redes sociais SEO Mônica Candido

10 Dicas para uma estratégia de sucesso no LinkedIn 

Por muito tempo, o LinkedIn foi muito mais do que uma simples troca de empregos ou apenas uma rede de carreiras. Acima de tudo, o LinkedIn está se provando cada vez mais como uma ferramenta de marketing potente. Mas quando você fala sobre marketing, você também precisa de uma estratégia bem pensada. 

É aqui que os leads podem ser gerados, os relacionamentos profissionais estabelecidos e o reconhecimento da marca, construído. A seguir estão dez dicas para uma estratégia de marketing bem-sucedida e, acima de tudo, sustentável no LinkedIn para sua empresa.

1. Defina os Objetivos claros 

Somente quem conhece seu destino pode planejar o caminho até lá. Claro, isso também se aplica aos projetos no LinkedIn. A publicação de um gráfico, texto ou referência cruzada depende muito do seu objetivo final. 

Portanto, defina seus objetivos básicos logo no início da formulação de uma estratégia de marketing para o LinkedIn. Dessa forma, você sempre tem uma orientação para a formulação de objetivos ampliados e mais precisos.

Exemplos dessas metas abrangentes podem ser:

  • Tornar a marca mais conhecida no mercado
  • Fortalecer a reputação da marca
  • Gerar leads
  • Impulsione as vendas

Além dos objetivos básicos, o público-alvo também deve ser claramente definido. Ambas as definições simples e valores sócio-demográficos ajudam aqui. Neste ponto, você também pode acessar avaliações externas do seu site, por exemplo, através do Google Analytics. Isso facilita a identificação de públicos-alvo em potencial.

2. Torne a página da empresa forte 

O cartão de visita da empresa no LinkedIn é a página da empresa. Os interessados ​​de todos os tipos encontrarão você aqui pela primeira vez. É essencial que todas as informações sobre a empresa como por exemplo, de sistema de gestão de condomínios estejam visíveis aqui à primeira vista. 

“Onde está localizada a empresa?”, “Onde está o conhecimento técnico do provedor?” e outras questões óbvias devem ser respondidas diretamente. Além disso, vale a pena criar um link para o site da própria empresa e exibir as informações internas da empresa de forma transparente. 

Isso inclui, por exemplo, o número de funcionários. Para que você não precise se preocupar com isso, o LinkedIn faz as perguntas certas ao criar a página da empresa. Além de um título adequado e uma foto de perfil, uma descrição significativa da empresa não deve faltar.

3. Otimize regularmente 

Apenas aqueles que otimizam constantemente o site de sua empresa acabarão no topo dos resultados de pesquisa, tanto dentro quanto fora do LinkedIn, tornando-os mais fáceis de encontrar.

Uma recomendação clara aqui é se colocar no lugar do público-alvo. Quais termos o público-alvo provavelmente usaria para pesquisar sua empresa? Use exatamente esses termos na descrição da sua empresa. Além disso, certifique-se de incluir um link para a página da sua empresa em seu perfil. 

Isso também o levará a uma posição mais elevada nas listas de resultados do Google, já que sua posição nos resultados da pesquisa também depende da frequência com que sites externos (por exemplo, LinkedIn) têm links para seu site.

Você também pode incentivar seus funcionários, que já usam o LinkedIn, a indicá-lo como empregador com o perfil da empresa vinculada. Com este procedimento você gera alcance. 

Quanto mais pessoas seguem seu perfil, mais relevante se torna o conteúdo compartilhado. Incentive as pessoas que não são da empresa a segui-lo no LinkedIn. Uma prática comum para isso é um link na assinatura do e-mail ou um botão no site.

4. O que os outros estão fazendo? 

Com a função “Empresas a serem rastreadas”, o LinkedIn oferece uma opção para monitorar concorrentes. Aqui, por exemplo, pode-se observar o crescimento de seguidores após uma postagem ou outra ação no LinkedIn. Portanto, vale a pena dar uma olhada nos melhores exemplos de outras empresas e, se necessário, incorporá-los à sua própria estratégia.

5. Fique fiel a si e ao público-alvo 

Manter seguidores é ainda mais difícil do que atingir a meta de seguidor previamente definida. Um canal pode rapidamente se tornar irrelevante por negligência. 

 

Portanto, aqui é importante ficar atento. Compartilhe um conteúdo realmente relevante para o seu público-alvo e, ao mesmo tempo, esteja alinhado com a linha da sua empresa.

Existem basicamente dois tipos de conteúdo que você pode compartilhar: Por um lado, existem guias e tendências atuais do setor. Por outro lado, vale a pena compartilhar os chamados “artigos de liderança inovadora”. Isso geralmente ajuda a aumentar o público e aumentar o envolvimento do público-alvo no LinkedIn.

Os artigos de liderança inovadora podem ser categorizados em três subformas:

  • Visão da indústria – pontos de vista sobre os desenvolvimentos na indústria
  • Insights sobre a empresa – fatos interessantes sobre a visão, os valores e a cultura de sua empresa
  • Insights do produto – possíveis soluções para os problemas do seu público-alvo

Importante: ao formular os artigos de liderança inovadora, certifique-se de que eles não são muito promocionais. Isso pode levar rapidamente ao desinteresse ou mesmo à aversão.

Para posicionar a empresa como aberta às notícias do setor, você também pode comentar e compartilhar postagens de outros membros do LinkedIn. É assim que você constrói relacionamentos e mantém o espírito social da plataforma. 

Não basta postar um link, no entanto. Resuma brevemente a contribuição para o seu público-alvo novamente. Use, por exemplo, um título, marcadores, imagens adequadas e, acima de tudo, hashtags adequadas.

6. Ilustre suas ideias 

De acordo com o LinkedIn, as imagens fornecem o dobro de interação dentro do público-alvo. Os vídeos, por outro lado, têm cinco vezes mais chances de iniciar uma conversa. PDFs (por exemplo, white papers) e apresentações também podem ser usados ​​aqui. Claro, a diretriz mencionada também se aplica aqui: Vídeos e imagens devem sempre sustentar a autenticidade de sua empresa e corresponder à sua marca.

7. Bom planejamento é essencial 

O conteúdo regular garante automaticamente um maior alcance. O LinkedIn recomenda postar pelo menos uma postagem por dia. Isso também desperta expectativas no público-alvo. Se você também descobrir o momento perfeito para postar para o seu público-alvo, nada impedirá um grande alcance.

8. Use sua equipe 

Com a função “Informar a equipe”, o LinkedIn oferece a opção de entrar em contato com todos os funcionários diretamente quando novas postagens são publicadas. Na melhor das hipóteses, seus funcionários compartilham e gostam das postagens e, assim, garantem um público mais amplo. Portanto, você deve sempre usar esta função sempre que possível.

9. Analisar as estatísticas 

O LinkedIn oferece uma ferramenta analítica interna para medir o sucesso de suas postagens. Os valores podem ajudá-lo a otimizar contribuições futuras e obter ainda mais delas. Você também pode ver qual forma de conteúdo recebe mais alcance e interações. Você pode então construir sobre isso.

10. Derive metas de estatísticas do site 

Com a Insight Tag, que pode ser integrada ao seu site, o LinkedIn oferece uma boa oportunidade para descobrir mais sobre o seu público-alvo. A Insight Tag é geralmente usada para avaliar campanhas de publicidade paga no LinkedIn. 

No entanto, mesmo sem uma campanha em andamento, ele fornece informações sobre as características demográficas dos visitantes do seu site que navegaram até ele a partir do LinkedIn.

No entanto, uma vez que os dados demográficos do site geram apenas uma análise de um número de pelo menos 300 usuários “rastreáveis” (aqui: usuários do LinkedIn que podem ser rastreados dessa forma), um nível correspondentemente alto de tráfego já deve estar disponível em seu site.

 

 

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.