guest post WordPress Camila Fiori

Marca WordPress Muda de Mãos

Wordpress200Mais uma vez, Rafael Coutinho, SEO da Tech Clube e fundador da Prospera Web, participa do Gerenciando Blog escrevendo um “guest post”. O assunto deste artigo é uma notícia recente envolvendo a plataforma WordPress, umas das mais versáteis e poderosas para a criação de blogs. Rafael comenta a mudança administrativa ocorrida no WordPress e os seus efeitos.  

Introdução

A partir deste mês de Setembro a marca WordPress, que é responsável pela criação da muito conhecida plataforma para criação de blogs homônima, saiu das mãos da empresa de tecnologia Automattic, que é a criadora e também administradora do portal WordPress.com, que responde pela hospedagem gratuita de blogs que utilizam a plataforma, para as mãos da recém criada Word Press Foundation, fundada em janeiro deste ano e sem fins lucrativos.  

Intenções

De acordo com Matt Mullenweg, o programador que é o “pai” do WordPress e também dono da empresa que detinha os direitos sobre a plataforma, ambos registraram a patente WordPress em 2006, antes de todo o crescimento, quando o ambiente era apenas um esboço e a iniciativa era para que a estrutura que ainda estava por ser criada fosse protegida de um destrutivo apelo comercial, que poderia destruir ou desvirtuar a intenção original da plataforma, que é a de gratuidade absoluta para as aplicações destinadas a esta plataforma e ao GPL. Ainda sob o ponto de vista de Mullenweg, a atitude visa proteger o ambiente de desenvolvimento livre de quaisquer imparcialidades de mercado, independentemente de quem esteja no comando da empresa. A ideia de se entregar o domínio de uma plataforma tão popular como essa preserva a principal ideia do GPL, que é a de que se desenvolvam gratuitamente as ferramentas e o próprio ambiente independente dos interesses comerciais de uma empresa, ou ainda de uma possível “venda” da plataforma a alguma outra empresa que não tenha os princípios da empresa de Matt Mullenweg.  

 

O criador

Olhando para o caráter da decisão do criador do WordPress, Matt Mullenweg agiu corretamente com seus princípios, pois com esta atitude protegeu integralmente o sonho que idealizou com a criação do WordPress, independentemente do interesse econômico que seria muito grande e vantajoso à ele e à sua empresa, preferiu viver da fama que a sua realização e a utilizou como trampolim para erguer sua empresa. Visto a correção de sua atitude, o que aconteceu ao até mais famoso Steve Jobs, que foi demitido da empresa que idealizou e criou, a Apple Computer. Olhando deste ponto, a jogada da Automattic foi perfeita, pois a empresa cresceu muito nestes últimos 5 anos e a intenção da empresa, diga-se aí Matt Mullenweg, tem intenções de ganhar dinheiro não com a plataforma, essa aí ficou gratuita e foi a base de uma enorme legião de usuários, que agora irão pagar, se quiserem o que a empresa de Mullenweg desenvolver.  

Concluindo

Do ponto de vista profissional, a ideia dos direitos do Word Press saírem das mãos de uma empresa para uma associação sem fins lucrativos dá uma garantia espetacular de que a plataforma não deixará de ser open source. Pelo ponto de vista do indivíduo criador, dá para perceber que Matt Mullenweg sentiu a necessidade de garantir que seus ideais quando criou a plataforma não fossem quebrados no futuro.

Sobre o autor | Website

Apaixonada por comunicação. Formada em Jornalismo e blogueira por Hobbie. Atual responsável por este e vários outros blogs de Internet Marketing.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

10 Comentários

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.