guest post Mônica Godinho

Veja os 4 tipos de visto americano excepcionais para brasileiros

Se você gosta dos EUA e tem algum interesse em morar, investir ou viajar para os EUA, você provavelmente já sabe que é exigido visto para entrar no país.

Entender sobre os tipos de visto americano irá ajudar a escolher qual melhor se encaixa no seu objetivo, pois cada visto serve para um propósito diferente. Atualmente existem cerca de 187 tipos de visto americano, que são divididos em diversas especificidades.

Neste artigo vamos revelar todos os tipos de visto americano para brasileiros.

O que são vistos americanos?

Veja os 4 tipos de visto americano excepcionais para brasileiros

Para que uma pessoa de outro país possa entrar nos Estados Unidos da América é necessário uma autorização prévia do consulado americano. Essa autorização é colocada no passaporte da pessoa, identificando que ela está autorizada para entrar na América.

Quando se fala em vistos americanos, muitas pessoas já pensam em green card, mas existem outros vistos para brasileiros que muitas pessoas não conhecem.

Quais os tipos de vistos excepcionais para brasileiros?

O consulado americano divide os tipos de visto americano em dois tipos: imigrantes e não imigrantes. Os vistos para imigrantes são para quem tem o objetivo de morar nos EUA, já os vistos para não imigrantes são para quem tem o objetivo apenas de viajar a lazer.

Indivíduos com Habilidades Extraordinárias, Atletas e Artistas

Visto O – Indivíduos com habilidade ou feito extraordinário

Essa modalidade prevê o ingresso nos EUA de indivíduos com habilidades consideradas extraordinárias, nos setores de negócios, ciências, artes, educação, atletismo ou realizações extraordinárias em produções televisivas e cinematográficas, juntamente com sua equipe de apoio.

O visto O-1 serve apenas para uma pessoa, caso queira aprovar um grupo, cada integrante necessita de uma aprovação individual em um teste de habilidade extraordinária, nesse caso, o visto é emitido para apenas um evento, como um congresso, projetos, seriados, etc.

Visto P – Atletas, artistas e membros da indústria do entretenimento 

A variedade de vistos P-1 prevê o ingresso nos EUA de alguns artistas, atletas, entertainers e equipe essencial. 

Diferente de outros vistos, como o visto L1, por exemplo, o visto P-1 não é concedido para membros individuais da indústria de entretenimento, porém aos atletas são concedidos, num período de cinco anos para atletas individuais, uma equipe tem a provação para um período de 6 meses.

O visto P-2 é concedido a artistas ou entertainers nos Estados Unidos, caso o indivíduo esteja participando de um intercâmbio entre uma organização ou organizações americanas, juntamente com outros países diferentes que compartilham intercâmbios artísticos.

O visto P-3 é concedido a um artista ou entertainer, que pode ser um indivíduo ou grupo, com objetivo de representar, ensinar, ou treinar por meio de uma plataforma cultural única.

Trabalho Temporário, incluindo o visto de estagiário 

Visto H-1B (ocupação de especialista)

É concedido a empregados que têm o objetivo de viajar para os EUA com uma função pré-contratada. Para ser qualificado, é necessário que o indivíduo tenha, pelo menos, uma formação universitária ou um certificado profissional com habilidades diferenciadas.

Quem determina se a função se trata de uma ocupação de especialista, e se o indivíduo está capacitado para exercer a função é o órgão governamental USCIS (Serviço de Cidadania e Imigração dos Estados Unidos)

O Visto H-2B (trabalhador qualificado e não-qualificado)

Essa modalidade é concedida para um empregado que irá exercer uma função de natureza temporária ou sazonal, na qual não tenha oferta dessa mão-de-obra entre os cidadãos americanos.

 

Quem determina essas funções e faz a aprovação também é o órgão governamental USCIS (Serviço de Cidadania e Imigração dos Estados Unidos). Para isso é necessário enviar uma petição, através do formulário 129h. O empregador precisa enviar um certificado para o USCIS informando que não há oferta dessa função no país.

Visto H-3 (Estagiário)

Essa categoria de visto é concedida para estagiários que viajam para os EUA para adquirir um treinamento do empregador, com sede nos Estados Unidos da América. A área que vai ser realizada esse treinamento, precisa ser diferente da graduação acadêmica do aluno.

Visto R – Pastores e Trabalhadores Religiosos 

O visto R é concedido a pastores ou trabalhadores religiosos, para isso a pessoa precisa ter sido membro de uma denominação religiosa nos últimos dois anos anteriores à solicitação do visto. 

A denominação precisa ser uma organização sem fins lucrativos, e ter sede nos EUA, as funções que a pessoa pode exercer com o visto R são:

  • Pastor ou ministro religioso
  • Função profissional religiosa ou função em uma denominação religiosa
  • Função religiosa em alguma denominação devidamente estabelecida ou uma organização afiliada à alguma denominação religiosa.

O período desse visto é de trinta meses, que pode ser estendido até cinco anos.

Visto I – Jornalistas e Membros da Mídia

Profissionais de mídia estrangeira que vão viajar a serviço para os EUA, precisam solicitar o visto (I), mesmo que estejam enquadrados no programa de isenção de vistos ou que possuam visto na modalidade B-1 OU B-2, pois podem correr o risco de ter a entrada negada por um oficial de imigração.

Integrantes de empresas independentes que estiverem ligados a alguma produção e distribuição cinematográfica só terão o visto da categoria (I) se o período de permanência for curto, e se o conteúdo for para disseminar informações e notícias.

O visto (I) é especificamente concebido para profissionais com atividades que são associadas diretamente ao jornalismo, profissionais de outras atividades como revisores, cenógrafos e bibliotecários, entre outros, vão necessitar de outros vistos, como o visto O, visto P ou visto H.

Independente das suas funções e dos objetivos que levam uma pessoa a viajar para os EUA, é necessário realizar uma pesquisa prévia e um planejamento, pois alguns vistos têm um período para ser aprovado.

Esse planejamento irá dar bastante base para se preparar para as entrevistas no consulado, e separação de documentos necessários, caso seja necessário.

Gostou desse conteúdo? Seu perfil se encaixa em alguma dessas categorias visto? Deixe um comentário e compartilhe conosco e com os nossos leitores, a sua opinião e as suas ideias!

 

Esse artigo foi escrito pela Equipe de produção de conteúdo da Red Consulting Serviços e Consultoria.

 

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.