divulgação Camila Fiori

5 dicas para conquistar parcerias de verdade para seu blog

Parcerias de verdade para seu blogEstabelecer parcerias normalmente é algo benéfico em diversos aspectos de nossas vidas. O mesmo se aplica aos blogs. Mas, o conceito de parceria costuma ser visto de forma distorcida na blogosfera. Em muitos casos, ele é limitado a uma “troca de banners”, que pode inclusive trazer efeito contrário ao desejado. Veja neste artigo algumas dicas para estabelecer parcerias benéficas e duradouras para seu blog.

Introdução

Quem nunca recebeu (ou enviou) uma mensagem do tipo “Vamos ser parceiros?”?. Quando recebo uma mensagem assim, a primeira pergunta que faço é “O que você entende por parceria”. Praticamente todas as vezes a resposta foi relacionada à troca de banners ou links.

Eu mesmo já caí nessa tentação: no artigo Divulgando seu blog: Parcerias, escrito 4 anos atrás, eu incentivava esse forma de “parceria”. Sinto dizer, mas isso não é uma parceria. É somente uma “troca de banners ou links” – e nada mais que isso. Ele até pode ter algum benefício de divulgação para quem está começando, mas o Google não vê essa troca de links com bons olhos, ainda mais quando ela é feita de forma indiscriminada. Ainda vejo hoje blogs com dezenas de links e banners de parceiros, em grande parte sem relação alguma com os temas tratados.

A parceria de verdade é algo mais que isso. Na verdade, bem mais do que isso. Em uma definição simples encontrada na Wikipédia, “parceria é o trabalho em conjunto que as pessoas fazem para alcançar um objetivo comum”. Além disso, gosto de pensar que na parceria, o resultado final é melhor do que se as pessoas trabalhassem de forma separada.

Percebe como a troca de links não se enquadra nisso? O que vou mostrar neste artigo são alguns exemplos de parceria que, em minha opinião, são verdadeiras e eficientes. Espero que os exemplo sirvam para inspirá-lo a construir parcerias eficientes para seu blog.

Dica 1: Busque aproximar-se de pessoas que complementam suas competências.

Parceiras: competências complementaresO primeiro exemplo de parceria que cito foi o que Samanta e eu construímos ao longo do tempo.

Começamos como leitores e comentaristas um do blog do outro. Com o tempo, percebemos que ambos trabalhávamos de formas semelhantes com nossos blogs. Também descobrimos que temos competências complementares: tenho facilidade com códigos e técnicas, e Samanta trabalha muito bem com questões visuais.

A decisão foi natural: passamos a trabalhar juntos, oferecendo serviços para blogs. Juntos, conseguimos atender a uma gama muito maior de clientes do que atenderíamos cada um por si.

Dica 2: Seus anunciantes podem ser mais do que meros anunciantes

Parceiras: anunciantesOutro exemplo de parceria bem sucedida que cito é que consegui com o Wix, empresa que criou e mantém um dos melhores construtores de sites existentes.

O Wix é meu anunciante fixo há anos, mas nosso relacionamento vai muito além disso. Já fui convidado e participei de eventos realizados por eles – o que demonstra interesse mútuo em estreitar a parceira. Além disso, faço questão de regularmente escrever artigos divulgando novidades da plataforma. Novamente, as ações são benéficas para ambos os lados.

Dica 3: Seus concorrentes podem se tornar grandes parceiros

Parceiras: concorrentesMais um exemplo de parceira é o que Gustavo Freitas e eu construímos naturalmente com o tempo. O interessante é que poderíamos nos ver apenas concorrentes, já que ambos atuamos no nicho dos metablogs.

Em vez disso, já atuamos juntos em alguns projetos, e até fazemos indicações dos serviços do outro para nossos clientes.

 

Por outro lado, é utopia pensar que todos os seus concorrentes podem ser seus parceiros. Por isso, vale a pena avaliar com quais deles você têm afinidade suficiente para construir uma parceria efetiva.

Dica 4: Você pode encontrar fornecedores interessados em parcerias

Parceiras: fornecedoresQuando você atinge um determinado patamar em seu blog, também é possível firmar parcerias com alguns fornecedores – sem que isso envolva necessariamente dinheiro.

Um exemplo onde isso é bem empregado é no ótimo blog Cuidados e Vaidades, cuja história acompanho há bastante tempo. Com a relevância que o blog adquiriu, diversos fornecedores de produtos de beleza procuram a autora para oferecer seus produtos para serem avaliados por ela. É uma situação benéfica para ambos os lados: eles ganham com a divulgação e ela ganha novos temas para seus artigos.

Um cuidado a ser tomado é não ultrapassar a tênue linha que existe entre a avaliação imparcial e um artigo patrocinado. Se alguém lhe oferecer dinheiro ou produtos para que você fale bem deles (ou pior, com um artigo ou frase pronta), isso é uma publicidade e deve ser informado ao leitor.

Dica 5: Outros blogs podem ser tornar seus parceiros naturais

Parceiras: outros blogsSe você encontrou um blog interessante para parceria e quer fazer isso da forma correta, há formas muito melhores do que enviar uma proposta de “troca de banners” com eles. Faça uma aproximação natural, mostrando interesse no trabalho realizado lá.

Há muitas formas de fazer isso:

– Visite e comente seus artigos.
– Cite links desse blog em seus próprios artigos.
– Faça a indicação desse blog em sua lista, sem esperar que haja a retribuição.

Normalmente, esse tipo de aproximação chama a atenção do autor do outro blog. Isso pode ser o início de uma parceria natural, pois ele pode se sentir motivado a também se aproximar de você.

Na pior das hipóteses, o que pode acontecer é não haver nenhum retorno do outro lado. E não vejo isso como motivo para ficar bravo ou decepcionado. Se é um blog que realmente vale a pena, o seu próprio blog será beneficiado, pois seus leitores verão o seu empenho em indicar leituras que complementem os seus textos.

Conclusão

As 5 dicas deste artigo são apenas o início. Tenho certeza de que há muitas outras formas para buscar parcerias de qualidade com outros blogs e entidades externas. É provável que você mesmo já tenha conseguido formar parcerias interessantes para seu blog por outros meios.

Por isso, fica o convite: divida com os demais leitores sua opinião sobre o assunto, comentando o que funcionou e o que não funcionou para você. Para isso, basta deixar um comentário.

Sobre o autor | Website

Apaixonada por comunicação. Formada em Jornalismo e blogueira por Hobbie. Atual responsável por este e vários outros blogs de Internet Marketing.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

69 Comentários

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.