Dominio: gerenciandoblog.com.br
Chave: 00e39a4dc6309327334fa422703bddd1e83c509f
Hora do cache: 1510957843
Vida do cache: 1511001043
Status: 1
Mensagem: Centive nao respondeu
Chave do Pedido: 11808bbc6205bade68f0b70c302eaa74d4305945
Chave do Produto: PROKEY
Scroll Top

Hospedagem - 728 x 90

Google serviços

Como Analisar seus Dados no FeedBurner

FeedBurner200 Na semana passada, mostrei algumas dicas para utilizar melhor o FeedBurner para gerenciar o RSS de seu blog. Neste artigo, mostrarei a você como analisar os dados mostrados pelo FeedBurner. Na ferramenta, são mostradas informações importantes a respeito dos assinantes de seu feed, que podem ajudá-lo a direcionar melhor os seus esforços de divulgação.  

Introdução

Se você ainda não utiliza o FeedBurner para gerenciar o feed de seu blog, sugiro que você o faça o quanto antes. Trata-se de uma ferramenta essencial para seu blog, que lhe trará funcionalidades fantásticas, sem precisar pagar nada por isso. Se você tem dúvidas sobre como fazer isso, leia o artigo FeedBurner: Aproveitando Melhor seu RSS. Neste artigo, explorarei a área de estatísticas do FeedBurner, onde são mostrados dados sobre seus assinantes e o uso que é feito de seu feed. Para acompanhar este artigo, faça seu login em sua conta do FeedBurner (http://feedburner.google.com). Você verá uma tela inicial com os seus feeds:
FeedBurner1 Clique sobre o nome do feed que deseja analisar para verificar suas informações. Você será levado para a pasta “Analisar”. Na barra esquerda você verá as opções que explorarei neste artigo:
FeedBurner2 Algo que você perceberá é que essa área possui diversos erros de português. Tentei contato com a equipe do FeedBurner para reportá-los e estou aguardando retorno.  

Dashboard (Painel)

Esta é a primeira área mostrada e traz um resumo das estatísticas sobre seu feed. Todas as informações mostradas aqui serão detalhadas nos próximos itens.
FeedBurner3 Um fato importante a ser notado é que o FeedBurner possui um bug que faz com que o número de assinantes seja mostrado incorretamente (para menos) durante alguns dias. Na figura acima você pode notar isso: no dia em que escrevi o artigo, o FeedBurner mostrava apenas 278 assinantes, sendo que o número correto é maior que 700. No blog do FeedBurner há uma nota comentando que esse bug é conhecido e será solucionado.  

Subscribers (Assinantes)

Aqui você verá as informações referentes aos assinantes de seu feed e a forma que eles o acessam. Há dois termos utilizados que precisam ser entendidos:

  • Assinantes (Subscribers) – Trata-se de um número aproximado que mostra o número de pessoas que assinaram e acompanham o seu feed. Ele é calculado com base no número de pessoas que acessaram seu feed durante as últimas 24 horas. Mais informações.
  • Alcance (Reach) – O alcance mostra quantas pessoas efetivamente clicaram no conteúdo do seu feed. Assim, esta é a sua audiência real trazida a partir de seu feed. Mais informações.

Vou dividir as informações mostradas para facilitar o entendimento. FeedBurner4 Nesta primeira parte é mostrado o gráfico que mostra o número de assinantes (em verde) e o alcance (em azul) de seu feed. Verificando o gráfico você pode notar nas quedas bruscas da linha verde o bug que comentei acima. Veja que é possível alterar o período de tempo mostrado na caixa “Mostrar estatísticas para”. Uma visão interessante é mostrar “todo o tempo”, para você acompanhar a evolução de seus assinantes desde que você começo a utilizar o serviço. A principal utilidade do gráfico de assinantes é você medir a eficiência das técnicas que você utiliza para divulgar seu feed, como colocação de gadgets, realização de promoções e outras. Com ele você pode verificar quais delas realmente surtiram efeito. Já o gráfico de alcance lhe mostrará o sucesso de seu feed para trazer visitantes ao seu blog. FeedBurner5 Este segundo gráfico mostra a você em que ferramenta os seus feeds estão sendo lidos. É uma informação importante para que você mesmo possa testar o seu feed nas ferramentas mais utilizadas e verificar se ele é exibido corretamente. Abaixo do gráfico, você verá os detalhes sobre as ferramentas utilizadas. Se você tiver dúvida sobre qualquer uma delas, é só clicar sobre a seta após o nome da ferramenta para ver uma explicação.
FeedBurner6 Uma informação importante que é mostrada aqui é o número de assinantes que recebem seu feed por e-mail. Ao clicar na opção “Controle sua lista de Email dos Assinantes” você verá o e-mail de seus assinantes, e quais deles confirmaram a assinatura.
FeedBurner7  

Item Use (Uso dos Itens)

O formato desta área é similar ao de “Assinantes”.
FeedBurner8

  • No gráfico inicial, você terá a informação de quantas vezes os itens do seu feed foram visualizados no período selecionado.
  • Na área intermediária, você verá o número de visualizações (a tradução “visitas” não ficou bem neste caso) e de clicks que os seus feeds receberam naquele dia.
  • Na tabela “Item Popularity” (“Popularidade dos Itens”, você verá quais são seus itens mais visualizados e clicados a partir do feed. Você pode clicar sobre cada item para ter informações detalhadas sobre ele.

Novamente, você pode alterar o período considerado. Se você escolher “todo o tempo”, terá a informação de quais foram os seus artigos mais visualizados e clicados em seu feed.  

Map Overlay (Cobertura Geográfica)

Aqui, você verá a distribuição geográfica dos assinantes de seu feed, mostrando os países onde eles estão.
FeedBurner9  

Usos Raros

O FeedBurner destaca nessa área os sites que utilizam seu feed e que não constam na lista de mecanismos usuais de leitura. Isso não é motivo para pânico. Um exemplo: se alguém adiciona seu blog à lista de blogs recomendados, o gadget normalmente utiliza seu feed para mostrar o seu último artigo no blog da pessoa. Nesse motivo, trata-se de um uso sem normal e benéfico, pois isso pode lhe trazer visitas (o que será mostrado na coluna “Clicks”). Você pode marcar a caixa “Conhecido” para identificar esses blogs.
FeedBurner10 Um exemplo de mal uso é alguém construir um blog e utilizar o seu feed para exibir todos os seus artigos naquele blog. A única forma de detectar isso é analisar os endereços trazidos nessa lista e visitá-los.  

Exportar

Nesta opção, você pode exportar os dados de seu feed para ser lido no Excel ou outra ferramentas. O FeedBurner exportará o número de assinantes, alcance, visualizações e cliques, dia a dia, permitindo a você analisar as informações mais detalhadamente.  

Headline Animator Stats

Aqui você poderá acompanhar de forma separada os dados referentes ao “Headline Animator”, caso tenha criado um. Se você não sabe o que é esse recurso, procure no ele no artigo FeedBurner: Aproveitando Melhor seu RSS.  

Total Stats

Antigamente, este era um serviço disponível apenas para quem pagasse por uma conta “PRO” do FeedBurner. Hoje, ele é aberto a todos gratuitamente e já vem ativado. É ele que torna possível rastrear, por exemplo, os cliques recebidos em cada artigo em seu feed. Por isso, se nem todas as opções que mostrei nos itens anteriores estão visíveis para você, é provável que elas não estejam marcadas nesta área.
FeedBurner11 Uma opção interesse para ser marcada é a que destaquei acima em vermelho (“Track clicks as a different source in Google Analytics” – “Rastreie os cliques como uma fonte diferente no Google Analytics”). Com ela, as visitas vindas do FeedBurner serão destacadas em suas análises no Google Analytics, permitindo uma análise mais eficiente. Para visualizá-las no Google Analytics, basta entrar em “Origens de tráfego” / “Todas as origens de tráfego” e realizar um filtro pelo termo “feedburner”, como mostrei abaixo, e clicar em “Ir”. Veja que é possível inclusive saber de que forma as pessoas acessaram o seu feed (no meu caso, se foi pelo Twitter, pelo leitor de feed ou pelo e-mail).
FeedBurner12 Um detalhe importante: só será possível visualizar as visitas que ocorreram após você ativar a opção.  

Conclusão

Mais uma vez, espero ter conseguido mostrar a você que o FeedBurner é ainda mais poderoso do que parece a princípio. Com as análises que a ferramenta permite, você poderá criar estratégias para focar melhor a divulgação do seu feed, fazendo com que isso lhe traga mais assinantes e visitas, por conseqüência.   Você já conhecia todo esse poder de análise que o FeedBurner permitia? Quer compartilhar sua experiência? Deixe um comentário!

Classifique este post


De um play no vídeo abaixo e aprenda a Criar blogs Profissionais




Gostou deste artigo? Ajude nosso projeto.
Compartilhe em suas redes sociais nos botões abaixo:

Sobre o autor | Website

Especialista em Marketing Digital, presta Consultoria e auxilia diversos clientes. Amante por blogs, é responsável pela administração dos blogs Afiliados na web, Gerenciando Blog e Mundo Blogger.

19 Comentários

  1. Jorge Purgly disse:

    Estimado Adelson, fazem exatamente 10 minutos que estava "coçando a cabeça" com a quantidade de assinantes para menos. Agora com estas noticias estou mais tranquilizado. Entretanto, minha lista de Trobleshootizing está imensa o que demonstra ainda o meu profundo desconhecimento da ferramenta.
    Gostaria de te pedir auxilio neste tópico específico: O problema: O Original Feed é muito doggone grande! FeedBurner não processa alimentos que são maiores que 512K. Lembre-se, sua alimentação é uma atualização de seu conteúdo – e não um arquivo para ele – e você deve usar os controles de suas ferramentas de publicação de "assegurar que sua alimentação não cresce como o kudzu possuía.
    Um forte abraço,
    Jorge

  2. Anônimo disse:

    Excelente artigo, era mesmo disto que eu estava a precisar! Continuação de bons Post´s.

  3. Luis Marcos Leite disse:

    São dicas realmente muito importantes. Já fiz as alterações que no momento acho necessárias. Parabéns pelo artigo.

  4. Marco Damaceno disse:

    A Goggle bem que podia consetar esse bug que já tá ficando chato. Não aguento mais essa variação brusca no número de assinantes de feed. Queria fazer uma análise sobre os meus assinantes, mas está muito difícil.

  5. António Rosa disse:

    Adelson

    Já nem ligo para as variações de assinantes do feeds. Houve uns dias que eu andava atarantado. Depois, deixei de ligar.

    Quando você encontrar «Portugal» na sua lista de países de origem… eu sou um dos seus assinantes.

    Tudo de bom e abraço.

  6. Adelson Smania disse:

    @Jorge: Há um tópico na ajuda do FeedBurner tratando exatamente o problema que você reportou: http://www.google.com/support/feedburner/bin/answer.py?answer=79626&cbid=1i5jayzgbrdoi&src=cb&lev=index. Veja se isso o ajuda.

    @Luis: Que bom que o artigo tenha sido útil! Há realmente pequenos ajustes que podem ser feitos para aproveitar melhor o FeedBurner.

    @Marco: Realmente, o bug na contagem dos assinantes incomoda. O bom é que esse bug já é conhecido por eles e está sendo tratado. Acredito que logo tenhamos a solução para o problema.

    @António: Que ótimo vê-lo de volta por aqui! É uma honra imensa ter um assinante de tão longe. Fico mesmo feliz que meus artigos lhe sejam úteis.

    Abraço a todos vocês e obrigado pela visita!

  7. Lucaimura disse:

    Olá Adelson!!

    Relaxa que as férias cada estão mais próximas :D.

    Este teu artigo veio dar-me uma grande ajuda. Quanto mais eu olhava para os dados do Feedburner, mais confuso eu ficava. Felizmente posso contar com as tuas dicas que são um verdadeiro oásis nesta blogosfera. Se não te importas, copiei o teu texto para uma folha do word, para poder usar quando estiver no Feedburner.
    Fica aqui uma sugestão… que tal colocares as tuas dicas no formato PDF, para o pessoal fazer o download, como se fosse um manual para a blogosfera (podias fazer um nas férias… estou a brincar, férias é para descansar!!).

    Um abraço.

  8. Adelson Smania disse:

    Olá, Luca!

    Seja bem vindo de volta de suas férias! Logo chegam as minhas. 🙂

    O FeedBurner é um tanto chato para entender. Espero que meu artigo o ajude.

    Quanto à sua dica, é bem interessante (não para as férias, claro! rs). Vou avaliar com cuidado sua sugestão.

    Um abraço!

  9. Junior Sousa disse:

    Fazem dois dias que o meu feedburner não está enviando os emails dos posts. Já me falaram que as vezes demora mesmo, mas acho q desta vez está demais. Os posts foram publicados normalmente e o email não foi enviado. Antes estava normal. Cadastrei o Google Analytics e depois disso notei que não envia. Não alterei nenhuma configuração nem no WordPress.
    Será que tem haver? Alguém poderia ajudar.

    Obrigado.
    @jrsousa

  10. Adelson Smania disse:

    Olá, Junior!

    O seu feed está funcionando normalmente? Ou seja: se você acessá-lo através do browser, você consegue ver os novos artigos publicados?

    Caso ainda não esteja funcionando, deixe aqui o endereço do seu RSS para eu verificar se posso ajudá-lo.

    Um abraço!

  11. Junior disse:

    Adelson, HELP

    Desinstalei o o plugin WP Google Analytic e colei o código do Analytics no footer.php. Mesmo assim nao enviou os emails. Mais alguma dica? Já nao sei mais o q pode estar ocorrendo.

    Feed Original: http://www.ferinha.com/feed/
    Endereço Feed: http://feeds.feedburner.com/
    FerinhacomTecnologiaEntretenimentoMsicaEOutrasCoisasLegais

    Site: http://www.ferinha.com/

    Obrigado
    @jrsousa

  12. Adelson Smania disse:

    Olá, Junior!

    Estou acessando os endereços para testar. O que notei é que mesmo o endereço do feed original (http://www.ferinha.com/feed) não está funcionando corretamente. Está ocorrendo erro ao tentar acessá-lo, o que pode explicar porque o envio de e-mails não funciona. O primeiro passo é corrigir este problema.

    Outro fato que chama a atenção é o seu endereço do feed no FeedBurner: achei estranho um endereço tão grande assim. Não sei se isso pode causar problemas, mas o ideal é que o endereço fosse menor, até para que seja mais fácil de ser lembrado.

    Um abraço!

  13. Miguel disse:

    Olá,

    Seu artigo é bom, mas minha dúvida permanece: Pode importar a lista de e-mail cadastro no feedburner?

    Lógica da pergunta: você vai deixando se encantar pelo serviço gratuito e visual de trabalho fácil do feedburner e no futuro vira uma máquina de propaganda!

    Consigo ter LIBERDADE de retirar os meus assinates, porque são assinantes do BLOG, e levar para outro ex. Mailchimp?

    Se alguém puder esclarecer essa dúvida eu agradeço.

  14. Adelson Smania disse:

    Olá, Miguel.

    Entendo sua preocupação. O FeedBurner permite que você exporte a sua lista de assinantes por e-mail no formato CSV. Isso é feito em "Publicar" / "Email subscriptions" / "Subscription Management".

    Um abraço!

  15. Fique Sabendo! disse:

    Adelson, nas estatísticas do leitores logo abaixo tem uma parte que se chama "Web Browsers" e outro que se chama "Bots" e ele também tem números, mas não esses números não são contados como assinantes, então o que são eles?

  16. Adriano Luz disse:

    Olá!

    Abaixo de cada um dos itens mostrados nessa área há um pequeno texto de ajuda, que é ativado ao se clicar no triângulo invertido em cada item.

    Os números mostrados em "Browsers" parecem ser os acessos aos itens dos feeds realizados através de alguns navegadores específicos, como o Chrome, o Firefox e versões antigas do IE. Não sei dizer porque esses itens não são somados aos assinantes.

    Quanto aos "Bots", tratam-se de mecanismos automáticos que fazem a leitura do feed, para fins diversos, como análises em ferramentas e republicações em outros sites. Neste caso, faz sentido não serem contados como Assinantes.

    Um abraço!

  17. CANTELE CENTRO AUTOMOTIVO disse:

    Adelson.
    Posso importar uma lista de emails para a lista do feed burner?

    • Adriano Luz disse:

      Olá!

      Isso não é possível. O FeedBurner só aceita mesmo a inscrição direta pelo interessado e só a ativa após confirmação por e-mail, para evitar o envio de e-mails indesejados.

      Um abraço!

  18. Acesse Concursos disse:

    Ao clicar nos títulos do posts no feed é redirecionado para páginas como http://0.0.7.222/mes/titulo-do-posthtml

    http://0.0.7.222 <~~~ao invés da URL do blog!

    Por favor, como resolver?

    att,

    Marcolino

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
Quer aprender como R$173.571,73 como Afiliado em 4 meses?Quero Assistir o Vídeo!