guest post SEO Mônica Candido

Impulsione suas vendas com tráfego orgânico em 2022

Se você quer aumentar suas vendas, seria interessante ter diversas palavras chaves no topo das pesquisas do Google (ou qualquer outro mecanismo de busca). Afinal, milhares de pessoas pesquisam o dia todo pelo seu produto ou serviço. Mas você aparece como resultado dessa pesquisa?

Essa técnica de otimização é chamada de SEO, que vem do termo Search Engine Optimization, ou seja, otimização do site para os mecanismos de buscas. É um conjunto de técnicas que vão levar seu projeto para as primeiras páginas de pesquisa e com isso, lhe entregar maior visibilidade e visitas.

Consequentemente, suas chances de vender mais aumentam significativamente, não é mesmo?

Qual o objetivo da Otimização SEO?

A principal função da otimização SEO é gerar visitas qualificadas e gratuitas ao seu site. Com isso, você vai garantir um aumento de leads e conversões, já que mais pessoas visualizam seus produtos e serviços. É a oportunidade ideal para atrair novos clientes.

E quando se fala em SEO, é sempre bom ter em mente aquele ditado que diz que “qualidade é melhor que quantidade”.

Então, se você vai iniciar um projeto de SEO, tenha em mente que deve melhorar seu site de forma geral, deixando tudo mais acessível e oferecendo sempre conteúdo com alto valor agregado para os leitores do seu nicho.

Não basta publicar conteúdo frequentemente para tentar aumentar a visibilidade. O conteúdo deve ser pensado e otimizado para atrair seus objetivos, senão será apenas gasto de tempo e energia.

Portanto, a dica número 1 é:

Faça sempre um conteúdo de qualidade máxima.

Outro ponto importante na hora de escrever o artigo é, defina bem as palavras chaves. Existem palavras chaves diretas e palavras chaves de cauda longa. Cada uma delas tem um tráfego próprio e o que as diferencia basicamente é a facilidade de otimização.

Por exemplo, se você procura por “tela de proteção” no Google, vai ver que essa palavra tem um alto tráfego de pesquisas. Mas sua concorrência é igualmente acirrada.

Mas se você pesquisar, por exemplo, por “tela de proteção para janelas” você já restringe uma boa parte do público. Se você adicionar um local, restringe ainda mais, como por exemplo, “tela de proteção para janelas no Tatuapé”.  

Com isso, a chance do seu artigo ranquear aumenta muito, pois você criou um público bem específico. E se você tiver vários artigos de cauda longa ranqueando, você gradativamente vai se qualificando dentro do algoritmo para aparecer nas palavras mais diretas.

Assim, fechamos a dica número 2:

Escolha bem as palavras chave

Fizemos um bom conteúdo, pensamos nas palavras chave e postamos nosso anúncio. Agora é só esperar o artigo ranquear? NÃO! 

Essa foi apenas a primeira parte. Agora devemos cuidar da autoridade deste artigo. E autoridade para o Google significa indicações, relevância. Por isso, é essencial que seu artigo seja divulgado nas redes sociais e se possível, tenha um botão de compartilhamento para instigar os leitores a divulgarem também em suas próprias redes sociais.

Feito isso, começa uma das técnicas mais conhecidas do projeto de SEO. É o Linkbuilding.

O linkbuilding consiste em divulgar seu post em outros sites através de um backlink. Os backlinks é um texto que incorpora o link que redireciona o clique para o seu site. Vamos supor que você escreveu sobre “mensagens de feliz ano novo”. 

 

Você vai procurar sites com conteúdos natalinos ou de réveillon e vai sugerir aos editores desses sites que o seu conteúdo tem tudo a ver com o deles. Se eles concordarem, vão linkar seu artigo dentro de uma postagem deles. Com isso, toda a relevância de autoridade e tráfego desse site vai ser passada para você, como uma “indicação”.

Se você tem vários sites recomendando um conteúdo seu, rapidamente isso chamará a atenção do Google e ele vai valorizar mais o seu conteúdo, oferecendo este post como sugestão nas pesquisas. E com isso, você aumenta seu tráfego e visibilidade.

Mas aqui fica a nossa dica número 3:

Qualidade é melhor que quantidade

Poucos backlinks de sites de autoridade e tráfego são melhores do que muitos backlins de sites com pouca autoridade e tráfego. Então, tome cuidado com quem você faz suas ligações!

A internet é dinâmica. O conteúdo fica obsoleto rapidamente e em tempos de fakenews, o que era verdade ontem pode não ser mais tão verdade amanhã.

Então nossa dica número 4 é:

Atualize sempre o seu conteúdo

Os buscadores levam em consideração a data de publicação do conteúdo na hora da classificação dos resultados. Então, tente deixar seu conteúdo sempre atualizado.

E a dica mais importante: Cuidado com o tempo de carregamento do seu site.

Ninguém gosta de esperar, e quem navega, compra ou pesquisa pela internet tem ainda menos paciência, já que tudo está ao alcance de um click. A velocidade de ranqueamento é um dos fatores mais importantes do Google atualmente.

A experiência do usuário (UX) é o fator que pode diferenciar você da concorrência. Um site intuitivo impulsiona o engajamento e a conversão do usuário. O aspecto responsivo (abrir em todos os dispositivos de forma correta e ajustada) e a velocidade do carregamento influenciam diretamente nas taxas de conversão e geração do tráfego.

E claro, tenha em mente que as pessoas pesquisas seus horários de atendimento, sua distância, seu telefone… então, mantenha essas informações sempre bem organizadas e atualizadas. Faça uso do Google Meu Negócio para manter uma ficha completa. Isso vai ajudar também no ranking do seu site.

SEJA PACIENTE

É importante frisar que uma campanha de SEO é um processo de longo prazo. O retorno do seu investimento será substancial, mas você precisa ser paciente e aguardar o retorno desse investimento. Se você quer tráfego imediato, seu lugar é nos links patrocinados.

Mas se você quer ter um funil de vendas que está sempre gerando leads de forma automática e levando tráfego gratuito até você, a sua forma de investimento é no SEO.  Pode demorar um pouco, mas quando o resultado chegar, você vai agradecer imensamente por cada minuto que esperou.

Agora que você já sabe o que precisa ser feito para impulsionar suas vendas na web, é hora de colocar nossas dicas em prática! 

 

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.