Google SEO Camila Fiori

Fatores importantes para o Google ranquear bem seu site

Descubra quais são os fatores que o Google leva em consideração para calcular o posicionamento das páginas do seu blog ou site nos resultados da busca. Isso pode ajudá-lo a conquistar posições valiosas!

Introdução

O assunto SEO (Search Engine Optimization – Otimização para ferramentas de busca) provavelmente não é novidade para você.

Se estou falando grego, saiba que tratam-se de técnicas que você pode – e deve! – usar em seu blog para que seus artigos fiquem bem posicionados nos resultados do Google e outros buscadores.

Se quiser começar no assunto, recomendo os artigos abaixo:

Uma das grandes dificuldades em se trabalhar com SEO é que o Google não divulga de forma clara e exata quais são os critérios que ele utiliza para posicionar bem uma página em seus resultados.

Em vez disso, ele divulga diretrizes de qualidade que os donos de sites e blogs devem seguir. Pela lógica, se você tiver uma página de qualidade, ficará bem posicionado.

Dá para entender porque isso é feito assim: se os critérios fossem divulgados, provavelmente muitas pessoas fariam de tudo para enganar o Google e colocar seus resultados antes dos demais.

Na prática, os profissionais especializados em SEO já conduzem estudos há muito tempo para tentar descobrir esses fatores.

Recentemente, a empresa Search Metrics divulgou em seu blog o artigo  The Ranking Factors – Rank Correlations 2013 for Google USA (algo como “Os Fatores de Ranqueamento – Correlações do Ranking de 2013 para o Google nos EUA”).

Trata-se de um estudo aprofundado, cujo resultado mostra quais são os fatores que o Google leva em consideração ao determinar o posicionamento do ranking.

Neste artigo, você verá algumas das conclusões desse estudo. E, se quiser se aprofundar melhor no tema, verá também como ter acesso ao estudo completo.

Conclusões em forma de infográficos

O infográfico abaixo mostra de forma resumida as conclusões do artigo. Ele pode ser visto em tamanho original clicando na imagem.

O único porém é que ele está em inglês. Se você não domina o idioma, veja nos próximos itens algumas reflexões em português sobre os detalhes mais importantes do estudo.



Fonte: http://www.searchmetrics.com/media/images/ranking-faktoren/searchmetrics_infographic_ranking_factors_us_2013.jpg

Este outro gráfico mostra todos os fatores juntos (também é possível clicar nele para ver a imagem em tamanho original), colocando no topo os fatores com maior influência.

É necessário ter cuidado com a interpretação: o fato dos “Google +1” e compartilhamentos no Facebook aparecerem antes dos backlinks não significa que eles são mais importantes.

 

Isso indica que os artigos que estão bem posicionados recebem mais compartilhamentos nas redes sociais que os demais.


As conclusões mais importantes

O estudo traz algumas conclusões muito importantes:

1. O número de backlinks continua tendo grande importância.

Isso significa que continua sendo essencial obter backlinks de qualidade para o seu blog. Vale o alerta que deixei no artigo Google alerta novamente sobre os perigos dos backlinks não naturais: backlinks comprados ou pedidos não têm o mesmo efeito positivo, e podem inclusive ser prejudiciais ao seu blog.

2. Palavras chave no domínio e na URL perderam a relevância

Antigamente, ter as palavras chave que você deseja otimizar no endereço do seu domínio ou da postagem contavam muito para o Google. Atualmente, o seu impacto é muito menor. Essa é uma boa notícia: significa que você pode ter páginas bem posicionadas mesmo para temas que não estejam na URL do seu blog.

3. Qualidade e diversidade são importantes com relação ao conteúdo

A qualidade do texto sempre será importante para fins de SEO. E não há uma “receita mágica” em termos de tamanho do texto ou fatores similares. Um dado interessante é que artigos com imagens normalmente são mais bem ranqueados do que os que não as têm.

4. Fatores “on page” continuam sendo importantes

A existência da metatag “description” e uma estrutura adequada de heading tags (especialmente as tags H1 e H2) continuam sendo fatores importantes de ranqueamento. Também continua importante citar as palavras chaves no decorrer do texto.

5. Os sinais sociais estão relacionados a páginas bem ranqueadas

Uma conclusão é clara: páginas bem ranqueadas possuem maior divulgação em redes sociais. Embora isso não signifique que o compartilhamento seja determinante para o ranqueamento, parece existir algum efeito nesse sentido.

Conclusão

Considerei o estudo bastante interessante.

Embora os fatores principais continuem sendo os mesmos (especialmente os backlinks) é interessante ver que o Google não dá mais valor para as palavras chave na URL da página.

Aqui, coloquei apenas algumas visões sobre o estudo.

Caso você domine o inglês e queira mais detalhes, recomendo fortemente a leitura do material completo, que pode ser obtido em http://www.searchmetrics.com/en/knowledge-base/ranking-factors-us-2013/download/ Vale a pena!

E você, o que achou do estudo?

Viu alguma informação importante que deseja compartilhar?

Deixe um comentário!

Sobre o autor | Website

Apaixonada por comunicação. Formada em Jornalismo e blogueira por Hobbie. Atual responsável por este e vários outros blogs de Internet Marketing.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

56 Comentários

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.