serviços Diego Bini

Marketing automotivo: entenda o que realmente funciona

Se você tem uma concessionária de carros, então provavelmente precisa dominar o Marketing Automotivo para poder vender mais. Afinal,essa é a ferramenta básica para poder atrair consumidores.

Muitos donos de concessionárias acreditam que basta ter uma equipe de vendedores pronta e bem-treinada que os resultados naturalmente aparecerão.

Não é bem assim. Mesmo em anos em que o mercado está em alta (como foi 2019, com crescimento de quase 10% nas vendas), ainda é necessário ter uma boa estratégia de Marketing Automotivo para colocar os consumidores dentro da concessionária para o seu time de vendedores agir.

Quer saber como fazer isso? Então siga a leitura do artigo abaixo!

Um blog é peça chave do Marketing Automotivo

Você sabia que, hoje em dia, as pessoas passam 60% do seu tempo de compra pesquisando na Internet antes de ir até a concessionária?

Pois é. Isso mostra que o consumidor mudou e se tornou melhor informado sobre as suas necessidades.

Hoje em dia, o consumidor não chega até o vendedor e pergunta “Olha, eu quero um carro rápido. Qual é o melhor que você tem?”, ele já sabe qual é o veículo com a velocidade que ele quer.

De um lado,  isso deixou o trabalho dos vendedores muito mais fácil. De outro, aumentou a importância de educar o seu mercado para arranjar mais leads.

Uma das maneiras pelas quais o Marketing Automotivo pode educar o seu público é pelo Marketing de Conteúdo.

Basicamente, a estratégia consiste em criar um blog com conteúdo de valor para o seu público, ensinando questões básicas como a potência do motor mais adequada, o funcionamento de acessórios e por aí vai.

A ideia da estratégia é que o consumidor reconheça a sua concessionária como uma autoridade e entre em contato para comprar um dos seus carros.

Tudo isso é feito de forma otimizada para ganhar destaque no Google e ser recomendado pelo buscador quando as pessoas fizerem pesquisas na Internet.

Desperte o desejo do consumidor nas redes sociais

Hoje em dia, as redes sociais são os principais vetores de público na Internet (ainda que o Google seja o maior direcionador de tráfego). São centenas de milhões de pessoas que ficam online o dia todo nessas plataformas. O Brasil, por exemplo, é o segundo país do mundo que mais tempo passa nas redes sociais.

Por isso, você pode assumir que o seu público está, como padrão, nas redes sociais e sai de lá apenas para executar tarefas específicas, como fazer uma busca ou ler alguma notícia.

Nesse sentido, sua estratégia de Marketing Automotivo deve usar as redes sociais como uma ferramenta de despertar o desejo de compra no público, além de ponto inicial da sua campanha.

Por isso, em vez de fazer posts genéricos com informações básicas, crie imagens que instigam o desejo de compra. Use os Stories do Instagram, por exemplo, para mostrar como é o ronco do motor de determinado carro (caso esse seja um dos seus atrativos).

 

Aproveite os vídeos no Facebook para mostrar diversas funções de um automóvel, o conforto dos bancos e por aí vai. A ideia é fazer com quem veja fique com vontade daquele carro e vá atrás de mais informações.

Invista em Adwords geolocalizados dentro da sua estratégia

O Google tem cerca de 100 bilhões de buscas mensais todos os meses, mas nem todas elas caem em um resultado orgânico.

Muitas delas (a parte mais qualificada, talvez) clica nos anúncios do Google Ads. Por isso, é importante ter uma estratégia de links patrocinados qualificada e focada na conversão de quem está pronto para comprar.

Um dos erros mais comuns de quem investe em links patrocinados dentro do Marketing Automotivo é o de não geolocalizar os seus anúncios.

É possível delimitar os anúncios para que apenas pessoas dentro de uma área geográfica, como uma cidade, vejam as publicações. Isso evita que você gaste dinheiro com quem não tem chance de comprar com você.

Por exemplo, uma concessionária em Florianópolis, por exemplo, deve limitar seus anúncios a região metropolitana de Florianópolis, pegando cidades como Floripa, mas também Palhoça e São José, no máximo.

Não vale a pena mostrar o anúncio para gente de Joinville, Curitiba, Porto Alegre ou São Paulo já que essas pessoas não vão viajar tantos quilômetros para comprar. Portanto, é dinheiro desperdiçado.

Ressalte os seus pontos fortes com frequência

Existem milhares de opções de vendas de carros na Internet. São centenas de concessionárias e outros tantos vendedores particulares em marketplaces digitais.

Por isso, provavelmente existem umas 20 opções de carros iguais ao que você vende brigando pela atenção do seu consumidor. Dessa forma, a única coisa a fazer é se destacar da concorrência com base em seus pontos fortes.

Por exemplo, se você trabalha com carros usados e seminovos, mas faz a Vistora Cautelar em todos eles, ressalte como isso é importante em seus posts nas redes sociais e no seu blog.

Já se você trabalha com carros pouco conhecidos, reforce a possibilidade do cliente fazer um test drive para conhecer o modelo e criar confiança com ele.

Assim, você conseguirá usar melhor o Marketing Automotivo para se destacar da concorrência e ganhar a atenção do consumidor, o que vai se traduzir em vendas.

E aí, gostou do conteúdo? Então não esqueça de deixar a sua opinião em um comentário abaixo!

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.