monitoramento serviços Camila Fiori

Tynt: Mais do que Controlar quem o Copia

Tynt200No artigo Tynt Insight: Quem Está Copiando seus Artigos?, apresentei o Tynt, uma ferramenta que permite saber quem está copiando os artigos do seu blog e onde eles estão sendo reproduzidos. Agora, o Tynt oferece ferramentas adicionais, oferecendo informações que prometem auxiliá-lo a conquistar mais visitas ao seu blog ao descobrir detalhes do comportamento de seus visitantes. Veja neste artigo minhas impressões sobre os novos recursos.  

Introdução

O plágio é uma das maiores pragas para quem produz conteúdo original na internet. No artigo Plágio: o que Fazer Contra essa Praga já escrevi minha opinião sobre o assunto e o que você pode fazer para evitá-lo. O Tynt é uma das ferramentas que podem ajudá-lo a minimizar os efeitos do plágio em seu blog. No artigo Tynt Insight: Quem Está Copiando seus Artigos?, mostro como instalar o mecanismo em seu site, e como ele irá ajudá-lo ao criar links quando seus artigos são copiados. Neste artigo, mostrarei os novos recursos do Tynt, que foram somados aos recursos já existentes.  

Instalação e configuração

1. Visite o site http://www.tynt.com.
OBS: Se você já leu e seguiu o artigo Tynt Insight: Quem Está Copiando seus Artigos?, clique em “Log In” e entre com seu domínio e senha. 2. Clique na opção “Publisher Sign Up”, no canto superior direito da tela. 3. Preencha as informações solicitadas e clique no botão “Next”.
Tynt01 4. Você verá uma tela como a seguinte. Para configurar as funcionalidades do Tynt, você deve clicar nos botões destacados em vermelho.
OBS: Se você já era usuário, basta clicar no botão “Script”, no canto superior direito, para chegar à mesma tela. 
Tynt02 5. Ao clicar em “Customize Address Bar Tracking”, será possível configurar o Tynt para rastrear não apenas o texto que foi copiado, mas também seus links que foram compartilhados em redes sociais. Para habilitar a funcionalidade, você deve habilitá-la conforme mostrado na figura abaixo e clicar em “Save”.
Tynt03 6. Ao clicar em “Customize Attribution”, você configurará a forma como serão apresentados os links quando seu texto for copiado e publicado em outro lugar. Note que você pode configurar se o link será apresentado acima (above) ou abaixo (below) o texto copiado, e também poderá configurar o texto (prefix) que será apresentado antes do link. A recomendação é que você mantenha selecionada a opção “URL” selecionada. Ao finalizar, clique em “Save”.
Tynt04 7. Se você for um usuário antigo, já verá uma janela com o código para colocar em seu template. Se for novo usuário, deve clicar no botão “Next”.
Tynt05 8. Você deve editar o HTML do seu blog e copiar o código antes da tag </head>, conforme mostrado na figura acima. Após fazer isso, clique no botão “Next”. 9. Na próxima tela, você deve configurar a frequência com que deseja receber os relatórios do Tynt por e-mail. Eles podem ser recebidos diariamente (daily), semanalmente (weekly) ou ficarem desativados (never"). Ao terminar, clique em “Finish”.
OBS: Os usuários antigos podem acessar essa funcionalidade através do botão “Subscriptions”, no canto superior direito do Tynt.
Tynt06 Pronto! O Tynt já está instalado em seu site e já deve estar funcionando. Para testar, basta copiar um texto de um artigo do seu blog e colá-lo em qualquer lugar. Já deve ser levado com ele o link para o seu artigo.  

Analisando os relatórios

Após algum tempo de uso (pelo menos 24 horas), você conseguirá acessar os relatórios que o Tynt produziu com base nos acessos e cópias feitas de seus artigos. Os relatórios são acessados a partir da página principal ou do canto superior esquerdo do site.
Tynt07  

Tynt SEO

Este é o relatório que o Tynt já apresentada anteriormente, mostrando quantas vezes seu conteúdo foi publicado e quantas visitas foram geradas a partir dessas cópias.
Tynt08  

 

Tynt Keywords

Este é um relatório interessante. Do lado esquerdo, mostra as palavras chave que mais visitas trouxeram ao seu blog. Do lado direito, mostra as palavras chave que seus visitantes estavam procurando ao sair do seu blog. Essa informação pode ajudá-lo a criar mais conteúdo para evitar que os visitantes deixem seu blog procurando essas informações em outros sites.
Tynt09  

Tynt Content

É outro relatório que já existia na versão anterior. Ele mostra as páginas que foram copiadas mais vezes e o número de visitas que os links gerados pelo Tynt trouxeram ao seu blog.
Tynt10  

Tynt Social

Estes novos relatórios mostram como o seu conteúdo é divulgado por e-mail, Twitter e Facebook. Os relatórios mostram o número de visitas vindas através de links monitorados pelo Tynt nessas redes sociais. Uma informação interessante é a comparação do seu resultado com a média dos outros sites monitorados pelo Tynt.
Tynt11  

Conclusão

O Tynt é uma boa ferramenta. Embora não resolva em definitivo o problema do plágio, ele pode ajudar a minimizar os resultados. Isso porque nada impede que o “espertinho” remova o link gerado pelo Tynt ao copiar seus textos. Mas, quando os links são mantidos, é uma forma interessante de gerar “backlinks” e visitas para o seu blog. Entre os novos relatórios, o “Tynt Keywords” é muito interessante. Sabendo o que os visitantes procuram ao sair de seu blog, você pode investir na geração desse conteúdo para mantê-los em seu site. Mas, tenho também algumas críticas à ferramenta. Quando todos os recursos do Tynt estão ativos, seu visitante verá caracteres estranhos no final de cada página visitada (por exemplo, https://www.gerenciandoblog.com.br/#axzz1J8AL0InR e https://www.gerenciandoblog.com.br/2011/04/avalie-seu-blog-com-o-gradercom.html#axzz1J8AL0InR). Embora isso não traga prejuízos técnicos, pode assustar quem vê esse link. Outro ponto negativo afeta a mim – mas não a todos. Parte do conteúdo do Gerenciando Blog foi feita justamente para ser copiada (como os códigos HTML de exemplo que mostro em alguns artigos). Quando é gerado o link do Tynt, ele acaba atrapalhando esse código, especialmente para os menos experientes. Assim, você deve pesar os prós e contras do Tynt e avaliar se ele ajudará ou atrapalhará o seu blog. Se você tem dúvidas, ative-o por algum tempo e analise os resultados. Se não quiser continuar com ele, basta remover o código HTML que você colocou em seu template.   E você, já usa o Tynt? Qual sua opinião sobre ele? Escreva um comentário!

Sobre o autor | Website

Apaixonada por comunicação. Formada em Jornalismo e blogueira por Hobbie. Atual responsável por este e vários outros blogs de Internet Marketing.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

26 Comentários

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.