guest post Gustavo

Cães e gatos sentem nossa energia?

Saiba como a energia humana pode afetar nossos pets

Presenciamos diversas situações durante o dia que consomem nossa energia, como estresse no trabalho, trânsito, ansiedade, imprevistos, problemas de saúde e entre outros. Isso tudo faz com que fiquemos mais cansados e com uma energia pesada, que pode se manifestar de diversas formas no nosso corpo.

Quando temos um animal de estimação em casa, é comum que eles também sintam nossos sentimentos e energias e se expressem de forma diferente. Os cães e gatos são bem emocionais e, quando os presenteamos com acessórios pet, eles costumam ficar bem animados e felizes.

Contudo, eles também reagem de forma contrária quando estamos tristes, por exemplo. Tudo isso tem ligação com nossa energia. Continue lendo e compreenda como nossa energia pode afetar os animais! 

Entenda como a energia humana pode afetar os animais

Os animais de estimação que são estressados, têm problemas graves, são ansiosos ou apresentam doenças podem ser afetados por essas situações por causas diversas. No entanto, não podemos excluir a influência humana e fatores comportamentais.

Isso, porque os cachorros e gatos não têm capacidade de se comunicar como nós, seres humanos. Eles latem, miam e se expressam por meio de sons e comportamentos. Já as pessoas têm capacidade de se consultarem com profissionais para falar sobre seus sentimentos, desejos e frustrações. 

Além disso, quando alguém desconta algum estresse e frustração, colocando essa energia em nossa vida, podemos filtrá-las e entender que não são nossas. No entanto, os pets não possuem esse filtro. Eles são bichos puros, que absorvem toda a energia que passamos para eles com nosso comportamento e palavras. 

Como consequência, esses animais se tornam cada vez mais parecidos com seus donos. Há uma mistura de energias, tanto boas quanto ruins. Por isso, eles também são afetados.

Gato sente energia negativa? 

Geralmente, as histórias mais conhecidas em relação a animais que sentem energia envolvem os gatos. Porém, eles sentem não só a energia das pessoas, mas do ambiente. 

 

Acredita-se que os felinos têm grande capacidade psíquica e, além de sentirem as energias negativas, eles conseguem absorvê-las e eliminá-las do ambiente. Além disso, quando um gato repousa por muito tempo, diz a crença que ele está transformando as energias negativas. Apesar desses relatos, não existe comprovação científica sobre o tema. 

Cães e gatos são sensíveis aos sentimentos dos donos? 

Quando falamos de energia, também estamos falando dos sentimentos que geram essa energia. Nesse sentido, um estudo realizado na Universidade Oakland, no Estado americano do Michigan, encontrou evidências de que os gatos são sensíveis aos gestos emocionais dos humanos.

Os pesquisadores descobriram que esses animais se comportavam de forma diferente quando seu tutor sorria e quando apresentava uma expressão mais triste. 

O interessante é que o padrão de comportamento observado na pesquisa foi complementarmente diferente quando os animais foram apresentados a pessoas estranhas. Portanto, os gatos aprendem a “ler” as expressões dos donos ao longo do tempo, alterando o seu comportamento.

No caso dos cachorros, um estudo revela que eles são capazes de sentir amor de verdade pelos seus tutores. Além disso, eles também sentem ciúmes do dono e reagem de outra forma quando o dono o ignora para interagir com outro animal. 

Que nossos bichinhos são sentimentais, não podemos negar, não é mesmo? Afinal, quando vamos alimentá-los, damos carinho ou os presenteamos com brinquedos e petiscos eles reagem de maneiras incríveis e positivas. Em situações que precisamos dar uma bronca, eles também tendem a obedecer e se recuar. 

Portanto, os animais expressam seus comportamentos de diferentes formas e também sentem os sentimentos e a energia dos seus donos. Por isso, tenha cuidado e sempre cuide da sua saúde energética para que não interfira gravemente nos animais de estimação.

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.