plágio publicação Camila Fiori

Evite a tentação de escrever um blog fácil

BlogFacil130Criar e gerenciar um blog não é uma tarefa fácil.

Justamente por isso, muitos desistem pelo meio do caminho – ou logo no início dele.

Mas, se você está realmente disposto a entrar neste mundo e se tornar um autor de blog, faça isso da forma correta.

Evite “blogs fáceis”, como aqueles que só postam artigos copiados de outros blogs ou apenas com links para download de filmes e programas.

Lendo este artigo, você entenderá os motivos para evitar e dicas para não tomar o caminho mais fácil.

Introdução

“Blog fácil” – na falta de um termo melhor – é o nome que dei para aquele tipo de blog que não exige muito de seu autor: nem criatividade, nem originalidade, nem conhecimento.

Este é um assunto que me incomoda já há bastante tempo e, por isso mesmo, estava na minha lista de artigos pendentes para o Gerenciando Blog.

É o tipo de artigo que não faz sucesso, que incomoda muita gente, mas que eu precisava escrever.

Este assunto volta à tona sempre que reservo um tempo para responder perguntas no Yahoo! Respostas (a propósito, uma ótima forma de conseguir visitas e visitantes para seu blog).

É muito comum ver por lá dúvidas de quem está com problemas em seu blog de download de filmes – e até mesmo quem recomende esse tema para quem pergunta que assunto deve tratar em seu blog.

Um dia desses, vi algo que me deixou ainda mais espantado: alguém contratou uma pessoa para fazer para ela um blog contendo milhares de links para download de filmes.

Esse é um ótimo exemplo de “blog fácil”.

Outro ótimo exemplo de “blog fácil” – que infelizmente está mais comum a cada dia – são blogs criados apenas copiando artigos de outros blogs.

Há inclusive blogs que fazem isso de forma automática, publicando artigos de outros blogs através de seus feeds.

Já falei bastante sobre isso nos artigos Plágio: o que Fazer Contra essa Praga e O que Fazer quando seu Artigo é Copiado.

Por que alguém cria um “blog fácil”?

É difícil entender o que leva alguém a optar por um “blog fácil”.

Claro que é muito cômodo ter um blog assim, mas o que se consegue com ele?

Para tentar entender isso, recorri às respostas dadas à questão “Meus principais interesses com meu blog” na enquete do Google Friend Connect por quem segue o Gerenciando Blog.

Vejam as respostas recebidas:

Compartilhar meu conhecimento
28%
Fazer novos amigos
20%
Ter um novo passatempo
16%
Ganhar dinheiro
13%
Divulgar minha empresa ou negócio
13%
Conseguir notoriedade ou fama
9%

De todas essas possibilidades, a única que se encaixa como possível razão para ter um “blog fácil” é “Ter um novo passatempo”.

As demais nunca serão atendidas com um blog assim. Veja os motivos:





1. Compartilhar meu conhecimento – Quem disponibiliza links ilegais ou publica artigos plagiados não está compartilhando nenhum conhecimento próprio.







2. Fazer novos amigos – Dificilmente alguém fará amigos publicando esse tipo de conteúdo.







3. Ganhar dinheiro – Os programas de afiliados abominam plágio e pirataria e costumam cancelar a conta de quem publica esse tipo de conteúdo. 

Denunciar isso aos programas de afiliados é, inclusive, uma das formas mais eficientes de combate a essas infrações.







4. Divulgar minha empresa ou negócio – Nenhuma empresa que se preze gostaria de ver seu nome associado a plágio ou pirataria.







5. Conseguir notoriedade ou fama – Também duvido que alguém gostaria de ser conhecido como “o maior plagiador da internet”. 

Além disso, há centenas ou milhares de outros sites e blogs que disponibilizarão o mesmo conteúdo para download, então isso não lhe dará nenhuma relevância.

 

Como escapar da tentação de criar um “blog fácil”?

Se você está realmente disposto a iniciar e manter um blog, há diversas opções para você fugir do “blog fácil”.

Dedique-se a criar algo novo, algo que realmente chame a atenção de quem visitar seu blog. Abaixo estão algumas dicas para isso:
 

1. Escreva textos originais – Esta é a primeira dica para qualquer pessoa que queira criar um blog.

O que a blogosfera precisa é de novos textos, novas ideias, novos autores.


Nunca copie artigos de outro blog, nem citando-o como fonte.

Isso não acrescenta nada e você ainda pode ser punido pelo Google.

E se você não citar a fonte, é ainda pior, pois cometerá plágio ao apropriar-se de um texto escrito por outra pessoa.

Quando ler algo e gostar muito, pesquise mais sobre o assunto, gere suas próprias ideias e escreva um texto mostrando tudo isso.

Quer fazer ainda melhor?

Cite o texto original, com um link para ele. É assim que você fará amigos e se tornará conhecido.







2. Em vez de um blog de downloads, crie um blog de “reviews” – Se você gosta muito de filmes ou de experimentar novos programas, faça diferente: crie um blog falando sobre os filmes que você assistiu, divulgando sua opinião sobre ele.

Ou então, crie um blog para falar sobre os softwares que você gosta, com um link para sua produtora.

Se você fizer isso muito bem, se tornará conhecido e poderá inclusive lucrar com isso, seja com programas de afiliados, ou até recebendo materiais de empresas interessadas em divulgar seus produtos.





3. Escreva sobre o que você conhece e gosta – Para que criar um blog copiando artigos sobre Tecnologia quando você não conhece o assunto, mas é especialista em desenhos japoneses, por exemplo?

Você terá um resultado muito melhor e mais prazeroso ao escrever sobre os desenhos, comentando detalhes, fazendo comparações, dando dicas aos leitores.

Os visitantes de um blog percebem quando o autor não conhece o assunto e logo o abandonam.

Do contrário, quando gostam, eles voltam, indicam aos amigos e o ajudam a tornar seu trabalho cada vez mais conhecido.







4. Conscientize-se de que isso é errado – Outro ótimo motivo para não criar um blog copiando outros blogs ou disponibilizando arquivos licenciados para download é o fato disso ser errado.

Considere que você pode perder seu blog e, em casos mais sérios, ser até processado judicialmente.

Você quer correr esse risco?

Conclusão

Minha intenção, com este texto, não é desmotivar quem criou – ou pensava em criar – um “blog fácil”.

Pelo contrário: quero que você perceba que seu blog pode ser mais útil do que parece.

Quando você é um autor que produz artigos originais e de boa qualidade, você ganha reconhecimento – que é o que muitos buscam com um blog.

E você, o que pensa sobre o tema?

Tem uma opinião diferente da minha?

Deixe um comentário!

Toda opinião, seja favorável ou contrária à minha, é sempre bem vinda – desde que haja respeito.

Sobre o autor | Website

Apaixonada por comunicação. Formada em Jornalismo e blogueira por Hobbie. Atual responsável por este e vários outros blogs de Internet Marketing.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

63 Comentários

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.