Google SEO Camila Fiori

Google e a Ditadura dos Top 10 – Parte 3

otimização200 Este artigo é a terceira e última parte da série de textos a respeito da otimização de seus artigos para que eles apareçam entre os 10 primeiros resultados do Google. No primeiro artigo, mostrei a importância da boa escolha das palavras-chave. No segundo, citei dicas simples para você realizar a otimização interna de suas páginas. Agora, mostrarei a otimização externa ou offpage, que são os aspectos que estão fora de sua página e que impactam a otimização de seu artigo.  

Otimização OffPage

Links para a página

Este ponto é extremamente importante para a otimização do seu artigo. Quanto mais links houver na internet para ele, mais relevante ele se tornará aos olhos do Google. Melhor ainda quando esses links vierem de páginas também relevantes e relacionadas ao conteúdo que você está tratando. Há algumas formas de conseguir esses links: 1. Se o seu artigo for muito bem escrito e se tornar uma referência, outros sites deverão citá-los. Essa é a melhor forma para conseguir os links, mas é também a mais difícil. 2. Você deve divulgar seus artigos em redes sociais e sites de divulgação de links. Já escrevi sobre isso em diversos artigos: Divulgando seu blog no Twitter – Parte 2, Escrevendo e divulgando um bom artigo, Divulgando seus artigos com o Post Social. Na página Links úteis para gerenciar seu blog eu mantenho uma lista com os sites de divulgação que eu utilizo, destacando os que trazem mais visitas. Aqui, duas dicas bastante importantes:

  • Não divulgue seus artigos imediatamente após sua publicação em seu blog, para evitar que as páginas de divulgação sejam indexadas pelo Google antes do seu texto original. Eu costumo fazer a divulgação no dia seguinte à publicação.
  • Nunca use o mesmo título e o mesmo texto do seu artigo original. Fazendo isso, você evita que os links sejam encarados pelo Google como textos duplicados. Além disso, você consegue fazer com que seus artigos sejam encontrados através de outras palavras-chave, que são as que você utilizará nos links de divulgação nesses sites.

3. Você também pode gerar os links escrevendo comentários em outros artigos que tratem do mesmo assunto. No caso de artigos em blogs do Blogger, que aceitem a opção de assinatura “Nome/URL”, a melhor forma é colocar a URL de seu artigo, e não do seu blog. Para descobrir que artigos comentar, faça uma pesquisa no Google utilizando a palavra-chave que você escolheu para otimizar. Os primeiros resultados da busca são justamente os que o beneficiarão. Mas, cuidado com a etiqueta: seus comentários devem ser coerentes e agregar valor ao artigo original. Leia mais em Divulgando seu blog: Comentários em outros blogs. Infelizmente, esses links só resultarão em otimização caso esses blogs não possuam o recurso do nofollow ativado. Uma dica importante: continue escrevendo sempre comentários linkando seu artigo. O Google Alerts pode fazer o trabalho de alertá-lo quando for escrito novo artigo sobre o assunto. 4. Crie links em seu próprio blog: em seus artigos futuros, crie links para o seu artigo original. Além disso ser “bem visto” pelo Google, é também uma forma de atrair a atenção de seus leitores para artigos que ficaram esquecidos de outra forma. Ao longo deste texto, você viu diversos links para artigos passados do Gerenciando Blog.   Além dos benefícios vistos do ponto de vista de SEO, outra consequência natural da obtenção de links é o maior número de visitantes para sua página, vindos das diversas fontes onde seus links estão.  

Idade da sua página e site

O tempo de vida da sua página e do seu site também influenciam o posicionamento dela no resultado das buscas. Como relatei no exemplo que dei na introdução deste artigo, num primeiro momento é natural que seu artigo esteja bem posicionado. É uma forma do Google mostrar novos artigos aos seus usuários. De outra forma, dificilmente um novo artigo conseguiria estar entre os primeiros resultados. No entanto, à medida em que o tempo passa, a tendência é inversa: normalmente, as páginas mais antigas e que satisfaçam às condições citadas acima é que terão destaque. Por isso, é importante quando você é o primeiro (ou um dos primeiros) a escrever sobre um assunto importante.  

 

PageRank

O PageRank de seu blog e de sua página também são fatores avaliados para determinar sua posição na busca. No entanto, o Google vem diminuindo a importância que o PageRank tem nesse sentido, e valorizando cada vez mais os itens relacionados ao conteúdo. Para mais informações sobre o PageRank, leia Atualização do PageRank do Google.  

Conclusão

Como você deve ter percebido, não há nenhuma mágica nas dicas acima ou nas que foram citadas nos artigos anteriores desta série. Tratam-se de técnicas simples e racionais, que fazem com que o Google valorize mais o seu artigo. No primeiro artigo desta série, o Marcos, do JusLaboral.net, citou em seu ótimo comentário o polêmico artigo O Google é Inútil, onde John Dvorak define SEO como “uma lista de truques que devem ser usados para enganar serviços como o Google”. A opinião de Dvorak tem um peso considerável e deve ser respeitada, claro. Por outro lado, o Google é o principal interessado em que os resultados de sua busca sejam confiáveis. Realmente, existem as chamadas técnicas de “black hat” (“chapéu negro”), numa alusão à magia negra, que buscam ganhar relevância no Google com formas desleais. No entanto, isso normalmente é descoberto e punido severamente pelo Google. Além disso, o algoritmo para ranqueamento das páginas sofre evoluções  justamente para que não seja influenciado por esses “truques”. Assim, a tendência é que ganhem destaque realmente os arquivos que o mereçam. Encerro esta série de artigos com uma ótima tira publicada no site Ranked Hard, que ilustra bem como algumas pessoas ainda imaginam que por trás da sigla “SEO” ainda estão métodos complicados, beirando o sobrenatural: Otimização Magia Negra

Sobre o autor | Website

Apaixonada por comunicação. Formada em Jornalismo e blogueira por Hobbie. Atual responsável por este e vários outros blogs de Internet Marketing.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

31 Comentários

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.