plágio publicação Camila Fiori

Evite a tentação de escrever um blog fácil

BlogFacil130Criar e gerenciar um blog não é uma tarefa fácil.

Justamente por isso, muitos desistem pelo meio do caminho – ou logo no início dele.

Mas, se você está realmente disposto a entrar neste mundo e se tornar um autor de blog, faça isso da forma correta.

Evite “blogs fáceis”, como aqueles que só postam artigos copiados de outros blogs ou apenas com links para download de filmes e programas.

Lendo este artigo, você entenderá os motivos para evitar e dicas para não tomar o caminho mais fácil.

Introdução

“Blog fácil” – na falta de um termo melhor – é o nome que dei para aquele tipo de blog que não exige muito de seu autor: nem criatividade, nem originalidade, nem conhecimento.

Este é um assunto que me incomoda já há bastante tempo e, por isso mesmo, estava na minha lista de artigos pendentes para o Gerenciando Blog.

É o tipo de artigo que não faz sucesso, que incomoda muita gente, mas que eu precisava escrever.

Este assunto volta à tona sempre que reservo um tempo para responder perguntas no Yahoo! Respostas (a propósito, uma ótima forma de conseguir visitas e visitantes para seu blog).

É muito comum ver por lá dúvidas de quem está com problemas em seu blog de download de filmes – e até mesmo quem recomende esse tema para quem pergunta que assunto deve tratar em seu blog.

Um dia desses, vi algo que me deixou ainda mais espantado: alguém contratou uma pessoa para fazer para ela um blog contendo milhares de links para download de filmes.

Esse é um ótimo exemplo de “blog fácil”.

Outro ótimo exemplo de “blog fácil” – que infelizmente está mais comum a cada dia – são blogs criados apenas copiando artigos de outros blogs.

Há inclusive blogs que fazem isso de forma automática, publicando artigos de outros blogs através de seus feeds.

Já falei bastante sobre isso nos artigos Plágio: o que Fazer Contra essa Praga e O que Fazer quando seu Artigo é Copiado.

Por que alguém cria um “blog fácil”?

É difícil entender o que leva alguém a optar por um “blog fácil”.

Claro que é muito cômodo ter um blog assim, mas o que se consegue com ele?

Para tentar entender isso, recorri às respostas dadas à questão “Meus principais interesses com meu blog” na enquete do Google Friend Connect por quem segue o Gerenciando Blog.

Vejam as respostas recebidas:

Compartilhar meu conhecimento
28%
Fazer novos amigos
20%
Ter um novo passatempo
16%
Ganhar dinheiro
13%
Divulgar minha empresa ou negócio
13%
Conseguir notoriedade ou fama
9%

De todas essas possibilidades, a única que se encaixa como possível razão para ter um “blog fácil” é “Ter um novo passatempo”.

As demais nunca serão atendidas com um blog assim. Veja os motivos:





1. Compartilhar meu conhecimento – Quem disponibiliza links ilegais ou publica artigos plagiados não está compartilhando nenhum conhecimento próprio.







2. Fazer novos amigos – Dificilmente alguém fará amigos publicando esse tipo de conteúdo.







3. Ganhar dinheiro – Os programas de afiliados abominam plágio e pirataria e costumam cancelar a conta de quem publica esse tipo de conteúdo. 

Denunciar isso aos programas de afiliados é, inclusive, uma das formas mais eficientes de combate a essas infrações.







4. Divulgar minha empresa ou negócio – Nenhuma empresa que se preze gostaria de ver seu nome associado a plágio ou pirataria.







5. Conseguir notoriedade ou fama – Também duvido que alguém gostaria de ser conhecido como “o maior plagiador da internet”. 

Além disso, há centenas ou milhares de outros sites e blogs que disponibilizarão o mesmo conteúdo para download, então isso não lhe dará nenhuma relevância.

 

Como escapar da tentação de criar um “blog fácil”?

Se você está realmente disposto a iniciar e manter um blog, há diversas opções para você fugir do “blog fácil”.

Dedique-se a criar algo novo, algo que realmente chame a atenção de quem visitar seu blog. Abaixo estão algumas dicas para isso:
 

1. Escreva textos originais – Esta é a primeira dica para qualquer pessoa que queira criar um blog.

O que a blogosfera precisa é de novos textos, novas ideias, novos autores.


Nunca copie artigos de outro blog, nem citando-o como fonte.

Isso não acrescenta nada e você ainda pode ser punido pelo Google.

E se você não citar a fonte, é ainda pior, pois cometerá plágio ao apropriar-se de um texto escrito por outra pessoa.

Quando ler algo e gostar muito, pesquise mais sobre o assunto, gere suas próprias ideias e escreva um texto mostrando tudo isso.

Quer fazer ainda melhor?

Cite o texto original, com um link para ele. É assim que você fará amigos e se tornará conhecido.







2. Em vez de um blog de downloads, crie um blog de “reviews” – Se você gosta muito de filmes ou de experimentar novos programas, faça diferente: crie um blog falando sobre os filmes que você assistiu, divulgando sua opinião sobre ele.

Ou então, crie um blog para falar sobre os softwares que você gosta, com um link para sua produtora.

Se você fizer isso muito bem, se tornará conhecido e poderá inclusive lucrar com isso, seja com programas de afiliados, ou até recebendo materiais de empresas interessadas em divulgar seus produtos.





3. Escreva sobre o que você conhece e gosta – Para que criar um blog copiando artigos sobre Tecnologia quando você não conhece o assunto, mas é especialista em desenhos japoneses, por exemplo?

Você terá um resultado muito melhor e mais prazeroso ao escrever sobre os desenhos, comentando detalhes, fazendo comparações, dando dicas aos leitores.

Os visitantes de um blog percebem quando o autor não conhece o assunto e logo o abandonam.

Do contrário, quando gostam, eles voltam, indicam aos amigos e o ajudam a tornar seu trabalho cada vez mais conhecido.







4. Conscientize-se de que isso é errado – Outro ótimo motivo para não criar um blog copiando outros blogs ou disponibilizando arquivos licenciados para download é o fato disso ser errado.

Considere que você pode perder seu blog e, em casos mais sérios, ser até processado judicialmente.

Você quer correr esse risco?

Conclusão

Minha intenção, com este texto, não é desmotivar quem criou – ou pensava em criar – um “blog fácil”.

Pelo contrário: quero que você perceba que seu blog pode ser mais útil do que parece.

Quando você é um autor que produz artigos originais e de boa qualidade, você ganha reconhecimento – que é o que muitos buscam com um blog.

E você, o que pensa sobre o tema?

Tem uma opinião diferente da minha?

Deixe um comentário!

Toda opinião, seja favorável ou contrária à minha, é sempre bem vinda – desde que haja respeito.

Sobre o autor | Website

Apaixonada por comunicação. Formada em Jornalismo e blogueira por Hobbie. Atual responsável por este e vários outros blogs de Internet Marketing.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

63 Comentários

  1. Betto Coutinho disse:

    Olá, Adelson, penso da mesma maneira.
    Tenho um blog sobre desenho com dicas etc.
    ( disponibilizo material pra download lá, a maioria de livros que estão fora de catálogo mas que achei na net, interessante é que esses livros para download nunca estão entre os mais visitados nem da semana, nem do mês mas sim as minhas postagens próprias sobre dicas e macetes ) Já tive postagens minhas copiadas na e o 'copiador' nem me creditou ( licenciei tudo na creative commons ) e o Google , depois que denunciei, deletou as postagens.
    Mas confesso que tem hora que eu desanimo – colocar postagens novas e próprias é bem trabalhoso mesmo e tem hora que cansa. Mas compensa e estou vendo como posso ganhar dinheiro com ele , já que se tornou bem visitado ( tmb sou usuário do YR e muitas visitas que recebo vem de lá ).
    Obrigado pelo blog e pelas dicas excelentes que vc posta, aprendo muito.
    Abrçs

  2. Everton Vidal disse:

    Parabéns pelo artigo Adelson.
    Realmente este é um tema que incomoda muita gente.
    Um outro exemplo de blog fácil que não foi citado é um que esta muito em moda ultimamente blog de "Tirinhas Meme".
    Eu também tenho um blog sobre isso e confesso que quando comecei, eu me inclui nesta lista.
    Até eu me conscientizar que era realmente errado e uma falta de respeito com quem cria seus próprios artigos.
    Hoje em dia eu mesmo crio minhas postagens, vejo o quanto é compensador porque a partir de então as minhas visitas tem aumentado. Leitores gostam mesmo de originalidade, não de cópias.
    Espero que muitos da blogsfera também se conscientizem disso … hoje em dia há muitas pessoas querendo obter sucesso em cima do trabalho duro de outros, mas o que eles não percebem é que o leitor nota isso.

  3. =) disse:

    Achei uma proposta legal tratar deste assunto. Tenho um amigo que gosta muito de filmes e faz reviews deles e o blog dele já tem até certa fama. Aliás, um não, dois. O meu é mais uma plataforma para eu projetar meus trabalhos artísticos e em design. Bom treinar mais o cérebro e criar um passatempo produtivo.

  4. Thayna Ranage disse:

    Bom dia!
    Adorei o seu post, sempre pesquiso no assunto e depois conto com minhas palavras, tambem gostei da dica , que posso colocar um lik direto para o site que pesquisei o assunto…

    bjos
    thayna

  5. Reginaldo Paiva disse:

    Mais um bom artigo Adelson,Parabéns!

    O Plágio é comum e fácil de ver em minha área de atuação Tecnologia,mas como já falamos no Artigo Os Desafios para manter um Blog de Tecnologia,o que diferência um Blog do outro é toque pessoal do autor,meu Blog não possui muitos artigos e dicas,mas as que publico,cito a fonte ou testo os aplicativos.

    Abraços

  6. Pinho - Desbaratinando disse:

    Legal seu texto, sempre pensei que é muito fácil manter um blog assim.

    Meu blog, desbaratinando.com, não foge muito do que fora antes dito por você.
    80% dos meus posts são republicações, artigos de qualidade, em grande parte matérias escritas em sites estrangeiros, que dificilmente chegariam até o publico que acessa meu blog.

    Acho isso um tanto importante, não imagino que isso denigra os sites produtores, eu por exemplo fico bem feliz, quando vejo meus posts, que eu criei, em outros blogs, devidamente linkados.

    Mas gostei do texto, ótima matéria ^^

  7. Bruno da Moura disse:

    Parabéns pelo artigo… Falou e disse

  8. Marcia Gullo disse:

    O que dizer então desses blogs de moda e decoração que só fazem postar imagens legais e ainda assim conseguem uma legiao de fã e seguidores….????? Já desisti de ter sucesso com o meu blog. Agora só uso por diversão.
    Mas suas dicas são muitos boas, como sempre.
    Abraço,

    Marcia GUllo
    http://blogdagullo.blogspot.com/

  9. Renato França disse:

    O que desmotiva muitas pessoas que tem um blog e que postam conteúdo original é ver que um "blog fácil" faz muito mais sucesso do que o seu. Por isso a quantidade enorme de blogs abandonados por aí.

    Não estou querende desmotivar ninguém, mas essa é a dura realidade de muitas pessoas. Eu por exemplo demoro no mínimo 30 min para escrever um artigo e não recebo 1% da quantidade de visitas de blogs que simplesmente copiam de outros e postam no seu (sem nem ao menos citar a fonte).

    Parabéns pelo ótimo artigo.

  10. Fabiano Roberto disse:

    parece que cada vez mais vale a lei do minimo esforço

    essa questão do blog facil é muito parecida com as pessoas que perguntam qual o melhor tema para criar um blog, quando deveriam pensar sobre o que elas mesmas sabem ou qual assunto elas gostam e teriam vontade para se dedicar

  11. Lucaimura disse:

    Fantástico post!! Acredito que tenha sido difícil abordares este tema porque, tal como tu dizes e muito bem, não é um assunto fácil e gera conflitos de opinião.
    É muito frustrante trabalhares num artigo, tendo o cuidado de ser original e inovador, para receberes meia dúzia de comentários e visitas. Ao mesmo tempo vês blogs e sites que só fazem plágio (muitas vezes de artigos muito maus de boatos ou de mulheres em poses anti-naturais) e no entanto têm milhares de visitas.
    O pior é que muitos sites de partilha de links, como por exemplo o Ueba, Ocioso e outros do género, promovem este tipo de situações.
    Hoje em dia ter um blog é não só um acto de coragem como de muita (im)paciência para com os plagiadores… será que somos uma espécie em vias de extinção??

    Um abraço.

  12. Fernando G. R. disse:

    Excelente post, tenho um blog cujo conteúdo é bem diversificado, digamos que 50% são republicações (devidamente creditadas), 25% são de minha autoria e o restante são de colaboradores estrangeiros. Porém tenho um diferencial: os comentários viscerais que faço, ou seja, após um post, sempre comento e/ou testo algo e assim, sem hipocrisia, o "barco" ainda está navegando. Aplaudo você, Adelson Smania, por sua coragem e atitude de expor um tema que para muitos é polêmica pura. Parabéns.

  13. Adelson Smania disse:

    @Betto: Normalmente, o que traz mais visitas ao blog são realmente os artigos originais, justamente porque eles tendem a estar maus bem posicionados no Google. E que bom ver outro blog beneficiado pelo Yahoo! Respostas. Para mim, é muito útil.

    @Everton: Esqueci de citar os blogs de tirinhas! Realmente, estão cada vez mais comuns. Fico feliz em ver como você mudou sua atitude! Seria ótimo se todos tomassem essa mesma decisão.

    @=) O importante é que os artigos sejam originais – seja qual for o tema tratado. Há espaço para todos na blogosfera, desde que haja respeito entre os autores.

    @Thayna: O que você faz é a melhor solução: assim, seus artigos são únicos e você ainda beneficia o autor do artigo original. Parabéns!

    @Reginaldo: Você abordou bem essa dificuldade em seu guest post. Com certeza é muito melhor ter poucos artigos – mas originais – do que muitos artigos copiados de outras fontes.

    @Bruno: Obrigado pelo elogio!

    @Marcia: Não desista de ter sucesso com seu blog! E o sucesso é uma definição pessoal: você não precisa ser o mais visitado. O sucesso vem da satisfação que você sente com seu trabalho – mesmo que ele não tenha tantas visitas.

    @Renato: Concordo com você. Vejo mesmo que muitos "blogs fáceis" recebem uma quantidade enorme de visitas, sem precisar de muito esforço. O importante é não nos desmotivarmos frente a isso e continuarmos nos esforçando para sermos originais e deixarmos nossa marca.

    @Fabiano: Seu ponto de vista é perfeito. É exatamente assim que respondo a quem me pergunta qual tema deve tratar em seu blog. É algo que só o próprio autor pode responder, e não outras pessoas.

    @Luca: Sim, há ocasiões em que é mesmo frustrante ter tanto trabalho e ver outros blogs tendo melhor resultado com menor esforço. Quanto aos agregadores, alguns até se esforçam em não publicar artigos copiados, mas vejo que muitos artigos fogem a essa regra. Uma pena.

    @Fernando: O perigo das republicações é que, mesmo creditadas, elas podem infringir direitos autorais se não tiverem sido autorizadas pelo autor. Por isso, o melhor caminho é mesmo a publicação de artigos originais.

    Abraço a todos vocês e obrigado por compartilharem suas opiniões sobre o assunto!

  14. JANE MEDEIROS disse:

    Esse post resume a revolta de todo mundo que fica horas pra idealizar um post e quando visita outros blogs vê seu texto lá, na íntegra sem nenhuma citação ao seu blog! Sempre que copio algo cito a fonte e gosto de avisar o autor,E coloco um link, pra pessoa visitar o blog citado. Espero que abra a mente de muita gente. Vou linkar esse post no meu blog, para visitarem você.(mas o Gerenciando já está na lista de blogs que indico)

  15. Adelson Smania disse:

    @Jane: É uma sensação péssima ver nossos artigos sendo copiados sem autorização. É uma pena que ainda haja tanta gente que mantenha blogs usando esse artifício. Obrigado pela citação do artigo em seu blog!

    @Tynn: Muito bem lembrado. Blogs originais e onde há realmente dedicação do autor tendem a ser lembrados por mais tempo!

    Abraço a vocês e obrigado pela visita!

  16. Andréia disse:

    Olha, realmente é muito desagradável quando nos deparamos com nossos artigos copiados e sem nenhuma referência ao autor original.No meu caso, até os Gifs e imagens que fiz foram copiados. Gente, o gif era o nome do blog! Alguém copiou e colou a imagem em seu blog, cujo nome não tem absolutamente nada a ver… tem muita gente cara de pau por aí. Acabei deixando pra lá, pq agora eu mudei o logotipo.
    Infelizmente, temos que lidar com o amadorismo também na net.
    O que nos consola é que os plagiadores não tem condições de produzir os artigos que produzimos e, se não começarem a produzir bons artigos a tendência é o fracasso. A menos que continuem furtando artigos alheios, o que também não é difícil…
    Mas nunca é tarde para mudar, a oportunidade de fazer um blog legal e original está disponível a todos que quiserem.
    Excelente artigo, Adelson. É preciso falar as verdades, pois como podemos ver, inclusive através dos comentários aqui, todo blogueiro que se propões a investir em um projeto original se depara com esse tipo de problema.

  17. Edvan Filho disse:

    A mais pura verdade. Outra coisa muito errada é falar só o que os outros querem saber. É muito melhor falar do que você gosta e sabe.

  18. Adelson Smania disse:

    @Andréia: O plágio é sempre uma situação desagradável! Já passei por isso muitas vezes e sempre procuro os meios necessários para remover o plágio do ar. Algumas vezes, o próprio infrator remove o artigo e pede desculpas. Outras, somente denunciando ao Google – o que também é eficiente.

    @Edvan: Tem razão, Edvan! O melhor é escrever sobre aquilo que conhecemos (ou que queremos pesquisar e aprender). Isso é o que faz um blog ter sucesso!

    Abraço a vocês e obrigado pela visita!

  19. Lindomar disse:

    Show de bola o que voce falou !! é a mais pura verdade.Sou iniciante no blog , entao fico navegando tentando aprofundar no mundo dos blogueiros.Pelo menos se for compartilhar o artigo ou o que seja de outro site/blog , de os devidos créditos a quem mereça, um pouco de dignidade e caráter nao faz mal a ninguem.
    Parabéns pelo artigo,ficou sensacional.

  20. Adelson Smania disse:

    Olá, Lindomar!

    Obrigado pelos elogios! Fico feliz que tenha gostado. Um ponto importante que cito no texto é só republicar artigos de outros sites se tiver autorização do autor. Mesmo dando os créditos, você ainda pode infringir direitos autorais caso o autor não permite a cópia.

    Um abraço!

  21. Ana Karolina disse:

    olá, gostei muito desse post.
    é o que a gente mais vê atualmente.
    eu tenho blog desde 2009 mas sempre apagava pq eu ficava desmotivada com oq eu via.
    por exemplo, blog de esmalte. Certo que tem alguns originais, mais se vc ler um, parece que já leu todos! oq muda é o template, o autor e o nome do blog.
    sempre com aquele linguajar miguxo que vc percebe que nao é espontaneo.
    Porem eu estou com um projeto de blog diferente desses. vou dar minha opinião e nao oq os outros querem ouvir. E esse teu post me ajudou mais ainda. Obga!

  22. Mariza disse:

    Puxa! Eu quero um blog prá vender meus artesanatos…
    Como são coisas que eu faço, não seria um "blog fácil" mas não estou conseguindo direcionar para vendas.Acabo desistindo.Preciso muito de ajuda.

    Obrigada
    Marisa

  23. Filipe Moreira disse:

    Olá! Parabéns pelo ótimo conteúdo!

    Felizmente, blogs com conteúdos "fáceis" não duram muito, e rapidamente seus autores também se desestimulam deles, e eles acabam por sumir.

    É difícil mesmo compreender que ainda há quem pense que blogs são minas de dinheiro, e que basta por meia dúzia de artigos baratos, e afogar a página em Adsense, e estarão tranquilos.

    Fico contente por tudo de valor na vida ser difícil, pois assim apenas aqueles que de fato querem manifestar algum valor possuem sucesso. E o melhor, estes acabam por ajudar os outros.

    Abraços!

  24. Adriano Luz disse:

    @Ana Karolina: O mais importante é ser original. Quando alguém cria um blog igual a outros que já existem, é difícil convencer as pessoas a visitá-lo. Fico feliz que o artigo a tenha ajudado!

    @Mariza: É possível você criar um blog para expor o seu trabalho e até vender seus produtos online. Neste caso, é importante que o seu visual e conteúdo atraiam os leitores e consigam mostrar a qualidade do seu trabalho. O mais importante é persistir e não desistir facilmente.

    @Filipe: Você tem razão em sua visão: damos mais valor quando as coisas são mais difíceis. Há casos de "blogs fáceis" que fazem sucesso, mas isso é raro de ocorrer.

    Abraço a vocês e obrigado pela visita!

  25. DaNi Maia disse:

    Gostei muito do texto.Quando comecei meu blog, fiz por modinha e copiava e colava de outros.Já teve dias de eu ter 100 acessos em um dia.Hoje resolvi ser mais original, porém sem diferencial.Transformei o meu nu hobbie, onde posto fotos que tiro, descrevo a foto de forma criativa, as vezes so descrevo onde tirei.Não ligo mais se tem comentários ou muitos acessos.Hoje estou mais contente com ele.Ainda tem uns dois ou tes textos famosos, que em breve será removido.Aco que o se não vamos fazer um blog para ensinar algo a alguém, ou fazer as pessoas conversarem ou discurem sobre o que foi escrito, então é melhor usar ele como um diário ou album de fotos.É uma forma original de passa tempo.

  26. Adriano Luz disse:

    Olá, Dani!

    Escrevendo textos interessantes e originais, você conseguirá ultrapassar facilmente a marca das 100 visitas por dia. Além disso, sua satisfação pessoal será muito maior, por seu mérito exclusivo seu.

    Um abraço e seja sempre bem vinda!

  27. Rodrigo Silva disse:

    Ótimo post Adelson;

    Temos que usar a criatividade e principalmente falar sobre assuntos que gostamos e conhecemos, eu criei um blog a menos de um mês e no momento não me importo com quantidade de pessoas acessando ele, quero escrever artigos de qualidade e merecer acessos por isso.

    Grande Abraço.

  28. Giovana Sousa disse:

    Muito legal mesmo! EU nunca copiei coisas de outros blogs, textos originais, só algumas imagens que tirei do geral e contatei o dono, do mesmo jeito foi boa a conhecitização!!!!!

  29. Adriano Luz disse:

    @Rodrigo: Seu pensamento está correto: se você continuar escrevendo artigos originais, terá muito mais chances deter sucesso concreto e duradouro. Basta continuar se dedicando ao seu blog!

    @Giovana: Faz muito bem! São os artigos originais que fazem toda a diferença em um blog. É isso que atrai e fideliza os visitantes.

    Abraço a vocês e obrigado pela visita!

  30. Luiz Carlos disse:

    Olá Adelson, gostei muito da matéria, descreveu pontos q eu não havia notado. Criei um blog sobre nossa família onde publicamos fotos, cartas e músicas que fizeram parte de nossa história e também acontecimentos atuais, festas, formaturas, nascimentos, viagens etc. É um blog fechado apenas para os parentes. O blog contribuiu para nos aproximar, e uma vez por ano reunimos todos para uma confraternização.

  31. Adriano Luz disse:

    Olá, Luiz!

    O seu é um ótimo exemplo de blog útil! Mesmo sendo fechado, ele exige dedicação e cumpre bem o seu objetivo.

    Um abraço e seja sempre bem vindo!

  32. Anderson Santos disse:

    Parabéns pelo artigo. Realmente não é fácil manter um blog "original", mas é notório que o reconhecimento só poderá vir dessa forma. Tenho um blog sobre atividade física e recentemente fui convidado para escrever para uma revista masculina. Volta e meia leio suas postagens, só tenho a agradecer. Abraço

  33. Adriano Luz disse:

    Olá, Anderson!

    Parabéns por sua conquista! Isso só é alcançado com artigos originais e de qualidade. É mais uma prova de que o esforço vale a pena.

    Um abraço!

  34. Kevin disse:

    Quando eu comecei com esse negócios de blogs, eu não sabia praticamente nada, mas com o tempo fui aprendendo. Hoje sei bastante coisa, e não canso de aprender mais para melhorar o meu blog. No começo até pensei em desistir kkkk. O meu blog não tem a intenção de ganhar dinheiro, ganhar fama ou outras coisas assim. eu fiz meu blog para informar as pessoas de uma das coisas que eu mais gosto, séries e filmes. Simplesmente diversão!
    Parabéns ao blog Adelson continue assim!

  35. Adriano Luz disse:

    Olá, Kevin!

    Por mais experiência que tenhamos, sempre iremos aprender coisas novas!

    E, independente do objetivo do blog, é importante sempre termos em mente duas palavras: originalidade e qualidade. Isso sempre nos levará ao sucesso.

    Um abraço e seja sempre bem vindo!

  36. Renata Fraia disse:

    Adelson,

    Quando você diz que não é bom que publiquem nossos posts através de nossos feeds fiquei incomodada. Por exemplo, você acha que não é bom ter conta no DiHitt ou no Paperblog (o post inteiro vai para lá) por exemplo? Estes lugares eu me cadastrei e os posts vão parar lá automaticamente, via feeds. Acha que devo cancelar essas contas?

    Abraços

  37. Adriano Luz disse:

    Olá, Renata!

    Essa questão é delicada. O fato do artigo estar duplicado pode ser considerado negativo pelo Google e isso influenciar em seus resultados. Mas, é impossível afirmar com certeza que isso está ocorrendo.

    Particularmente, opto por nunca divulgar o artigo completo em outros serviços. No diHITT, por exemplo, eu faço a divulgação manual de cada artigo que escrevo aqui, apenas com o link para ler o artigo completo.

    Um abraço!

  38. Tiago disse:

    De uma forma ou de outra, os textos sempre ficam parecidos, nem venham com essa de que dá pra evitar pois fica sim, por mais que você pesquise em inúmeros sites diferentes e depois coloque o que você aprendeu em prática, de uma forma ou de outra irá ficar semelhante ao que você leu. Essa de pesquisar super a fundo tudo que você lê e gostaria de publicar no seu blog não passam de pessoas neuróticas pois você pode visitar apenas um site e recriar com suas palavras o mesmo texto. Existem ferramentas do próprio blogger que sugerem que você publique tal conteúdo contendo link direto para o site em seu blog. Você fala de uma forma como se qualquer coisa que seja copiada de qualquer forma que seja é sinônimo de plágio e não é bem assim. Alguns sites deveriam agradecer por existirem sites assim que aumentam seu tráfego ao postar links diretos para eles. Nem tudo se pode generalizar. Daqui a pouco se você compartilhar um artigo numa rede social, por exemplo, você será plagiador. Me poupe. Alguns são neuróticos com isso também.

  39. Tiago disse:

    Agora se eu pegar uma imagem através de uma busca na internet e colar no meu blog seria plágio? Hellooo! Se eu procurar uma imagem no google, o google tem TODOS OS DIREITOS de veiculação daquela imagem e eu não tenho necessidade de colocar fonte pois a pessoa que publicou tal imagem na internet está ciente que inúmeras pessoas poderiam ver e copiar. Hellooo! Que exagero! Imagina, todo mundo seria processado por compartilhar coisas no Facebook de pessoas que você nunca viu na vida e que não foi você quem criou. Vocês exageram muito neste ponto, para toda regra existe uma excessão.

  40. Adriano Luz disse:

    Olá, Tiago!

    Respeito sua opinião, embora discorde dela. Há muita diferença entre citar (incluindo o compartilhamento em redes sociais) e copiar um artigo completo. Quem copia um artigo completo sem autorização não colabora em nada com o autor. Pelo contrário: isso dilui as visitas que o artigo original recebe.

    Não se trata de exagero, nem opinião minha: a lei 9.610 trata os direitos autorais e cita a cópia não autorizada como infração desses direitos. Quem faz isso está sujeito a sanções como a remoção dos artigos no ar e até mesmo a sofrer processos judiciais.

    O mesmo se aplica às imagens: os direitos sobre as imagens pertencem ao seu autor, não ao Google. O próprio Google incentive que você denuncie quem violou esses direitos, para que os resultados sejam removidos das buscas.

    Um abraço!

  41. Sanderson Loureiro disse:

    Ola Adelson,

    Parabéns pelo seu blog, saiba que uso ele como tutorial para estar sempre aprimorando e melhorando o meu Blog.

    A respeito deste seu artigo, eu concordo que um Blog tem que ser feito/escrito por pessoas que tenham comprometimento e que realmente saibam o que estão fazendo.

    Se você puder, visite meu blog, diga o que você acha dele.

    Sds,

  42. Adriano Luz disse:

    Olá, Sanderson!

    Obrigado pelos elogios!

    Realmente, o blog exige comprometimento. Por isso, ele não pode ser produzido apenas com textos tirados de outros sites/blogs.

    Um abraço!

  43. Ana I. J. Mercury disse:

    Adorei o post e as dicas!
    Parabéns o blog tá d+

  44. Juliana disse:

    Ótima abordagem, tenho um blog de gastronomia, onde, entre outras coisas, posto receitas e fotos dos pratos que faço… É um prato cheio para blogueiros preguiçosos e plagiadores. Os blogs fáceis deste tema estão se propagando, mas sinto que os leitores não incentivam, pois eles são exigentes e curtem aquela "intimidade" que criam com o dono do blog. Eles percebem quando um blog não tem "alma", mas ainda assim é chato encontrar blogs desse tipo.

    • Adriano Luz disse:

      Olá, Juliana!

      Imagino mesmo sua situação! Infelizmente, ainda há muitos que não se preocupam em criar conteúdo original e criam blogs com base em conteúdo copiado. Como eu disse no texto, não vejo razão para um blog assim existir.

      Mas, não podemos desistir por causa deles. Como você disse, eles nunca serão como o blog original.

      Um abraço e obrigado pela visita!

  45. Paulo Carvalho disse:

    Achei muito bacana o conteúdo só acho que o mais importante de tudo é que o blog tem que ser útil. Informações postadas por postar é desperdício de tempo. Novamente parabéns pelo post.

    • Adriano Luz disse:

      Olá, Paulo!

      Realmente, o blog deve ser útil para as pessoas que o visitam. Isso é essencial para atrair e fidelizar visitantes.

      Um abraço!

  46. Valéria disse:

    Oi Adelson!
    É muito importante tudo que você escreveu, mas infelizmente na prática vemos coisas que desmotivam um pouco. No meu blog 90% do que está lá foi escrito por mim, posto uma ou outra frase, poesia, ou video do youtube que não são meus, dou os devidos créditos, mas vejo que muitos blogs colocam frases, textos de outros autores o tempo todo e têm não sei quantos comentários, são o maior sucesso. Como pode isso! Nem são textos assim de autores tããão famosos.rss
    Não me desmotivo totalmente porque meu blog vem crescendo, embora tenha percebido uma queda nos comentários, me pergunto o porquê, mas…
    Abração!

    • Adriano Luz disse:

      Olá, Valéria!

      Sim, há casos de blogs que sobrevivem apenas republicando artigos de outros blogs e se dão bem. Mas, acredite: 99% dos blogs assim não têm a menor relevância e logo serão esquecidos e abandonados.

      Por isso, eu insisto que vale a pena trabalhar duro para ter um blog original e de qualidade. Pode demorar, mas o reconhecimento virá.

      Um abraço e sucesso para você!

  47. Radar Adjuvent-RG disse:

    Olá Adelson.

    Então venho acompanhando o GERENCIANDO BLOGS a algum tempo e vejo que este me foi muito útil para gerenciar meu blogger, o RADAR ADJUVENT, e hoje faz exatamente 2 meses em que ele está no ar, me considero um amador perto de muitos, e leigo no quesito gerenciar blogger, faço o que posso pra torna lo cada dia melhor. Adelson gostaria muito que você me indicasse alguns cursos para que eu possa aprimorar esse conhecimento em Blogger, não sei se um curso de WEB DESIGN ajudaria, mas gostaria muito de me aprofundar nesse mundo "viciante".
    Agradeço a atenção e se poder dar uma passada no meu blogger ficarei grato, e estou aberto a criticas.

    http://ministerioadjuvent.blogspot.com.br/

    Um grande abraço, que DEUS o abençoe.

    • Adriano Luz disse:

      Olá!

      Uma ótima forma (e grátis!) para você começar é justamente lendo os artigos que são publicados aqui no Gerenciando Blog. Faço sempre o possível para mostrar dicas úteis para quem tem um blog.

      Se você quer se aprofundar mais em códigos para poder customizar e fazer melhorias em seu blog, um curso de Web Design pode ajudar. O importante, neste caso, é você aprender os conceitos de HTML e CSS, muito utilizados em qualquer blog. Caso você queira investir um pequeno valor, há um curso online sobre o tema que pode ser acessado nos Cursos 24 Horas.

      Um abraço!

  48. Toscucha disse:

    Olá Adelson muito bom este blog tem me ajudado muito no meu, mas fiquei triste com esse artigo porque tenho um " Blog fácil ". No meu caso é pra passar o tempo mesmo. Tenho filhos crescidos e casados e muiiiiiito tempo livre mesmo trabalhando fora. Tenho este blog desde 2009 (acho) e no começo era para desabafo e escrevia sobre coisas minhas, mas foi uma época meio deprê e terminei apagando tudo. Agora me divirto com ele criando abas e coisas assim e posto coisas bacanas que gosto e encontro na internet, blogs ou não. Sempre dando o nome dos autores, claro, não sou muito criativa. Estou só começando mas agora acho que vou parar. Que pena era divertido, mas não pensei que pudesse chatear alguém. Achei até que estivesse divulgando o trabalho de outras pessoas. Uma pergunta postar textos de autores famosos ou filósofos por ex, também é plágio?

  49. Henrique Araújo disse:

    Muito bom, já tenho quase 1 ano e meio na blogosfera e venho aprendendo muito com vc, parabéns e obrigado pelas dicas. Eu estava precisando ler isso!

    • Adriano Luz disse:

      Olá, Henrique!

      Fico feliz em saber que as orientações foram úteis para você! Espero que isso o tenha ajudado na evolução do seu trabalho.

      Um abraço!

  50. Nair Alves Verlindo disse:

    Olá Adelson!!!
    Hoje procurando ajuda para iniciante te encontrei e confesso que tenho gostado muito de ler seu artigos.
    Abri um blog a algum tempo para postar meu livro, uma autobiografia onde conto da minha vida, não tive muito sucesso, pois sou muito leiga no assunto, hoje procuro cursos sobre como mexer em meu blog.
    Mas não gostaria de ser explorada, por este motivo fico muito insegura e decidir qual seria o melhor curso, sou esteticista, e devido ha uma fase ruim entrei em depressão e não consigo mais escrever, se vc puder me dar alguma dica eu adoraria.
    Grata: Nair

    • Adriano Luz disse:

      Olá, Nair!

      No início, você pode contar apenas com artigos de blogs, como o Gerenciando e outros, para ter dicas sobre como trabalhar com o seu blog.

      Um curso pago costuma ser mais recomendado se você desejar ter objetivos maiores para seu blog, como fazer dele uma fonte de renda, por exemplo.

      Um abraço e seja sempre bem vinda!

  51. MARIANGELA BARRETO disse:

    Oi Adelson,

    otimo post, parabéns! tenho tres blogs, um deles é o que vc chama de blog fácil foi o que comecei em 2009, o conteudo é de artigos misticos,filosoficos e espiritualistas onde sempre acrescento junto ao titulo o nome do autor, e no final a fonte e link…O interessante é que é este blog que tem maior numero de seguidores e comentários.
    No meu blog 2, iniciei com postagens de videos e textos espiritualistas voltadas para terapias, mudei o rumo e agora somente posto os artigos que escrevo e incluo videos que eu mesma faço e transfiro do meu canal de youtube, seguidores deste blog minimo do minimo do minimo 4, e comentarios zero. O terceiro blog é exclusivamente de minhas poesias,ensaios, seguidores zero, comentarios zero….

    Gostaria de ter maior visibilidade com os meus blogs dos meus trabalhos originais, mas sei que é lento o processo, o importante é que resolvi manter a diretriz de escrever meus proprios artigos, independente das visualizações. Ainda posto algo no blog fácil quando encontro algum artigo incrivel que compartilho com todas as referencias, já quase exclui este blog, mas olho os seguidores fiéis, que sempre agradecem o conforto de certas mensagens. E o mais interessante Adelson que já tive contato de autor me agradecendo por eu difundir suas mensagens, por isso ainda não exclui o bf..
    Concordo com vc sobre a questão do plagio, já tive artigos completamente plagiados e autoria modificada como se fosse do plagiador, fiquei e fico furiosa, mas já me conformei em pensar que caiu na internet já era… gostaria de saber fazer aquele recurso que impede fazer copia/colagem, pesquisei mas não descobri, mas preciso "defender" meus trabalhos…
    parabéns mais uma vez pela qualidade do conteudo do seu blog..
    grande abraço
    Mariangela Barreto

    • Adriano Luz disse:

      Olá, Mariangela!

      Sua história é bastante interessante! Vejo que você toma todos os cuidados necessários, citando o autor original. Isso já faz com que seu trabalho seja diferenciado.

      Se dessa forma o seu blog agrada aos leitores e atrai visitantes, não vejo motivo para não continuar com ele.

      Também é interessante o fato de você ter um blog de artigos originais seus, onde pode expressar sua própria opinião.

      E o que você procura pode ser encontrado no artigo http://www.elainegaspareto.com/2013/05/aprenda-bloquear-o-blog-contra-copias.html, escrito pela Elaine Gaspareto.

      Um abraço!

  52. Ozymandias Realista disse:

    Eu tenho um blog ao qual eu me prontifico a escrever análises, ou comentários sobre quadrinhos, filmes, documentários e até mesmo xadrez. No começo eu só fazia Reviews (eu e alguns que participam), mas agora eu resolvi colocar downloads, porém tudo que tem fonte que eu coloco para download (seja uma HQ ou filme) eu deixo a fonte do autor, na verdade, muitos blogs que eu peguei material para download hoje em dia eu tenho como parceiro. Acredito que quando se é colecionador como eu, principalmente de HQ, ter scans é um estimulo a mais para comprar impresso. Tenho mais de 80 GB de HQs no PC, mesmo assim todo mês gasto entre 100 a 200 e pouco por mês comprando encadernados e mensais. É nisso que eu acredito. Não copio textos, no máximo, faço citações, sendo contos, ou mesmo frases de filósofos, políticos, grandes atores e por ai vai.

    Força e honra.

  53. Dicas de jogos 157 Net disse:

    Olá Adelson tenho um site de assistir filmes online e gostaria de saber como faço para disponibilizar varios players para escolher em qual assistir o filme

    exemplo: drop video,Vidiz,Vidig,Cloudzzila,videoPw etc…

    Acredito que tenha que criar um gadget de Box ou algo parecido alguem pode me ajudar?

    Igual o da Imagem abaixo …

    https://s.yimg.com/hd/answers/i/6a38d4450c6e4a90946eef2b67d2633e_A.jpeg?a=answers&mr=0&x=1439567991&s=aa7979e87bc9270ef45bec8b737ac663

    Obrigado !

    Assistam filmes lá:

    http://assistirfilmesonlinebrnet.blogspot.com.br

  54. Gustavo W disse:

    Olá Adelson, gostei muito deste tipo de abordagem sobre o plágio. Sempre que vou falar de um assunto no meu blog pesquiso quem foi mais relevante, isto se eu for falar da mesma coisa, e coloco alguma imagem no meu blog para que os leitores saibam da onde tirei parte de tudo o que publiquei.
    Mas agora, estou ainda no início, uso boa parte das técnicas de SEO e mesmo assim, apesar de artigos originais, não tenho muitas visitas.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.