guest post performance WordPress Camila Fiori

Melhore o desempenho do seu blog WordPress

VelocidadeWP130Neste “guest post”, Rodrigo Silva, do interessante blog Me Ajuda, escreve algumas dicas simples e importantes para melhorar o desempenho de blogs na plataforma WordPress.

Ter boa velocidade de carregamento é essencial para garantir uma experiência agradável aos usuários e tem influência inclusive no posicionamento nos resultados do Google.

Rodrigo tem 25 anos e é estudante do curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas.

No blog Me Ajuda ele escreve sobre SEO, criação de sites e informática em geral.

Introdução

Um blog bem estruturado tem como um dos pontos principais a velocidade de carregamento, que ajuda na otimização (SEO) e também agrada aos leitores.

Quem utiliza a plataforma WordPress percebe que, à medida em que o tempo passa, essa velocidade começa a diminuir devido a vários fatores.

 Neste artigo vou apresentar dicas simples para implementar em seu blog e que trarão bons resultados para melhorar o desempenho.

1. Otimização de imagens

O tamanho de uma imagem influencia diretamente no carregamento de um blog.

É possível diminuir o “peso” da imagem sem perda significativa de qualidade através de plug-ins como o WP Smush.it e sites como o PunyPNG.

Além de diminuir o tamanho dos arquivos e o tempo de carregamento das imagens, você economiza espaço na hospedagem.

2. Otimização do banco de dados

Todo conteúdo utilizado no site fica “guardado” em um banco de dados.

Com o passar do tempo, essa base vai ficando lenta devido às atualizações e informações que inserimos.

Além disso, todos os artigos produzidos geram “revisões”, que é uma funcionalidade interessante, mas pode atrapalhar muito o carregamento de sua página.

 

 Ao criar um artigo, por exemplo, o WordPress pode criar várias cópias dele como medida de segurança.

Para resolver esse problema e eliminar dados desnecessários, podemos utilizar o plug-in WP-Optimize que analisa o banco de dados e exclui tudo o que é considerado “lixo”.

Sua utilização é simples: basta escolher as opções desejadas e clicar no botão “Process”, como mostra a figura, para concluir a otimização.

plugin-wp-optimize

3. Sistemas de caching

O sistema de cache pode ser definido da seguinte forma: ao invés de carregar páginas dinâmicas e que fazem várias consultas ao banco de dados, o seu blog servirá páginas estáticas.

Ou seja: será criada uma cópia do arquivo original e toda vez que alguém acessar esse conteúdo a cópia é que será mostrada, diminuindo o tempo de carregamento.

Existem plug-ins que fazem esse “trabalho sujo” para você e com um pouquinho de leitura podem ser configurados por qualquer pessoa.

Entre os mais famosos estão o Wp Super Cache, o W3 Total Cache e o Hyper Cache.

Conclusão

Como essas dicas você aumenta a performance do seu site e evita dores de cabeça com uso excessivo dos recursos de sua hospedagem.

Espero que tenham gostado!

E você, utiliza estas e outras técnicas para otimizar o desempenho do seu blog?

Deixe um comentário!

Sobre o autor | Website

Apaixonada por comunicação. Formada em Jornalismo e blogueira por Hobbie. Atual responsável por este e vários outros blogs de Internet Marketing.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

11 Comentários

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.