Email Marketing Diego Bini

Por que o e-mail marketing não morreu?

Novos métodos e estratégias de marketing surgem a todo momento. Muitas delas valem nosso tempo e esforço para explorar e testar. Mas não vamos esquecer um método testado e comprovado há anos: o marketing por e-mail.

O e-mail marketing é visto por muitos hoje em dia como algo antiquado. Quase como enviar uma carta a alguém.

Afinal, quem ainda lê e-mail?

A resposta curta é todo mundo. Mesmo os jovens da Geração Z. Embora possa não ser o canal social mais badalado, o e-mail ainda é o método de comunicação número um do mundo – mesmo para aqueles entre 15 e 22 anos.

Além do público tradicional de faculdades, universidades e escolas de nível fundamental e médio, o e-mail é amplamente lido por empresários e executivos.

De acordo com o Hubspot, mais de 70% dos consumidores checam seus e-mails todos os dias. Além disso, a Geração Millennial ainda prefere e-mail de empresas e organizações a outros métodos de comunicação.

E mais uma estatística importante: 77% das pessoas preferem receber comunicação promocional por e-mail do que por canais de mídia social ou SMS.

Por que o e-mail marketing deve ser sua prioridade no marketing digital:

  1. Geralmente é gratuito até que você tenha uma lista maior.
  2. É realmente mais fácil de configurar do que você imagina.
  3. Você é o dono. E isso significa não depender de algoritmo de redes sociais para distribuir seu conteúdo.

Algumas dicas importantes:

A importância do mobile-first

Vivemos em um mundo que prioriza os dispositivos móveis, e o email marketing não é exceção a essa regra. Mais da metade dos e-mails são abertos em dispositivos móveis. Ao criar suas campanhas é fundamental que você escolha um layout e formato adequados para visualização em dispositivos móveis.

Como fazer isso?

Primeiro as imagens: uma pessoa que abre um e-mail no telefone sempre será mais atraída por um visual primeiro. Pode ser uma imagem estática ou um arquivo de vídeo.

Personalização: as estatísticas mostram que os emails com personalização na linha de assunto têm 26% mais probabilidade de serem abertos. Muitos de nós não gostam de ler um e-mail que claramente não seja personalizado, dizendo coisas como “Prezado Senhor ou Senhora”.

 

Usar vídeos em campanhas de e-mail o personaliza ainda mais.

Conteúdo: As informações mais importantes precisam vir logo no início do seu e-mail. O cenário ideal é que o usuário clique para acessar o seu site ou execute alguma outra ação. Portanto, conduza-os nessa direção da maneira mais concisa possível. De acordo com a Unbounce, o comprimento ideal para um e-mail de marketing é entre 50 e 125 palavras.

Cumpra sua promessa

O que o público que você está tentando atrair deseja? Descubra e entregue isso a eles. Lembre-se de que as pessoas se inscrevem querendo um e-book ou informações específicas que você prometeu. Cumpra essa promessa. É tentador divagar em tópicos aleatórios quando você envia mais de 52 e-mails todos os anos. Evite a tentação e siga no tópico prometido. Isso o posicionará para ser conhecido por algo específico (um especialista, líder ou parte de uma comunidade apaixonada).

Escreva e-mails humanizados

Seu público é composto por pessoas reais. Isso continua sendo verdade mesmo se você trabalha com empresas B2B. São seres humanos que estão do outro lado e definitivamente não querem ler jargão chato ou uma enxurrada de textos comerciais. Escreva como se estivesse conversando com essas pessoas e faça com que o e-mail seja casual para realmente construir um relacionamento com as pessoas do outro lado.

Não resta dúvidas de que o marketing digital mudou e continuará mudando nos próximos anos. Mas nossa mania que querer complicar as coisas muitas vezes faz com que deixemos as atividades fundamentais de lado. Fazer o simples e óbvio quase sempre é a resposta para os problemas do dia a dia de um negócio e, por isso, abandonar ou deixar de lado recursos tradicionais podem fazê-lo perder grandes oportunidades.

Há ainda muitos anos pela frente para o e-mail marketing. Aproveite.

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.