acompanhamento Camila Fiori

Website Builders são compatíveis com SEO? Veja Como a Sua Escolha Pode Afetar Sua Estratégia de Marketing?

Não é raro encontrar usuários que reclamam do desempenho dos construtores de sites nos motores de busca. Há, inclusive, alguns que argumentam que é impossível se posicionar nas primeiras páginas usando-os.

No fundo, o que realmente conta para possuir um bom desempenho SEO é o tempo e esforço investidos. No entanto, também é verdade que alguns website builders não são adequadas para projetos pesados ​​de SEO.

Pensando em sanar esta dúvida, criamos um artigo que, entre outras coisas, irá responder suas dúvidas mais comuns sobre website builders e seu desempenho em projetos SEO.

 

O Que é SEO?

Algumas pessoas ainda não sabem o que a palavra SEO significa, mesmo quejá tenha lido ou ouvido falar sobre ela. A sigla significa “Search Engine Optimization”, e basicamente abranje um conjunto de técnicas que ajudam os sites a ter uma classificação mais elevada nos motores de busca (por exemplo, Google ou Bing).

O objetivo final é aumentar a visibilidade, de preferência se posicionando no topo desses mecanismos de busca, o que significa mais cliques e mais visitantes. Ao contrário do tráfego pago – onde você investe em plataformas para que seu conteúdo ou produto seja mostrado –  os visitantes provenientes de seus esforços de SEO – também conhecido como tráfego orgânico – são “gratuitos”.

Claro que nem tudo são flores, e exatamente por isso, botamos a palavra gratuitos entre aspas no último parágrafo. A verdade é que atualmente, há muitas pessoas lutando pelo tráfego orgânico, e com tanta competição, é inevitável que recursos sejam gastos.

Portanto, não é exatamente gratuito. Mas continue lendo para ter uma ideia de como os mecanismos de pesquisa funcionam e como você pode melhorar seu desempenho de SEO com um construtor de sites.

Como Chegar No Topo? – Ou Perto Disso

Basicamente, para chegar até as primeiras posições, você precisa entregar o que o seu público alvo quer, através de um conteúdo relevante e de alta qualidade. Parece simples, certo?

Em teoria sim, mas existem ainda outros fatores que podem fazer as coisas um pouco mais complicadas. Confira a seguir alguns dos fatores SEO mais importantes:

Palavras-Chave

O ciclo de vida do SEO começa com as famosas palavras-chave. Elas são basicamente o que usuários inserem para realizar suas pesquisas, e podem variar desde termos específicos até mesmo termos mais abrangentes.

Antes de publicar qualquer conteúdo, você deve fazer uma pesquisa de palavras-chave com e decidir qual será sua palavra-chave primária. Normalmente, você analisa os volumes de pesquisa para as palavras-chave potenciais e a intensidade da competição.

 

On-Page vs Off-Page

O conteúdo do seu site é o que é mais relevante para o seu usuário e para o Google. O modo como ele será escrito contará pontos para a chamada otimização On-Page.

Existem vários outros fatores que contam pontos para o seu SEO On-Page, e o mesmo nada mais é do que as técnicas que você utilza dentro de seu site ou página afim de melhorar o rankeamento nos motores de busca.

A otimização interna se complementa com a externa – Off-Page – onde você terá de trabalhar duro para conseguir que outros sites de autoridade apontem para o seu. E aqui vai uma palavra que é amada por alguns, e odiada por muitos no mundo do SEO: Backlinks.

 

Estes são essencialmente outros sites inserindo um link que direciona para o seu site dentro do site deles. Quanto mais você consegue, em teoria, melhor você fica ranqueado.

 

Website Builders São Compatíveis com SEO?

Após esta breve introdução ao assunto SEO, iremos abordar como você pode unir o útil ao agradável em relação aos website builders e técnicas de ranqueamento.

Caso você não tenha conhecimento sobre website builder, podemos te dar um breve resumo dizendo que é basicamente um software que te impede de gastar semanas e milhares de reais contratando desenvolvedores para desenvolver seu website. Com o construtor de sites, você fica a alguns cliques de montar seu website, e encontramos um artigo muito bem explicado do websiteplanet, explicando tudo sobre websitebuilders.

Existem, porém algumas ferramentas que podemos utilizar em nosso projeto para um melhor desempenho nos motores de busca. Listamos alguns a seguir:

Google Analytics E Outros

Atualmente, essa é a ferramenta mais confiável e utilizada no mundo. Todos sabemos que o Google é o motor de pesquisa mais utilizado no Brasil, então, porque utilizar outra ferramenta que não a da própria Google?

Afinal, estamos querendo ganhar na plataforma deles, com as regras deles. Com o Google Analytics, você tem as informações providenciadas pela empresa, e devemos usá-las com sabedoria.

Além do Analytics, podemos mencionar o Google Search Console, e também o MozBar, que são ferramentas excelentes, mas com funções um pouco diferentes, mas que se complementam entre si.

 

Conclusão

Hoje em dia, é possível começar o seu e-commerce com um website builder e aliar sua estratégia principal às técnicas de SEO.

Devemos ressaltar que Você provavelmente cometerá alguns erros ao escolher suas primeiras palavras-chave e como segmentá-las, mas como dizem “a prática leva à perfeição”.

Nem todo construtor de sites tem os mesmos recursos, embora a maioria venha com os recursos básicos de SEO de que você precisa. Existem vários disponíveis no mercado, e como a finalidade deste artigo não é indicar esse ou aquele, indicamos que acesse o artigo que indicamos na metade do artigo para ter uma melhor noção sobre o assunto.

Esperamos que este artigo tenha sido de valor, e desejamos muito sucesso em sua empreitada no mundo de e-commerce.

 

Sobre o autor | Website

Apaixonada por comunicação. Formada em Jornalismo e blogueira por Hobbie. Atual responsável por este e vários outros blogs de Internet Marketing.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.