publicidade Thaís Correa

Lifetime value (LTV): o que é e como calcular?

Pensando na melhoria do empreendimento, o Lifetime Value pode vir a somar com o crescimento de um negócio.

Tudo vale na hora de melhorar os investimentos do negócio e entender aquilo que o seu cliente deseja, ou até mesmo o que faz com que ele desista da sua empresa.

Basicamente, essa é uma métrica que compreende o valor do seu cliente, pelo tempo em que ele fica na empresa, colocando investimentos em um produto ou serviço oferecido.

Para um negócio de piso de concreto polido saber o Lifetime value pode ser a chave para a melhoria de diferentes pontos, dentre eles: 

  • Valorização do consumidor;
  • Mudanças nas  estratégias de vendas;
  • Custos em relação a anúncios e publicidades;
  • Melhoria de produtos.

Dessa forma, por meio de um cálculo fácil e simples de alinhar com outras métricas tão importantes quanto a Lifetime value, é possível chegar a economias e maiores ganhos.

Sem mais delongas, no texto abaixo você vai entender um pouco mais sobre esse conceito, sabendo melhor seus principais benefícios dentro de uma empresa de manutenção de copiadoras e algumas dicas infalíveis para obter o máximo de sucesso com ela.

Afinal, o que é Lifetime Value?

A Lifetime Value (LTV), ou em português, valor vitalício, é uma métrica adquirida por meio de um cálculo, mostrando como resultado o valor, em dinheiro, que identifica os investimentos feitos por um cliente em um negócio em todo o tempo que ele permanece.

Em outras palavras, por meio da LTV é possível descobrir o quanto é gasto por uma pessoa dentro de uma empresa de limpeza, e como isso pode ter significado para as vendas.

Para encontrar esse valor, é preciso, primeiramente, somar todas as entradas de pagamentos feitas por esse cliente, independente do tempo que elas ocorreram, mas sempre contando até o momento em que ele permaneceu dentro da sua companhia.

Por exemplo, podemos ter como caso de estudo uma empresa de maquiagem, onde o cliente que será estudado fez cinco compras, gastando nessa soma cerca de R $500. 

Esse consumidor em específico ficou com a empresa, ou seja, fez a sua última compra, em um espaço de três anos. 

Dessa forma, utilizando a fórmula do Lifetime Value, podemos encontrar os seguintes valores:

LTV: (valor das compras totais) x (número de compras por ano) x (anos de permanência).

Assim, seguindo o uso de dados do exemplo acima, temos: LTV: 500x5x3 = R $7500.

O valor acima representa o preço do cliente considerando todo o seu tempo na empresa. 

Encontrar esse valor serve para inúmeras condições e estratégias, sendo a principal delas entender quanto vale um cliente em média, a partir de uma noção com todos os clientes.

Neste sentido, a média total de uma empresa de venda de computador usado representa o valor de investimento, sendo então utilizado para entender pontos que dizem respeito a investimentos, compras, mudanças em produtos e até mesmo procura por erros.

Abaixo, vamos entender algumas formas de encontrar os benefícios desse cálculo.

Alguns dos principais benefícios

A partir da compreensão sobre o que é o LTV e como encontrar essa métrica, fica fácil determinar alguns pontos de análise, começando pelos valores que uma empresa coloca em investimentos, como compras de materiais e reposições de produtos.

Se existe um valor determinado a partir de cada cliente, e sua empresa costuma a ter X consumidores, fica fácil entender quanto de rendimento seu negócio pode ter.

Essa compreensão, somada a períodos, como no caso de um ano de funcionamento, consegue transmitir uma média a ser baseada no negócio e especialista em manutenção predial que trabalha da empresa, moldando sua saúde financeira.

Afinal, tendo em mãos um preço que mostra o valor por ano de rendimentos de um negócio, fica mais fácil saber determinar se houveram quedas em vendas ou até um aumento.

Outro ponto interessante para a empresa a partir dessa descoberta é em meio a investimentos relacionados a custos com comunicação e marketing, que muitas vezes pedem por pagamentos relacionados a:

  • Postagens;
  • Anúncios;
  • Parcerias;
  • Publicidade;
  • Eventos.

Se o valor ganho pela empresa por cada cliente em um ano é, por exemplo, R $5 mil reais, é preciso estar atento aos valores que totalizam os pagamentos feitos por essa equipe, ainda mais aqueles relacionados ao custo de aquisição de clientes.

 

Esse conceito define o quanto estratégias de marketing devem gastar para conseguir pelo menos um novo cliente, e de que forma isso pode ser interessante para a empresa.

Outro ponto, não tão relacionado a números e valores dentro do LTV é a respeito da observação da jornada do cliente dentro da empresa, principalmente a partir do encontro do número de compras feitas por ele e o tempo que ele ficou até sair do negócio.

Isso pode mostrar inúmeras questões consideradas problemáticas, como o caso de uma insatisfação com um serviço ou até mesmo um produto que não é inovador.

Entender e estudar o que leva um consumidor a sair ou entrar em uma empresa de redes de proteção para sacada é essencial para que haja uma reformulação das formas de venda, mas sobretudo daquilo que é oferecido, entendendo de fato o que o cliente quer.

Se existe uma grande porcentagem de clientes que tendem a sair da sua empresa, por exemplo, logo após a segunda compra, é sinal de que algo está errado.

Afinal, embora existam diversas empresas, algumas com serviços que tendem a ser longilíneos, e outras com um olhar de vendas mais pontual, é sempre importante trabalhar formas de manter um cliente, tornando-o fiel e interessado na marca em si.

Essa também é uma grande oportunidade para que o negócio descubra mais sobre eventuais oportunidades que podem estar sendo desperdiçadas.

Por exemplo, se no caso da sua empresa existem vendas que acabam sendo mais altas no começo e mais baratas no final da jornada do cliente, é possível entender que algum valor pode estar alto, o que demanda a busca pela diminuição do valor ou de promoções.

Maneiras de obter sucesso com o LTV

Se bem utilizada a Lifetime Value pode trazer ao seu negócio de vendas de estante em madeira grande vantagens, melhorando os resultados da empresa, seja em relação a soluções vindas a partir da métrica, como novas chances de negócios.

Pensando nisso, separamos nos tópicos a seguir algumas ideias que podem ser interessantes para você e sua equipe. 

  1. Trabalhe a fidelização

A fidelização é um dos passos mais importantes no trabalho com o LTV, ainda mais em questão do entendimento do tempo em que o cliente fica consumindo na empresa.

Para começar, você pode passar a sugerir promoções especiais para clientes antigos, cupons, atendimentos personalizados, dentre outras formas de conexão.

  1. Peça feedbacks

Ainda que você tenha na sua frente o tempo e as escolhas de compra do seu cliente, é sempre importante pedir alguns feedbacks dele, já que este é o único que pode mostrar à empresa o que se passa dentro de uma experiência com a marca de letreiro para fachada.

Só assim fica fácil estabelecer mudanças concretas, e entregar a esse comprador aquilo que é importante para ele dentro da sua empresa.

  1. Considere as tendências de mercado

As tendências de mercado tem uma grande responsabilidade dentro das melhorias feitas com o LTV, pois amplia as chances do negócio conseguir se mostrar como interessante, sobretudo atuando nos novos tempos de compra.

Uma boa dica é entender mais sobre como seus produtos são interessantes, de que forma seus serviços tem algum diferencial, dentre outros pontos importantes.

  1. Trabalhe junto com o churn rate

O Churn Rate é uma métrica utilizada para entender o número de clientes que abandonam um serviço ou produto, o que evidencia uma falha ou até mesmo uma insatisfação.

Por meio do encontro dessa taxa é possível pontuar o que é um problema dentro da empresa, e utilizando o Lifetime value, fica fácil saber que o valor do cliente cai a cada métrica de Churn, ou seja, as duas métricas se acompanham para encontrar mudanças.

  1. Invista em marketing

O marketing é fundamental para aumentar o reconhecimento do seu negócio, ainda mais em meio a vendas online. 

Por isso, trabalhe sempre novas estratégias para fazer com que mais clientes conheçam e se encantem pela sua marca, aumentando então o LTV.

Considerações finais 

Em resumo, por meio do artigo acima foi possível entender o valor do LTV, sobretudo em relação aos benefícios financeiros que ele pode trazer para sua empresa.

Por isso, não deixe de utilizar essa estratégia, apontando a métrica em relação a outras tão importantes, que evidenciam o comportamento do cliente e relevância dos seus produtos.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.