guest post Mônica Godinho

E-mail marketing: Como elaborar e atingir um público maior

Você sabia que quase 100% dos adultos presentes na internet utilizam o e-mail? Esse número pode até parecer impressionante, mas retrata a pura realidade. Segundo dados da Pew Research, o número mais preciso é de 92%, sendo que mais de 61% acessam diariamente a rede. 

Não se limitando a essas informações, a Forrester Research relata que os e-mails são a principal fonte de geração de leads para os profissionais de marketing. Enquanto isso, a BtoB Magazine compartilhou que eles são a melhor forma de gerar receita no mercado B2B.

São muitos benefícios em um único lugar, não é mesmo? Mesmo que muitas pessoas o esqueçam quando desenvolvem estratégias de marketing digital, o e-mail tem grande relevância nos dias atuais. 

Nesse cenário, o e-mail marketing surgiu como um grande aliado de diferentes setores, inclusive o que vende eletroduto flexível corrugado. Em síntese, a utilização dessa técnica permite conquistar retornos significativos, melhorando a imagem das empresas na internet.  

Claro, antes de realizar a elaboração, é necessário entender o que ele é! Também conhecido como publicidade por correio eletrônico, o e-mail marketing é uma forma de criar e manter o relacionamento com o cliente. 

Ao utilizá-lo, a empresa consegue divulgar a sua marca, atrair tráfego para o site, divulgar produtos e serviços e comentar sobre novos lançamentos. Além disso, a estratégia é excelente para divulgar cupons de desconto e promoções. 

No entanto, o sucesso do e-mail marketing não é alcançado da noite para o dia! Assim, você deve pensar nele como um display expositor…  Se você não utiliza as ferramentas corretas para montá-lo, ele nunca atuará conforme o esperado! 

Como elaborar um e-mail marketing? 

Agora que você já sabe o que é um e-mail marketing, é ideal que você entenda o que é preciso para conseguir atingir o sucesso com ele! Para isso, vamos imaginar uma pistola pulverizadora de pintura

Quando ela é programada da maneira correta e manuseada por um profissional experiente, ela assegura os melhores resultados até mesmo nos lugares de difícil acesso até mesmo para pequenos pincéis. O mesmo acontece com o e-mail marketing! 

 

Programando-o da forma certa, ele pode trazer benefícios que talvez não pudesse alcançar em nenhum outro lugar, nem mesmo no Facebook, WhatsApp, YouTube e Instagram, as quatro redes sociais mais acessadas pelos brasileiros.

Para desenvolver um e-mail marketing, o primeiro passo é pensar em como você irá gerar contatos de e-mail para o seu negócio. Desse modo, você deve realizar a captação de leads, que pode ocorrer por meio de landing pages, pop-ups, oferecimento de e-books, webinars, palestras, promoções, ofertas e descontos, etc. 

Depois de conseguir os leads e entender sobre os clientes que irão receber os seus e-mails, você precisa escolher uma plataforma para dispará-los. Atualmente, existem muitas no mercado como a Mailchimp, Getresponse, Mailee, Mailify, RD Station ou Hubspot.

É de conhecimento geral que nenhuma campanha de marketing funciona se a pessoa não focar na qualidade do conteúdo. Não é diferente com o e-mail marketing, que só deve ser liberado após um minucioso planejamento. 

Durante ele, é essencial pensar fora da caixinha! Isso porque a criatividade faz toda a diferença para fazer com que o cliente clique para saber mais sobre a sua empresa. Agora que você já sabe tudo isso, que tal colocar a mão na massa e começar a pensar no seu e-mail marketing? 

Gostou do nosso post sobre e-mail marketing: Como elaborar e atingir um público maior? Então compartilhe com os colegas e deixe o seu comentário!

Esse‌ ‌artigo‌ ‌foi‌ ‌escrito‌ ‌por‌ ‌Larissa Rhouse,‌ ‌Criadora‌ ‌de‌ ‌Conteúdo‌ ‌do‌ ‌‌Soluções‌ ‌Industriais‌.

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.