostra o título do artigo seguido do link.

    E no Facebook,mostra um resumo do artigo também seguido do link.Porém utiliza o mesmo título e uma parte do texto.

    Isso é conteúdo duplicado?

    • Adriano Luz disse:

      Olá, Felipe!

      O Google não considera para efeitos de "texto duplicado" essas pequenas partes que encontra em redes sociais e outros mecanismos para divulgação. O que não deve ser feito é duplicar o texto completo em outros sites, como muitos fazem.

      A divulgação em redes sociais é bem vinda e se constitui em ótima fonte de visitas.

      Um abraço!

  19. soemrondonia.com.br disse:

    Adelson a série foi ótima e o encerramento muito legal, muito obrigado mesmo!

    • Adriano Luz disse:

      Olá!

      Fico feliz que tenha gostado! Colocando em prática as dicas deste e dos demais artigos desta série, seus artigos terão maior relevância no Google, o que lhe trará mais visitas.

      Um abraço!

  20. Anônimo disse:

    Otimização é procurar o ideal, e na internet otimização significa estar sempre se aperfeiçoando, atualizando-o, descobrir o que o público-alvo está interessado naquele momento, buscar sempre pelo interesse do cliente, estar sempre melhorando, planejando e pensando em meios de conseguir novos clientes. http://artmixweb.com.br/site/

    • Adriano Luz disse:

      Olá!

      Você tem razão: antes mesmo de pensarmos em técnicas de SEO, precisamos entregar conteúdo de qualidade e interessante aos nossos leitores.

      Um abraço!

  21. Francisco Matheus Santiago Barbosa disse:

    Muito interessantes as postagens do seu blog, muito bacana mesmo.

    Boa sorte, abraço!

  22. Caroline disse:

    Essa dica de não colocar nas redes sociais logo após a publicação foi ótima. Sempre fazia isso!
    Valeu

    • Adriano Luz disse:

      Olá, Caroline!

      É uma dica simples, mas que pode mesmo fazer a diferença para que o seu artigo original seja indexado antes dos outros locais onde ele foi divulgado.

      Um abraço!

  23. Rick disse:

    Muito bom o artigo, também gostei da imagem no fim 🙂

    • Adriano Luz disse:

      Olá, Rick!

      Que ótimo saber que você gostou! E a tirinha do final é mesmo interessante, né? Ainda é assim que muitos imaginam as técnicas de SEO! 🙂

      Um abraço!

  24. Rui Quintas disse:

    Mesmo o artigo sendo de 2009 está muito atual,na linha de muitos outros que você tem escrito, este em particular contém pequenas dicas que fazem toda a diferença, obrigado.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.