guest post infraestrutura Camila Fiori

Novidades do WordPress Versão 3.0

Wordpress200 Este artigo é um “guest post” escrito por Rafael Coutinho. Rafael é consultor de SEO da Linka On-Line, que tem entre seus clientes a Tech Clube, uma loja online de equipamentos de informática. Além disso, ele também administra diversos blogs, sendo o Bico do Corvo o principal deles. Neste artigo, Rafael comenta as novidades da versão 3.0 do WordPress, lançada recentemente. Conta também a origem do nome da nova versão, Thelonious. Aproveitem o artigo!  

Introdução

Semana passada foi lançado o Thelonious, a nova versão da plataforma de blogs, o WordPress, que conta com uma infinidade de novas funções e correção de erros da versão anterior. Agora é possível gerenciar vários blogs através de uma única instalação do sistema. Para manter a tradição de nomear suas versões com nomes de músicos do jazz, o WordPress escolheu o nome Thelonious para homenagear Thelonious Monk, um grande pianista e compositor. A versão 3.0 do WordPress foi desenvolvida durante seis meses e já está disponível para download, também na versão em português. Quando um novo usuário se cadastrar, o blog será criado automaticamente com um tema padrão chamado Twenty Ten, que irá demonstrar todas as novas funcionalidades da versão 3.0, para que ele aprenda a fazer uso de todos os novos benefícios.  

Principais novidades da versão 3.0

As novidades vieram para facilitar a vida dos usuários do WordPress. Pequenos detalhes foram aperfeiçoados e na hora da instalação isso já poderá ser percebido: antes, o próprio sistema gerava uma senha enorme e difícil de guardar, mas agora você tem a opção de criar você mesmo sua senha. Com a nova página de atualizações agora é possível localizar com maior facilidade plug-ins e temas com atualização disponível, e também, é claro, atualizações do próprio WordPress. Além disso, ainda será possível customizar seu background. O esquema de cores mudou, agora o cinza escuro foi substituído por um tom mais claro, facilitando assim a visualização dos usuários. O organizador de menus também é uma das novidades que irão facilitar a vida dos usuários, que poderão criar facilmente links, menus, categorias etc. Principalmente para quem não gosta muito de lidar com códigos, é possível organizar o menu arrastando e soltando onde achar melhor, assim como funcionam os widgets.  

 

As vantagens do WordPress

Criar um blog no WordPress além de ser fácil, conta com as inúmeras vantagens que você conferiu anteriormente, além disso, criar os posts no seu blog ficará muito mais fácil, tanto quanto digitar um texto no Word. Por se tratar de uma plataforma de blogs open-source, ou seja, com os códigos abertos, o WordPress permite a edição de plug-ins, trazendo mais funções ao seu blog. Há uma comunidade de usuários que cria diversos plug-ins e temas para os blogs WordPress todos os dias. Muitas pessoas têm dúvidas quanto à diferença entre WordPress.com e Worpress.org. Através do site WordPress.com é possível criar um blog gratuitamente, é necessário apenas escolher o template e postar seus textos. Já no WordPress.org é o site onde se faz o download do programa para editar e criar seu blog de forma mais detalhada e com as mesmas vantagens de quem tem um blog pago.

Sobre o autor | Website

Apaixonada por comunicação. Formada em Jornalismo e blogueira por Hobbie. Atual responsável por este e vários outros blogs de Internet Marketing.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

5 Comentários

  1. Bruno disse:

    Um tempo atrás, paguei uma hospedagem de R$ 20,00 reais por um mês, pra eu conhecer o wordpress, ele é muito bom, mais, não é fácil de utilizar, um exemplo, modificar um template, no blogspot eu sei muito, mais no wordpress, só consegui colocar o favicon, ou seja, achei muito melhor ficar no blogspot, pois não tem custos, e é fácil em tudo,

    Abraço!

    Meu blog: http://elefantem.blogspot.com/

  2. Adelson Smania disse:

    Olá, Bruno!

    O WordPress é uma plataforma mais poderosa e flexível que o Blogger, mas também exige mais conhecimentos técnicos.

    Atualmente, também mantenho meus blogs no Blogger, mas o WordPress é com certeza uma alternativa bastante atraente.

    Um abraço e obrigado pela visita!

  3. Jorge Purgly disse:

    Olá Adelson, estou "apanhando" bastante para aplicar as dicas do artigo. Tenho um blog no WordPress, mas basicão.
    Baixei a versão sugerida mas daí para faze-la funcionar esbarrei nas explicações dos nossos conterrâneos portugueses.
    Preciso de algo passo-a-passo e as explicações são para os mais experientes que fazem tudo com apenas uma dica.
    Onde posso buscar auxilio?
    Um abraço,
    Jorge

  4. Bruno disse:

    @Jorge Purgly – Amigo, como já falei acima, já usei o WordPress, existem planos de hospedagem que instalam o wordpress automaticamente,
    fale qual a sua hospedagem, talvez eu possa ajudar

  5. Adelson Smania disse:

    Olá, Jorge!

    Veja que o Bruno – a quem agradeço a prontidão – se ofereceu para ajudá-lo.

    Um blog onde você pode obter informações sobre o WordPress é o Info Macross (http://info.macross.com.br), da Sandra.

    Um abraço!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.