divulgação Diego Bini

Como fazer marketing para clínicas de reabilitação

Você sabe como fazer marketing para clínicas de reabilitação? Se tem uma, então precisa aprender.

No entanto, é preciso ter em mente que o marketing para clínicas de reabilitação é preciso ser completamente humanizado e ter consciência da importante responsabilidade que essas instituições têm.

No Brasil, são pelo menos 3,5 milhões de usuários de drogas ilícitas, sendo a maconha a mais popular delas. No entanto, existem muito mais usuários de drogas lícitas, como o álcool, o cigarro e remédios.

Para se ter uma ideia, pelo menos 43 milhões de brasileiros revelam beber álcool mensalmente, de acordo com pesquisa da Fiocruz.

Por isso, há uma demanda considerável para empresas desse tipo. No entanto, é importante saber como fazer marketing para clínicas de reabilitação de maneira humanizada e empática.

Quer descobrir? Então siga as dicas abaixo!

Entenda como fazer marketing para clínicas de reabilitação legalmente

O primeiro ponto a ter em mente em relação ao marketing para clínicas de reabilitação é compreender o que a lei permite e não permite em relação a esse tipo de ação promocional.

É importante considerar que, por ser uma clínica médica, existem certas limitações que são estabelecidas para garantir que os consumidores não sofrerão com práticas predatórias.

Por isso, é importante entender o que é permitido dentro da legislação e adequar a sua comunicação para respeitar as leis e não sofrer nenhum tipo de sanção ou penalização.

Além disso, é essencial que a sua comunicação, tanto do ponto de vista de aquisição de novos pacientes, quanto nas relações públicas, seja completamente humanizada e empática.

Lidar com a dependência química e, em muitos casos, a internação involuntária não é fácil. Por isso, é importante ter muito respeito e empatia para conduzir a situação e garantir a maior paz de espírito possível para as pessoas.

Use o marketing de atração e não o de interrupção

Existem dois tipos de marketing no mercado. A maneira antiga é a do marketing de interrupção, também chamado de outbound marketing. Você provavelmente já conhece esse tipo de ação por ter visto milhões de exemplos pela sua vida.

Por exemplo, todos os comerciais de TV são marketing de interrupção pois literalmente interrompem a vida do consumidor para a mensagem publicitária. Outdoors e outros tipos de ações, como flyers e carros de som, também são exemplos de Outbound Marketing.

 

Já a maneira mais modernas é o marketing de atração, também chamado de Inbound Marketing. Nesse tipo de estratégia publicitária, a função da empresa é produzir conteúdo que atraia o público de modo que ele se interesse naturalmente pela sua mensagem.

Exemplos desse tipo de campanha são:

  • marketing viral;
  • marketing de conteúdo (como blogs institucionais);
  • marketing em vídeo;
  • links patrocinados no Google.

O benefício dessa estratégia é poder ajudar as pessoas que realmente precisam dos serviços da clínica de maneira discreta e eficaz. O objetivo, sempre, não é construir uma marca duradoura, mas sim poder ajudar as pessoas que estão em necessidade.

Faça parcerias com quem atua diariamente com possíveis clientes

Uma maneira interessante de conseguir estar presente para ajudar as pessoas é fazer parcerias com pessoas e profissionais que atuam com quem é possível cliente.

Por exemplo, psicólogos são comumente chamados para lidar com dependentes químicos, assim como psicoterapeutas e líderes de grupos de auto-ajuda.

A parceria pode incluir a indicação de pessoas que precisam de internação clínica para o trabalho de desintoxicação e reabilitação antes de poderem retornar para as suas atividades normais.

Invista em anúncios no Google para ser achado pelo público

Como mencionamos acima, os anúncios do Google são uma boa forma de conseguir ligar a sua clínica com os dependentes e familiares que precisam da sua ajuda.

Tecnicamente, os anúncios as páginas de busca do Google são Inbound Marketing pois as pessoas estão efetivamente fazendo uma busca pelo seu tipo de serviço, ao contrário dos impulsionamentos nas redes sociais, que são de interrupção e invasivos.

É importante fazer esse investimento pois as pessoas em necessidade, na hora do desespero, fazem buscas no Google por clínicas próximas onde possam se internar ou internar um parente necessitado.

Na hora de configurar os anúncios, garanta que você está usando a geolocalização corretamente. Isso significa que você está exibindo anúncios para o público mais próximo de você com base em alguns quilômetros para garantir que que não desperdiça dinheiro do seu orçamento com pessoas de outros estados (que não poderão se internar) e nem desperdiça o tempo dessas pessoas.

Além disso, você pode agir de maneira estratégica buscando por cidades próximas que não tenham clínicas para poder exibir os seus serviços para ajudar os seus moradores.

Essas são as principais dicas de como fazer marketing para clínicas de reabilitação. Agora que você já tem essas informações, pode montar uma estratégia de comunicação para poder ajudar mais pessoas.

Gostou do conteúdo? Então não esqueça de deixar um comentário abaixo!

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.