guest post Camila Fiori

5 dicas para fazer vendas por email marketing

Se você não aguenta mais postar ou gastar em anúncios nas mídias sociais sem ver retorno algum, é porque elas não são a melhor ferramenta para vender. Apesar de parecer algo antigo, fazer vendas por email marketing continua eficiente.

Por que vender pelo email é melhor que pelo Facebook, Instagram, Pinterest ou qualquer outra plataforma da moda?

Em qualquer mídia social, suas publicações disputam o espaço e a atenção dos consumidores a cada nova publicação do feed. O email, de certa forma, se tornou um espaço mais intimista.

Afinal de contas, o usuário precisa inserir o email dele em um formulário do seu site para receber suas ofertas. Ele quer receber suas mensagens.

vendas por email marketing

É importante lembrar que, ao conferir sua caixa de entrada do email, não há milhares de outros posts concorrendo com o seu. Há menos coisas tentando distrair esse usuário de absorver a sua mensagem.

Então, como usar o email marketing para vender?

É isso que você vai aprender abaixo com essas 5 dicas para fazer vendas por email marketing!

 

1. Estude seu público

Não importa se quer fazer vendas por email marketing, por mídias sociais ou até mesmo fora da internet. Sem entender quem é o seu público, você dificilmente conseguirá vender.

Quando falamos em estudar o seu público, não mencionamos apenas de informações demográficas como faixa de idade, renda, gênero ou local de residência. Também é importante estudar seus hábitos, necessidades e dores, de maneira que consiga entender como criar uma conexão com essa persona.

 

O que é uma persona?

O público-alvo se restringe à algumas informações demográficas e financeiras sobre uma parcela do público em geral. Já a persona é um personagem criado que representa o seu cliente ideal.

Ou seja, um cliente cujas características e valores são próximos aos da sua marca. Qual a consequência de ter uma persona bem definida?

Maior facilidade na hora de criar conteúdo para o seu email marketing, desenvolver produtos e soluções que atendem às necessidades e dores desse público e mais chances de ter um cliente fiel, que defenderá a sua marca.

persona

 

2. Crie uma base antes das vendas por email marketing

Apesar de termos usado as mídias sociais como uma comparação ao email marketing, você não deve excluir uma para então trabalhar na outra. Na verdade, elas são complementares.

Você pode usar os seus posts de Instagram para atrair seguidores e, a partir daí, convertê-los para se tornarem assinantes da sua lista de email. O mesmo pode ser feito usando os anúncios patrocinados.

Porém, é importante lembrar que deve fazer uma segmentação de acordo com a persona do seu negócio. Fazer um anúncio com pouca ou nenhuma segmentação fará com que ele seja exibido para usuários que não terão interesse no seu conteúdo e muito menos em seus produtos.

 

Ou seja, antes de disparar emails sobre vendas, primeiro tente cultivar uma comunidade de usuários com conteúdo pensado para eles e que promovam o engajamento. A partir daí, você terá como criar uma lista de emails para vender com mais facilidade.

 

3. Segmente a sua lista

Você já começou a distribuir conteúdo para a sua lista de emails e está convertendo seguidores e usuários de mídias sociais para a sua base, certo?

O próximo passo é segmentar essa lista. Para fazer isso de maneira efetiva, use as ferramentas de relatórios da ferramenta de email marketing que escolheu.

Nelas, você descobrirá alguns detalhes sobre o comportamento dos assinantes da sua lista. Em quais links costumam clicar e quantas vezes fazem isso, quantos respondem aos emails que envia e até mesmo quantos assinantes fizeram alguma compra.

Utilize essas informações para segmentar a lista. Por exemplo, assinantes que costumam baixar os materiais gratuitos, mas não fizeram uma compra, assinantes que já compraram da sua loja e até mesmo aqueles que assinaram, mas nunca abrem os emails.

Com a lista segmentada, você poderá criar conteúdos ou ofertas personalizadas para os diversos segmentos. Imagine o primeiro exemplo que damos acima, dos assinantes que baixam materiais gratuitos, mas nunca compram.

Já pensou que eles só estão precisando de um pequeno desconto para finalizar a compra? Você pode mandar um email exclusivo a eles oferecendo um cupom e analisando sua resposta!

Alternativamente, também pode perguntar diretamente a eles o que os impedem de comprar algum material. Seja por meio de um formulário ou agendando uma ligação com eles.

 

4. Crie títulos objetivos, mas que atraiam

Um dos maiores desafios ao fazer vendas por email marketing está no campo “Assunto”. Saber como criar um título que seja, ao mesmo tempo, objetivo e atraente, é uma arte que você vai precisar dominar e não existem atalhos.

Assim como muitas das técnicas do marketing digital, a melhor estratégia é testar diversos formatos e estilos de texto. Em seguida, deverá analisar qual deles melhor ressoará em seu público até encontrar o modelo ideal para o seu negócio.

 

5. Seja objetivo e vá direto ao ponto!

objetividade

Mesmo que esteja enviando um email de conteúdo, sem intenção de venda, não demore muito para entrar no assunto. É mais fácil engajar alguém por meio do email marketing.

Ainda assim, ficar dando voltas para contar o propósito da mensagem, é provável que seu email seja arquivado antes que possa mostrar ao que veio.

Por isso, vá direto ao ponto já nos primeiros parágrafos do seu email. Mesmo que você também possa – e deva! – experimentar diversos formatos e estilos, o seu assinante não pode demorar mais que 30 segundos para entender do que se trata a sua mensagem.

Ao usar elementos gráficos nas suas peças de email marketing, tenha em mente que elas devem servir para ajudar o assinante a chegar onde você precisa que ele clique para comprar. Caso contrário, o tempo e esforço que dedicou para essa peça de conteúdo não atingirão o objetivo.

Como pôde ver ao longo do artigo, as técnicas para fazer vendas por email marketing não se distanciam do marketing. Ter uma base e entender o seu público são cruciais, independente da ferramenta que use.

Antes mesmo de assinar o plano de alguma ferramenta de email marketing, deve passar um bom tempo criando as suas personas e definindo seu posicionamento no mercado. Com uma boa estratégia e base de marketing, será muito mais fácil decidir quais ferramentas escolher e quais tipos de conteúdos criar para transformar seguidores em defensores da sua marca.

Sobre o autor | Website

Apaixonada por comunicação. Formada em Jornalismo e blogueira por Hobbie. Atual responsável por este e vários outros blogs de Internet Marketing.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.