guest post Gustavo

Live commerce: tendência de vendas no e-commerce

Conheça mais sobre o live commerce e como ele está sendo replicado pelo varejo digital

Você já ouviu falar em live commerce? A necessidade de as pessoas ficarem em casa por conta da pandemia e a inserção da tecnologia no nosso dia a dia está fazendo com que o e-commerce repense as suas estratégias de venda.

O live commerce está ganhando cada vez mais notoriedade, principalmente por proporcionar um contato maior entre o público e a marca. É uma verdadeira plataforma de e-commerce ao alcance de todos. Quer conhecer um pouco mais sobre? Basta continuar a leitura!

O que é live commerce?

O live commerce é a fusão de vídeos de streaming ao vivo e comércio eletrônico. Isso dá aos clientes a confiança e a capacidade de encontrar respostas para  perguntas que os impediriam de adicionar um item ao carrinho e comprá-lo.

Quais são os principais tipos de live commerce?

O live commerce pode ser separado por alguns tipos definidos pela forma como a empresa deseja enviar sua mensagem ao público. Abaixo, veja os cinco principais:

1. Mercados on-line

Plataformas on-line como eBay e Ali Babá são locais em que os usuários podem comprar e vender com facilidade, mas o conceito está se tornando desatualizado e já foi replicado anteriormente por inúmeras outras empresas. 

Para manter os usuários envolvidos quando fazem compras on-line, novos recursos estão sendo usados para garantir que os mercados permaneçam relevantes e aumentem a receita.

É aqui que entra o live commerce, pois ao oferecer interação em tempo real, os compradores e vendedores sentirão como se estivessem em um mercado físico, mas no conforto de suas casas.

2. Leilões ao vivo

Em vez de comparecer a uma casa de leilões, compradores e vendedores podem se conectar on-line, em qualquer lugar do mundo. A transmissão ao vivo de um leilão permite que o conjunto de lances se expanda, o que significa que provavelmente haverá mais buzz, mais licitantes e lances mais competitivos do que nunca!

 

3. Influenciador de streaming

Estamos acostumados a ver influenciadores de todos os tipos transmitindo nas mídias sociais (seja nano, micro, macro ou mega influenciadores) e, com a nova demanda por engajamento aprimorado, em breve você os verá mergulhar em transmissões ao vivo em sites de comércio eletrônico também.

4. Eventos ao vivo

Lançamentos de produtos, feriados de varejo e itens de edição limitada, embora  relevantes para as categorias acima mencionadas, são mais prováveis ​​de serem realizados como ‘eventos ao vivo’. 

Transmitir esses eventos ao vivo proporciona uma cobertura rápida e fácil, de alcance regional, nacional e até mesmo global. Também não há limite para o consumidor — o que aumenta a urgência do comprador.

5. Entrevistas, perguntas e respostas

Além de ler um blog de perguntas e respostas, a transmissão ao vivo também pode envolver a realização de sessões de perguntas e respostas com especialistas ou usuários frequentes do produto. Esse método humaniza uma marca e convida os espectadores a uma conversa com a comunidade.

Quais são os benefícios do live commerce?

Comprar on-line sem assistência pode ser difícil, pois não há uma pessoa para orientar o cliente, fato que pode levar ao abandono dos itens no carrinho de compras. No entanto, com a presença virtual de um assistente de loja ou influenciador, as dúvidas podem ser respondidas na hora.

Ter um rosto por trás de um produto pode ajudar a construir a confiança com o cliente. Quanto mais familiarizado o público se sentir com uma marca, maior será a probabilidade dele comprar um produto dessa empresa e se tornar clientes para a vida toda.

É por isso que o live commerce pode ajudar a construir melhores relacionamentos com os clientes, pois estes podem visualizar o produto em tempo real.

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.