guest post Mônica Candido

Mercado de Vendas Online: Mito ou Verdade

Durante a pandemia, segundo a Hotmart, o volume de compras por cursos online cresceu 161% entre maio de 2019 e o mesmo mês em 2020, aquecendo ainda mais o mercado de vendas online.

A crise provocada pela pandemia de COVID-19 foi responsável por um aumento considerável no número de brasileiros desempregados. Uma pesquisa realizada pelo IBGE apontou que esse número pode chegar a quase 15 milhões.

A partir daí, surge o mercado digital, que ganhou grande notoriedade nos últimos meses, como uma possível alternativa ao desemprego.

Dentre as diversas áreas que contemplam a área do Marketing Digital, uma das promissoras atualmente é o mercado de vendas online, ou seja, vendas pela internet.

A Hotmart, plataforma de hospedagem e que serve como intermediador no momento das vendas, realizou uma pesquisa em que constatou que o número de pessoas que compraram novos cursos online aumentou quase 161%. Este aumento foi benéfico para vários setores do Marketing Digital, especialmente para quem trabalha com vendas online.

De qualquer forma, muito ainda se tem questionado sobre o mercado de vendas online. Dúvidas como “Será que esse mercado realmente vale a pena?” ou “Como funcionam as vendas” são apenas alguns dos questionamentos que as pessoas iniciantes costumam fazer.

Neste conteúdo, vamos abordar que esse mercado não trata-se de um mito, mas sim uma verdade absoluta em que muitas pessoas estão ganhando dinheiro apenas trabalhando com o seu laptop.

Antes de tudo, é importante ter em mente que esse mercado basicamente é composto por dois diferentes tipos de profissionais, mais o intermediador que será responsável por realizar os pagamentos.

1. Infoprodutor

O Infoprodutor é aquela pessoa que vai ser responsável pela criação do produto que será vendido. Esse produto pode ser tanto físico como digital.

É ele que muitas vezes vai ter o maior trabalho, pois será responsável por pensar na ideia, criar o produto, refinar o produto e planejar a estratégia de lançamento e divulgação.

Qualquer indivíduo pode se tornar um infoprodutor, basta possuir criatividade para criar algo novo no mercado que alguém estaria disposto a pagar por isso, como um curso online.

É claro que há diversas outras habilidades necessárias para ser um infoprodutor, como a de ter conhecimento em uma área específica de um nicho de mercado.

Na maioria das vezes, esses infoprodutos digitais são voltados para o ambiente de educação online, em que é ensinado algo específico sobre determinado assunto.

Há diversos tipos de infoprodutos digitais, mas os principais são:

1. Cursos 

Atualmente, os cursos online são os principais tipos de infoprodutos digitais vendidos na internet.

Talvez, devido ao fato de serem facilmente escaláveis e sempre estarem resolvendo algum tipo de dor do comprador.

Outro aspecto positivo nos cursos online é que pelo fato das aulas serem gravadas, o aluno na maioria das vezes tem a opção de ter acesso vitalício, podendo revê-las quando bem entender.

É possível encontrar cursos online dos mais variados assuntos. Normalmente, os mais comuns são cursos relacionados a:

  • Cursos de Marketing Digital
  • Cursos de Day Trader
  • Cursos de Maquiagem
  • Cursos ensinando a fazer brigadeiros, hambúrgueres etc
  • Cursos sobre Relacionamento
  • Cursos ensinando exercícios para emagrecimento

2. Ebooks

Os ebooks também fazem muito sucesso no mercado do Marketing Digital.

Eles podem ser gratuitos, ou seja, o infoprodutor oferece gratuitamente com o intuito de capturar o email do usuário interessado, ou pode ser pago.

No caso dos ebooks gratuitos, essa captura de email serve principalmente para o infoprodutor trabalhar uma estratégia de inbound marketing. Em outras palavras, após a captura do email, o infoprodutor vai mandar vários emails estratégicos para a pessoa até convencê-la que seu produto digital pode satisfazer a dor dela.

Já no caso dos ebooks em que é necessário pagar para ter acesso, geralmente são ebooks mais completos sobre um determinado assunto, que muitas vezes podem ser melhores que até alguns cursos.

Um ponto positivo dos ebooks é que costumam ser mais baratos que os cursos online, então acabam sendo mais acessíveis e também mais fácil de escalar, ou seja, vender para mais pessoas.

3. Audiobook

Os audiobooks também são bem interessantes. Similares ao ebooks, também fazem muito sucesso no ambiente de vendas online.

 

Muitas pessoas acabam tendo dificuldade de reter conhecimento apenas lendo algo sobre um determinado assunto. É aí que entram os audiobooks.

Com eles, esse público que possui essa certa dificuldade pode aprender sobre o tema de interesse apenas ouvindo, sem precisar ler, necessariamente.

Também costumam ter um preço bem menor que os cursos e como consequência, são facilmente escaláveis.

4. Afiliado

O Afiliado é o profissional que será responsável por realizar as vendas dos infoprodutos digitais.

Há dois principais tipos de afiliados, o afiliado de produtos físicos e o afiliado de produtos digitais. Para cada tipo há uma estratégia diferente, por isso é importante saber o que é um afiliado digital, assim fica mais fácil definir uma boa estratégia.

Esses profissionais normalmente utilizam diversas estratégias para vender os produtos, utilizando tráfego pago ou tráfego orgânico. Vale ressaltar que alguns afiliados digitais mais experientes utilizam as duas estratégias de tráfego.

Nas estratégias de tráfego pago, geralmente esse tipo de profissional cria anúncios nas mais variadas plataformas para anunciantes do mercado.

As mais comuns costumam ser o Facebook Ads, Google Ads, Instagram Ads, YouTube Ads, LinkedIn Ads, Taboola e Outbrain.

Uma vez que o afiliado digital entende bem qual é o público alvo daquele produto que ele está tentando vender, ele cria anúncios, ou seja, compra espaço publicitário para aparecer nessas redes sociais usadas pelo público alvo do produto.

Há também a estratégia de utilizar o tráfego orgânico. Este tipo de tráfego tem seus pontos positivos e negativos. 

Geralmente leva mais tempo para dar resultado, porém a partir do momento que o afiliado começa a construir uma audiência e vender no orgânico os resultados costumam ser ainda melhores.

Pois, ele está gerando um público qualificado, que está disposto a consumir o conteúdo produzido pelo afiliado, tanto no blog como nas redes sociais, como Instagram e YouTube. 

Com isso, a chance de vendas aumenta bastante, sem contar que o afiliado não precisa mais ficar refém de anúncios para ter um bom desempenho em suas vendas online.

A partir daí, cada venda que o afiliado realizar ele será comissionado com um valor que foi pré-estabelecido no momento da afiliação ao infoproduto.

Essas comissões variam bastante, mas geralmente ficam em torno de 50 a 70% da venda. Ou seja, se o afiliado vender um infoproduto a R$1.000 e a comissão for de 70%, o afiliado irá ganhar R$700 por cada venda realizada.

2. Intermediador

Nesse mercado de Marketing Digital, para as vendas online acontecerem é necessário que haja um intermediador. Esse intermediador vai ser responsável por organizar como serão realizados e distribuídos os pagamentos.

Os intermediadores mais comuns no mercado são:

  • Hotmart
  • Monetizze
  • Braipe
  • Eduzz

Nessas plataformas, tanto o infoprodutor como o afiliado irão realizar um cadastro. 

Após o cadastro, no caso do afiliado, ele que vai ser responsável por se afiliar ao produto em questão e o infoprodutor irá aprovar ou não essa afiliação.

Quando o afiliado fizer a venda, a plataforma que vai ser encarregada de fazer o pagamento para esse profissional e também para o infoprodutor, tudo feito de forma automática e segura.

Foi possível notar que o mercado de vendas online funciona sim, desde que seja montada uma boa estratégia de divulgação, lançamento e vendas.

Seja trabalhando como Infoprodutor ou como Afiliado Digital, as opções são muitas para quem quer ganhar dinheiro com vendas online.

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.