guest post Mônica Godinho

Gestão e controle de vendas: saiba o passo a passo de como utilizar

Com o tempo cada vez mais escasso e o mundo cada vez mais dinâmico, os empreendedores tiveram de se adaptar a essas mudanças. Hoje veremos algumas dicas para ajudá-lo em sua gestão e controle de vendas.

Para que a empresa tenha um fluxo de caixa bom e estável, seus setores devem ter uma comunicação limpa e transparente. No qual, cada um realiza suas funções sem causar empecilhos ao outro, criando sistema organizacional rápido e eficiente.

Seja uma fábrica de peças plásticas ou uma multinacional que venda carros importados, sem uma boa integração entre os setores da empresa, o negócio não vai para frente, podendo causar várias dores de cabeça e prejuízos.

Portanto, elaboramos uma lista de dicas que vão te ajudar a realizar uma gestão melhor e mais eficiente:

  • Tenha sempre tudo registrado;
  • Conheça muito bem os seus leads;
  • Defina metas e objetivos;
  • Acompanhe o trabalho de sua equipe;
  • Crie e acompanhe o mapa de fluxo; 
  • Utilize da tecnologia; 
  • Faça análises realistas.

Abaixo explicaremos com mais detalhes cada um desses passos para que consiga aplicar na sua organização.

01 – Tenha sempre tudo registrado

Por se tratar de muitos dados e informações que todos os dias entram e saem da empresa, o bom gestor deve sempre ter tudo registrado, principalmente, dados relacionados a transações comerciais.

Dados do cliente, impostos, preço unitário, propostas de serviços, tudo isso pode acabar sendo perdido e causar grandes problemas futuramente. Sempre é bom evitar qualquer futuro imprevisto, então tenha bem registrado esses arquivos.

Esses dados são praticamente a sua forma de criar relatórios eficientes, criando informações que o ajudarão a impulsionar o negócio e auxiliando a criar estratégias inteligentes e assertivas.

Isso significa que você deve documentar suas vendas também, sejam elas de produtos simples como um galão de água até um serviço mais complexo como instalação de fechadura eletrônica.

Com todas as informações juntas, você terá um leque de possibilidades ao lidar com seus clientes e possíveis novos leadsPara isso, é possível utilizar ferramentas como Hubspot CRM e Pipedrive automatizando o processo de organizar e documentar informações.

02 – Conheça muito bem os seus leads

Ter um bom relacionamento com seus leads é um dos pilares essenciais para o bom desenvolvimento de qualquer negócio.

Visto que, eles são aqueles que nos oferecem demanda e que de alguma forma, ajudam a divulgar e fazer o nome da empresa. O tratamento exclusivo e personalizado é o que todo cliente quer. 

Portanto, fazer com que ele se sinta único em relação a sua empresa é uma cartada de mestre, pois um cliente satisfeito é um que divulga seu trabalho e traz mais demandas.

Defina o tipo de público que você quer alcançar, definindo um perfil de cliente que sua empresa busca. Após isso, realize algumas entrevistas e crie personas, ajudando a deixar o tratamento mais humanizado e próximo.

Chame para conhecer a empresa, mostre suas qualidades e o quão disposto está para realizar as suas demandas. Compartilhe experiências, fale sobre assuntos como paisagismo e jardinagem, crie vínculos e seja efetivo.

03 – Defina metas e objetivos

Uma empresa que não tem metas e objetivos é igual a um barco à deriva prestes a afundar. 

Como todo planejamento, a empresa precisa estar bastante consciente de seu lugar atual do mercado, onde pode chegar e o que deve fazer para melhorar.

Defina um objetivo e crie estratégias que passo a passo irão fazer com que sua empresa chegue até ele. 

Assim como uma bússola nos guia em meio a mares perigosos, os objetivos guiarão a empresa por meio de diversos imprevistos.

04 – Acompanhe o trabalho de sua equipe

Seja vendendo pulseira de identificação para festa ou vendendo um carro, saiba quem são os seus vendedores do departamento de vendas. 

Eles são as pessoas que podem tanto impulsionar o seu sucesso quanto a sua falha.

Mantenha um bom relacionamento com eles e tente entender um pouco de suas práticas, como realizam as vendas, qual abordagem utilizam, quais as suas maiores dificuldades e se é possível fazer algo mais para ajudá-los.

Logicamente a empresa deve manter um faturamento médio para seguir adiante com seus planos, mas não olhe apenas para os números. 

Ensine e realize treinamentos para que outros profissionais alcancem a excelência dos melhores.

Utilize seus melhores vendedores como ferramenta para aumentar a efetividade dos demais, replicando o conhecimento e estratégias que utilizam com os clientes com outros do departamento, criando assim uma equipe de vendas sólida.

Reconheça o bom trabalho e recompense para manter sua equipe motivada. Se fará isso com um kit café da manhã, folgas ou comissionamento adicional depende da sua estratégia, mas quem não gosta de ser reconhecido pelo bom trabalho?

 

05 – Crie e acompanhe o mapa de fluxo

Tão importante quanto se planejar para algo é entender o funcionamento do negócio. 

Faça um organograma (se possível, deixe que todos da equipe tenham acesso a ele) e defina bem o passo a passo para que todos saibam suas funções.

Um profissional que aprenda o fluxo como um todo entende o seu papel dentro da grande “máquina”, onde ele é uma peça extremamente importante. É como se o profissional fosse uma engrenagem, que sem ela a máquina não funciona.

Portanto, sendo um fluxo sobre montagem de stands ou como realizar vendas por meio de uma plataforma específica, deixa muito bem detalhado para que todos se encontrem e não se percam durante o processo.

Programas como o Microsoft Visio são focados especialmente em te ajudar a criar diversos fluxogramas e organogramas. É uma boa alternativa caso esteja em dúvida de como criar um.

06 – Utilize da tecnologia 

A tecnologia está presente em nossas vidas diariamente. O simples fato de pegar o celular, abrir o WhatsApp e enviar uma mensagem de áudio e o destinatário receber quase que instantaneamente é algo que a alguns anos atrás seria impossível.

No mundo do empreendedorismo não seria diferente, inclusive muitos aplicativos, plataformas e estratégias são criados utilizando dos avanços tecnológicos como sua principal ferramenta.

Existem ferramentas que realizam muitas das funções que comentamos até o momento de forma automática, evitando o tempo gasto caso fosse feito de forma manual e evitando possíveis erros que são comuns de nós, humanos.

Existem dois motivos para se buscar um software que te ajude a desenvolver essas funções: o ganho de tempo e a eficiência da automação.

Para atingir tal nível de excelência é necessário uma grande gestão patrimonial, mas não é nenhum bicho de sete cabeças. 

O CRM (Customer Relationship Management – Gestão de Relacionamento com o Cliente) são aplicativos que te ajudam a organizar todas as informações tanto suas como do cliente em um único banco de dados de forma rápida e intuitiva. 

Além desses benefícios, eles também automatizam muitos processos, permitindo até mesmo importar alguns dados e criando um perfil, seja de funcionários ou clientes. 

É uma espécie de crachá de identificação virtual com muitas outras informações relevantes.

07 – Faça análises realistas

Por último, porém não menos importante, utilize as ferramentas já descritas (ou alguma outra de sua preferência) para analisar os dados obtidos com as vendas de forma realista e objetiva.

Existe um velho ditado que diz “o pior cego é aquele que não quer ver” e ele se aplica extremamente bem no quesito vendas, já que muitas vezes preferimos ver o espectro de forma positiva ou negativa, e nem sempre com neutralidade.

Se feito de maneira correta, todas as ferramentas utilizadas até o momento irão gerar bons relatórios, e consequentemente, uma situação mais realista e palpável do momento atual da empresa.

Se junto com pessoas de sua confiança ou sócios e analisem juntos o relatório. A decisão a ser tomada varia de lugar para lugar, de negócio para negócio, mas nunca é bom tomar a decisão completamente sozinho.

Algumas pessoas a mais te ajudam a ter pontos de vistas diferentes, perspectivas diferentes sobre um mesmo tema. 

Consequentemente, estratégias diferentes e novos métodos de se abordar um problema e encontrar uma solução mais eficiente.

Considerações finais

Lembre-se de seguir as metas estipuladas, elas podem ser seu guia na hora de tomar alguma decisão importante, pois todos querem a mesma coisa: ver o negócio se expandir.

Se o negócio expande, será necessário mais pessoas para lidar com ele, mais profissionais competentes, novos profissionais em cargos de pessoas que foram promovidas. Tudo cresce de forma gradativa.

Espero que essas dicas tenham te ajudado a como gerir e controlar um departamento de vendas, para isso não esqueça de colocá-las em prática. Seja criativo e torne-se um gestor exemplar.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.