performance Camila Fiori

Como Aumentar a Velocidade de Carregamento do Blog

velocidade130As páginas de seu blog demoram para ser carregadas?

Se você precisa esperar mais do que alguns segundos para que elas sejam exibidas, isso deve ser motivo de grande preocupação.

Isso já pode estar causando perda de visitantes e de preciosas posições no Google.

Neste artigo (um dos mais votados em meu UserVoice), mostrarei a vocês algumas dicas e ferramentas que irão ajudá-lo a tornar o seu blog mais rápido.

Introdução

Este assunto não é novidade aqui no Gerenciando Blog.

No artigo A Importância da Velocidade de suas Páginas, escrito no final de 2009, eu já abordei o tema.

Ainda assim, o tema é um dos mais solicitados pelos visitantes e merece um complemento.

Espero que você esteja convencido de que é importante que seu blog seja carregado rapidamente. Caso ainda não esteja, lhe dou dois bons motivos para isso.

O primeiro motivo é bastante prático: se um leitor vai ao seu blog e precisa esperar 30 segundos até que a página seja exibida, é grande a chance de que ele não retorne mais.

O outro motivo é técnico: há muito tempo o Google vem anunciando que a velocidade de carregamento das páginas é um dos itens utilizados para determinar o posicionamento nos resultados de busca.

Medindo a velocidade de suas páginas

O primeiro passo é medir a velocidade atual de carregamento de suas páginas.

Isso é importante para você avaliar se as ações que você tomará darão realmente resultado. Assim, você poderá medi-la a cada alteração realizada, comparando com o valor inicial.

Há diversas formas para fazer isso.

A mais simples delas é com o WebWait, que conheci anos atrás pelo artigo Quanto tempo seu blog demora para carregar?.

O uso dele é fácil: basta digitar o endereço do seu blog na caixa “Website”, determinar o número de vezes (“no. of calls”) e o intervalo entre as medições (“call interval”) e clicar em “Time It!”.

Após as execuções, a média do tempo de carregamento aparecerá numa caixa, como mostrado abaixo:

Velocidade01 

Há outras ferramentas mais complexas que, além de medir o tempo de carregamento, também já fazem sugestões de pontos que você pode trabalhar para melhorar a performance.

Um desses serviços é o GTmetrix, que conheci através do artigo Teste a performance de seu site com o GTmetrix, do Celso Lemes.

Na verdade, o GTmetrix concentra em uma única página os resultados do Google Page Speed e do Yahoo! YSlow.

Utilizá-lo também é bastante simples: basta digitar o endereço do seu blog em “Analyze Performance of:” e clicar em “Go!” para ver os resultados:

Velocidade02 

Você notará que os resultados são divididos em duas áreas. Em “Summary”, você verá o resumo das análises, com sua nota em cada um dos serviços.

Em “Breakdown”, você verá os detalhes, informando as recomendações (“recommendation”), sua nota (“grade”) e a prioridade (“priority”) para resolução.

Ao clicar em cada item, você poderá ver mais detalhes da análise e como resolver o item:

Velocidade03 

Já adianto: nem todos os itens são simples para resolver.

E há alguns que são impossíveis de serem resolvidos.

Um exemplo é o que mostrei na figura acima: as imagens mostradas vêm do gadget do Facebook, onde não é possível modificar seu tamanho.

Há também questões técnicas, como o “Leverage browser caching” que foge ao controle de quem tem um blog no Blogger, como é o meu caso.

Mas, se você tem bons conhecimentos técnicos, vale a pena investigar os itens mostrados no relatório e resolvê-los.

Ao final, realize uma nova checagem no GTmetrix para conferir as melhorias obtidas.

Não entendi nada! O que posso fazer?

Não se desespere se você chegou a essa conclusão.

O relatório é bastante técnico e pode assustar quem simplesmente possui um blog e não tem conhecimentos de HTML, desenvolvimento web etc.

Mesmo assim, há muito em que você pode trabalhar para melhorar o desempenho do seu blog.

As dicas abaixo o ajudarão a conseguir isso:

1. A primeira e mais importante dica é: só mantenha em seu blog aquilo que é realmente útil aos seus visitantes.

Avalie cada um dos gadgets que você colocou em seu blog e avalie se eles são importantes ao seus visitantes.

Normalmente, aqueles gadgets bonitinhos e divertidos são os que mais demoram a carregar e os que menos interessam a quem o visita.

2. Remova também as imagens que você utiliza em seu blog e que não são importantes aos visitantes. As imagens – especialmente as não otimizadas – também aumentam em muito o tempo de carregamento de um blog.

 

Deixe em suas páginas e artigos somente aquelas que forem úteis.

3. Redimensione suas imagens para o tamanho em que serão exibidas. É um erro comum colocar imagens enormes em um artigo e redimensioná-las para o tamanho em que serão exibidas.

Ao invés de fazer isso, edite a imagem e deixe-a já no tamanho exato em que será exibida.

No artigo Como Editar Imagens para seu Blog eu mostro como fazer isso com ferramentas grátis.

4. Salve as imagens no formato otimizado. Há diversas extensões que uma imagem pode ser salva (BMP, GIF, JPG, PNG etc.).

O tamanho do arquivo gerado em cada um desses tipos varia muito.

Assim, escolha o formato em que a imagem ficará com melhor tamanho.

Além disso, há ferramentas com o PunyPNG (dica do Blogueigoo) que podem otimizar ainda mais o tamanho das imagens. Passe suas imagens por ele antes de colocá-las em seus artigos.

5. Otimize o seu template. Faça uma análise completa das alterações que você fez no código HTML do seu template.

É provável que haja códigos e “hacks” lá que não sirvam para mais nada, mas que continuam impactando sua velocidade.

Se você nem se lembra mais das alterações que fez nela, pode ser a hora de começar do zero e trocar o template do seu blog.

6. Repense a utilidade dos contadores e estatísticas que você exibe em seu blog.

No início, é normal querer colocar no blog contadores de visitas, mostradores de onde vêm as pessoas, estatísticas de acesso etc.

Mas, essa é uma informação que só interessa a você, não aos seus visitantes.

Por isso, pode ser mais interessante utilizar uma ferramenta como o Google Analytics ou simplesmente acompanhar as estatísticas do Blogger.

7. Exiba menos artigos na página principal do seu blog. É possível configurar no Blogger quantos artigos serão exibidos na página principal.

Quanto menos artigos você exibir, mais rápido sua página principal será carregada.

Veja em Defina o que Será Mostrado com seus Artigos como fazer a definição.

8. Exiba apenas o resumo de seus artigos na página principal. É outra forma interessante de fazer com sua página principal carregue mais rápido.

Veja no artigo Resumo da postagem na página principal como fazer isso.

Mas, tome cuidado: há alguns códigos (como o que eu usava antes aqui no Gerenciando Blog) que fazem com que seja carrega a página completa, mas apenas exibido o resumo.

Para tirar a dúvida, exiba o código-fonte de sua página principal e procure um trecho de código que só aparece no artigo completo.

Se você o encontrar, significa que está sendo carregada a página completa.

9. Evite tocar músicas nas páginas de seu blog. Músicas e vídeos que iniciam automaticamente ao abrir um blog consomem muito tráfego e tornam o carregamento da página muito mais lento.

E não é só isso: poucos gostam de que uma música comece a tocar sem que ele tenha solicitado.

10. Remova os links para páginas que não existem mais. Se você tem uma lista enorme de blogs em sua página principal, visite-os de tempos em tempos.

Você se surpreenderá com a quantidade de blogs que foram abandonados mas continuam sendo referenciados por sua página. Isso é ainda mais grave para os gadgets que exibem a última postagem.

Conclusão

No artigo Cuide Bem de seus Visitantes e Eles Voltarão, eu defendi a ideia de que o aspecto mais importante para um blog é o visitante.

Foi isso que defendi nas dicas acima: só deve permanecer em seu blog o que é importante ao seu visitante.

Tudo o que estiver a mais ocupará tempo desnecessário – e importante – no carregamento do seu blog.

Mas, entendo que essa ideia não seja compartilhada por todos.

Há quem prefira ter um blog com gadgets animados, imagens e figuras simplesmente pelo prazer de tê-las. Isso não é errado, desde que você tenha consciência das consequências.

E há também os blogs que precisam ter esses elementos “pesados” para manter sua audiência, pois é isso o que os visitantes querem.

Então, cabe a você analisar as dicas acima e ponderar sobre o que pode ser aplicado ao seu blog.

Tenha certeza de que seus visitantes ficarão mais felizes na mesma medida em que suas páginas ficarem mais rápidas para carregar.

E você, preocupa-se com a velocidade de carregamento de seu blog?

Tem alguma dica adicional? Deixe um comentário!

Sobre o autor | Website

Apaixonada por comunicação. Formada em Jornalismo e blogueira por Hobbie. Atual responsável por este e vários outros blogs de Internet Marketing.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

51 Comentários

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.