guest post Gustavo

O que se sabe até agora sobre o próximo concurso para o Ibama?

O concurso Ibama vem causando muita ansiedade por sua quantidade alta de vagas e o ótimo salário das ocupações. Quer saber tudo sobre esse concurso? Leia aqui!

Os concursos públicos são ótimas opções para quem busca boa remuneração, estabilidade e trabalhos com causas sociais e ambientais. Em setembro deste ano foi instituída a comissão para a coordenação do concurso Ibama de 2021/2022.

O Ibama atua como uma polícia ambiental, fiscalizando e monitorando os usos do meio ambiente e executando políticas nacionais referentes a este campo junto ao Ministério do Meio Ambiente.

Quer saber mais sobre como será o concurso Ibama previsto para os próximos meses? Continue lendo!

Cargos e salários

O Ibama solicitou ao Ministério da Economia a abertura de concurso para 2.311 vagas distribuídas entre os cargos: Analista Ambiental, com 970 vagas, Analista Administrativo, com 336 vagas e Técnico Administrativo com 1005 vagas.

Estes são os mesmos números solicitados em 2020, porém essa solicitação ainda não foi confirmada pelo governo. O que temos confirmada é apenas a realização do concurso para esses três cargos, enquanto a quantidade de vagas segue em negociação.

O governo já havia autorizado 568 vagas: 96 para Analistas Ambientais, 40 para Analistas Administrativos e 432 para Técnicos Ambientais. Porém, o órgão alega que esses números são insuficientes, pois há 2.947 cargos vagos na instituição. Portanto, mesmo que não sejam abertas todas as vagas solicitadas neste primeiro concurso, podemos esperar novas solicitações de concursos em breve.

Os salários variam entre 4.036,34 reais para os níveis técnicos e pode chegar até a 8.547.64 reais nos níveis administrativos.

Requisitos para as vagas

Para o cargo de Técnico Ambiental, você pode se inscrever se tiver diploma de ensino médio ou técnico emitido por uma instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação.

Já para os cargos de Analista Ambiental e Analista Administrativo você deve portar o diploma de graduação em nível superior reconhecida pelo Ministério da Educação e também o registro no órgão de classe (por exemplo: OAB, CRM, CREA, etc.) quando for pertinente.

 

O que faz cada profissional

Os Analistas Administrativos atuam no controle interno, gestão de pessoas, de materiais, de patrimônio, de contratos e convênios, além de serem responsáveis pelas áreas de tecnologia, finanças e contabilidade. Ademais, eles são responsáveis pela emissão de relatórios, pesquisas de legislação, distribuição e controle dos materiais, gestão de documentos e atendimento ao público.

Já os Analistas Ambientais têm como incumbência a realização do planejamento, monitoramento, gestão, proteção e conservação ambiental. Além disso, atuam na área de regulação, fiscalização, licenciamento e auditoria ambiental. Também são responsáveis também pela difusão de programas de educação ambiental.

Por fim, os Técnicos Administrativos prestam suporte para os Gestores e Analistas Ambientais, além de realizarem a coleta, seleção e tratamento de dados.

Como foram os últimos concursos?

O último concurso IBAMA foi realizado em 2013, para Analistas Administrativos e em 2012 para Técnicos Administrativos e Analistas Ambientais. Para o concurso de Analista Administrativo, era esperado que o candidato realizasse duas provas. 

A primeira delas era objetiva, abarcando conhecimentos gerais (língua portuguesa, informática, matemática, raciocínio lógico, atualidades e direito constitucional) e conhecimentos específicos (direito administrativo, legislação ambiental, administração geral e pública, administração de recursos materiais, gestão de pessoas, ética no serviço público e administração financeira). A prova discursiva consistiu em uma redação de até 30 linhas.

O concurso para Técnico Administrativo consistiu em uma prova objetiva com conhecimentos básicos (noções de língua portuguesa, noções de informática, atualidades, matemática e ética no serviço público) e conhecimentos específicos (noções de direito constitucional, direito administrativo, legislação ambiental, gestão de pessoas, arquivologia, administração).

Por fim, para o concurso de Analista Ambiental houve uma prova objetiva com questões de conhecimentos básicos (língua portuguesa, ética no serviço público, atualidades, noções de direito constitucional, noções de direito administrativo, legislação ambiental).

Além disso, houve outra de conhecimentos específicos (o candidato poderia escolher três áreas: licenciamento ambiental; gestão, proteção e controle da qualidade ambiental; e monitoramento, regulação, controle, fiscalização e auditoria ambiental). Também houve uma prova discursiva, que foi uma redação e duas questões sobre a área escolhida pelo candidato. 

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.