guest post Mônica Godinho

Facebook ou Linkedin? Saiba como escolher a ferramenta ideal

Que as redes sociais são cada vez mais necessárias para as empresas, disso ninguém duvida. Diante desse cenário, é essencial que você saiba escolher a ferramenta ideal para o seu negócio, garantindo um trabalho mais assertivo e produtivo. 

Se antes elas eram apenas plataformas onde se contava com entretenimento e informação, hoje as redes sociais possuem ainda mais relevância na vida das pessoas, e principalmente no trabalho de diferentes estabelecimentos, trazendo frutos e resultados interessantes. 

É por meio das mídias sociais que o cliente de uma loja de produtos para bebês pode ficar sabendo do lançamento de uma bolsa maternidade moderna, e partir disso, entrar em contato com a empresa e fazer um pedido. 

Também é na página da companhia que os seguidores podem ser informados sobre a abertura de novas unidades, sobre as condições exclusivas e as promoções mais recentes para os consumidores e outras informações institucionais pertinentes. 

Tudo isso mostra o quanto as redes sociais se tornaram indispensáveis no dia a dia de uma empresa, de modo que ela pode se tornar cada vez melhor ao utilizar os principais recursos dessas plataformas a favor do crescimento do seu negócio. 

Como é sabido, atualmente é possível encontrar diferentes redes no mercado, que possuem características e objetivos diferentes. Nesse sentido, saber como utilizá-las na sua máxima potencialidade é a melhor maneira de conquistar bons resultados no mundo virtual. 

Entre as principais, podemos mencionar o Instagram, o YouTube, o Twitter, o WhatsApp e muitas outras. Mas, focando na utilização delas no mundo corporativo, é indispensável falar tanto do Facebook quanto do LinkedIn, entendendo melhor essas duas opções. 

Se você quer saber mais sobre essas plataformas e o quanto elas podem impactar no seu negócio, este artigo é para você. Por isso, siga na leitura e conheça os benefícios e uma breve comparação sobre as duas redes sociais em destaque do momento. 

Os impactos das redes sociais em uma empresa

É cada vez mais comum que quem precisa levar o seu carro para uma manutenção no sistema de freios faça pesquisas na internet, de forma a encontrar uma oficina especializada em abs rapidamente e em um local mais próximo da sua residência. 

Esse tipo de busca se torna ainda mais específico com o passar do tempo. Se antes só se tinha acesso ao endereço ou ao site de uma empresa, hoje é possível conhecer as redes sociais do estabelecimento e, principalmente, conhecer a avaliação de outros clientes. 

Desse modo, é possível ter uma escolha muito mais assertiva, o que faz com que cada vez mais pessoas utilizem a internet como uma ferramenta para ter o melhor atendimento na contratação de um serviço.

Nesse cenário, é possível verificar o quanto as redes sociais impactam uma empresa, fazendo com que ela se torne um elemento obrigatório na rotina de qualquer tipo de negócio. 

Afinal, é por ali que se pode:

  • Oferecer e vender produtos mais facilmente;
  • Estar mais próximo do público;
  • Utilizar a plataforma como um canal de comunicação;
  • Prestar atendimento para dúvidas ou solicitações;
  • Receber feedbacks;
  • Entre muitas outras ações.

Assim, uma empresa que deseja aumentar o seu número de vendas de boia de pesca grande, por exemplo, pode apostar nas redes sociais para promover o produto. 

Do mesmo modo, é por ali que ela se faz presente na rotina dos seus potenciais e atuais clientes, impactando-os continuamente. Nesse sentido, a página da companhia se torna mais um canal de comunicação dela com os seu público-alvo.

Dada as ferramentas das principais redes, essas plataformas também se tornam um meio para prestar atendimento aos clientes, seja esclarecendo dúvidas ou recebendo solicitações diversas. 

Além disso, é também uma maneira de receber feedbacks, tanto os positivos quanto os negativos. Saber lidar com eles é a melhor forma de construir a idoneidade da sua marca, fazendo com que ela transmita segurança na resolução de problemas e na sua qualidade. 

Não à toa, uma empresa especializada em reabilitação urbana com foco em áreas centrais pode ter resultados cada vez melhores ao utilizar as redes para esse tipo de necessidade, criando um relacionamento duradouro com a sua audiência. 

Por isso, é possível dizer que as mídias sociais impactam cada vez mais as empresas, se tornando ferramentas indispensáveis no dia a dia delas. 

Facebook: por que usá-lo na sua empresa

Sendo uma das maiores redes sociais do momento, o Facebook, que já conta com mais de 2 bilhões de usuários, é uma plataforma importante para qualquer tipo de negócio. 

Afinal, ela possui como finalidade a conexão entre pessoas e estabelecimentos por meio de vários recursos, como as postagens de conteúdos relevantes, a troca de comentários, o compartilhamento de publicações, os anúncios patrocinados, o chat privado, etc.9

 

Dessa maneira, uma empresa de montagem elétrica industrial pode investir em qualquer uma das ações mencionadas e desenvolver uma estratégia de atuação que vá de acordo com os seus objetivos no Facebook. 

Afinal, por ali é possível vender mais, fortalecer a marca, divulgar novidades e criar um canal de comunicação com os seguidores, de modo a ampliar o alcance da empresa e fazer com que ela seja vista por mais pessoas. 

Na plataforma, também existe a possibilidade de criar grupos para reunir clientes e investir em diferentes ações de marketing, que farão diferença na relação que os consumidores terão com a sua marca. 

Isso porque ali é possível oferecer uma aula online para explicar as melhores práticas no uso de manta líquida flexível em uma reforma, por exemplo, de maneira que o conteúdo exposto possa agregar maior valor aos seus clientes. 

Justamente por causa dessas características, o Facebook pode ser uma ferramenta essencial para a sua empresa, e utilizar os recursos que ela oferece traz uma série de vantagens para o dia a dia de um negócio. 

LinkedIn: por que usá-lo na sua empresa

Outra plataforma de relevância no momento é o LinkedIn: a rede, lançada em 2002, já passou da marca dos 660 milhões de usuários, mostrando a sua potencialidade na rotina de qualquer companhia. 

Um destaque especial do LinkedIn é a sua finalidade: ele foi criado com foco na promoção de relacionamentos corporativos, de modo que o objetivo principal desta mídia social é unir profissionais de diferentes setores e ajudá-los a potencializar a sua carreira e negócios

Em termos de funcionalidade, o LinkedIn não fica atrás de nenhuma outra rede. Ali, é possível montar o perfil e inserir detalhes da jornada profissional, o que aumenta a compreensão dos usuários a respeito da história de uma empresa.

Desse modo, uma companhia especializada em placa em acrilico para fachada consegue se promover com base na sua trajetória, conquistando parceiros de trabalho, atraindo funcionários interessados em fazer parte da equipe e impactando clientes. 

Há também a possibilidade de criar grupos específicos para o seu segmento, o que aumenta ainda mais as chances de se relacionar com parceiros e de ganhar mais autoridade pela atuação feita nessas comunidades. 

Os anúncios são outros elementos presentes na plataforma, o que ajuda na comunicação da empresa com o seu público-alvo, assim como no fortalecimento da marca. O chat privado é outro recurso indispensável do site.

A interação no LinkedIn também é bastante intuitiva: é possível comentar nas postagens dos usuários, aproveitando o espaço para entender se uma bota imobilizadora substitui o gesso em uma obra, por exemplo. 

Todos esses recursos mostram o potencial do LinkedIn para uma marca, de forma que utilizá-lo como uma ferramenta do seu estabelecimento é uma decisão importante para o crescimento dele. 

Facebook x LinkedIn: qual escolher?

Depois de conhecer melhor as características das duas redes sociais, é possível ficar na dúvida sobre qual delas faz mais sentido para o seu negócio. Em resumo, podemos enumerar algumas das principais vantagens de cada uma delas.

Em relação ao Facebook, podemos resumir:

  1. É a maior rede social do momento;
  2. Permite a realização de anúncios;
  3. É possível se promover de modo orgânico ou pago;
  4. Alcance de diferentes tipos de públicos;
  5. Não possui restrições quanto ao segmento de um negócio. 

A respeito do LinkedIn, vale mencionar:

  1. O seu foco em relações corporativas;
  2. A possibilidade de desenvolver parcerias;
  3. Indicada para o posicionamento de uma marca;
  4. Recrutamento e seleção de profissionais para contratação;
  5. Alcance de clientes de modo orgânico e pago.

Mesmo que as duas redes sociais possuam suas próprias características e vantagens, isso não significa que o uso de uma exclui o uso da outra. 

Nesse sentido, para quem uma empresa consiga se manter cada dia mais visível e acessível para diversas oportunidades do mercado, a sugestão é investir na atuação nas duas plataformas, impactando públicos diferentes em situações diversas. 

Por isso, não deixe de criar o perfil do seu negócio no Facebook e no LinkedIn e tenha a certeza de promover a sua empresa de maneira abrangente na internet, conseguindo, assim, resultados cada vez mais satisfatórios.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.