guest post Henrique

Como tratar otite em filhotinhos?

A otite canina é um problema comum, mas não deixa de ser algo muito incômodo para os cachorros.

Não são apenas os humanos que sentem dores, têm infecções e ficam doentes: os animais também estão sujeitos a terem doenças e, muitas vezes, esses problemas curiosamente têm os mesmos nomes e sintomas das doenças humanas.

É o caso da otite, uma doença auditiva comum que leva muitos cães ao centro veterinário, já que ela os atinge em todas as idades e por diversos motivos. É preciso ficar atento aos sintomas para não deixar o seu amigo de quatro patas sentindo dor, já que todos sabemos que dor de ouvido é algo muito incômodo e atrapalha as nossas atividades do dia a dia. 

O que é otite canina?

A otite nada mais é que uma inflamação de ouvido mais especificamente no conduto auditivo do animal que pode atingir qualquer cachorro, de qualquer idade. Porém, é nas raças que possuem as orelhas caídas, como Beagle e Golden Retriver, que o problema é mais comum. 

A otite acontece porque quando a área do ouvido do animal fica úmida, a proliferação de bactérias e fungos naturais tende a aumentar, favorecendo infecções e provocando a otite. Esse aumento da proliferação de bactérias e fungos acontece também quando a imunidade do animal fica baixa, o que faz com que tenhamos que ter atenção redobrada aos sinais de imunidade, como abatimento, cansaço e falta de apetite.

Outras causas da otite são ácaros, alergias, entrada de corpos estranhos no ouvido, como algodão, água ou outros objetos e a falta de higiene. Afinal, não são só os humanos que precisam limpar os ouvidos.

Quais os sintomas?

Animais podem não saber falar, mas eles sabem expressar muito bem quando há algo de errado em seus corpos.

 

Por isso, fique atento à coceira constante nas orelhas, sinais de vermelhidão e inchaço e até mesmo odores fortes vindos do ouvido do cachorro. Esses são os principais sintomas de otite, que, em casos mais sérios, pode também fazer com que o cachorro tenha febre.

Como tratar a otite em filhotes?

Seja um filhote ou um cão já idoso, é muito importante levar o animal ao veterinário. Por lá, será possível descobrir qual o melhor tratamento para a doença, além de avaliar outros aspectos da saúde do cachorro e também se houve algum tipo de alteração ou dano devido à otite.

O mais comum é tratar a otite com o uso de antibióticos e anti-inflamatórios receitados, além da higienização correta feita segundo instruções do veterinário. O tratamento mostra resultados em um período de 1 a 3 semanas, dependendo da causa da otite e do remédio usado. Em casos mais graves, pode ser que o tratamento com remédios não seja mais eficaz, o que leva à necessidade de cirurgia.

Como prevenir a otite em cães?

A verdade é que não existe remédio melhor que a prevenção e, para prevenir a otite, só são necessários alguns cuidados básicos com seu filhote. Mantenha os ouvidos do cachorro limpos e higienizados. Procure fazer uma limpeza no local uma vez por semana, seguindo instruções dadas pelo veterinário e produtos adequados para a tarefa. 

Na hora do banho, evite deixar que entre água no ouvido do cachorro, pois isso é uma das razões da otite canina. Fique de olho também para evitar que corpos estranhos entrem nos ouvidos do animal. Verifique isso com frequência.Além disso, nada melhor que manter check-ups periódicos com o veterinário, que poderão identificar problemas em estágio inicial e tratá-los antes que eles comecem a incomodar o seu animal ou se tornem algo mais grave. E lembre-se sempre: essas dicas servem para cães de todas as idades. A saúde do seu bichinho de estimação é muito importante, independentemente da fase da vida em que ele está.

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.