Uncategorized Thaís Correa

Conheça quais métricas de marketing medem o sucesso do seu negócio

Quando se possui um negócio, é necessário que se tenha medidas para saber como está o funcionamento dele, especialmente, em relação a atingir e fidelizar novos clientes, e são essas métricas de marketing que mostram os dados desse processo.

Ações de determinadas campanhas que deram certo ou errado, o quanto foi visto, o que pode ser contabilizado como algo positivo ou negativo, tudo isso é importante na tomada das decisões futuras de um empreendimento.

Por exemplo, são por meio das métricas de um site e o número de vendas derivados dele que uma máquina de estampar tecido pode ter uma média do que é mais aceito e comprado pelo público e o que não é tão aceito assim.

Assim, o planejamento futuro pode ser algo mais certeiro e preciso.

Os tipos de métricas

Ao se tratar de assuntos que podem ser mais complexos e precisarem de um rumo específico, como levantamento de dados, existe uma divisão de métricas da qual pode ajudar no direcionamento mais adequado.

Métrica social

Focada nas mídias sociais com o objetivo de desenvolver conteúdos que atraiam clientes através dessas plataformas, pode-se considerar os principais dados: alcance entre usuários, engajamento na página e o número de seguidores.

Dando como exemplo, uma pessoa que faz docinhos para festa de aniversário pode utilizar essas métricas de redes sociais para saber o alcance do seu público e até mesmo, conseguir mais clientes.

Os dados de alcance das mídias sociais é considerado a métrica base, levando em conta que são por meio das redes que se pode ter um número das pessoas que estão recebendo aquele conteúdo.

O engajamento são dados de quem curte, comenta, compartilha e clica no post, não contabilizando quem somente passa por ele sem fazer quaisquer interações. 

Os seguidores acabam sendo um dos grandes motivos para que uma página tenha alguma atenção.

Contudo, eles não devem ser parâmetro como indicativo de vendas ou de que irão receber o conteúdo devido a alguns mecanismos da plataforma.

Por estarem interligadas, as métricas devem obter um resultado positivo que mostra que a divulgação nas redes sociais está sendo algo favorável como meio de divulgação, e as respostas obtidas mostram os erros e acertos.

Métrica de negócio

A principal especificação desta métrica é o número de vendas, por meio de alguns dados coletados, um empreendimento que vende ribbon etiqueta, por exemplo, pode saber se está no caminho certo com dados como:

  • Repetições de compra;
  • Valor total de vendas;
  • Quantidade vendida;
  • Pedidos que foram cancelados;
  • Orçamentos levantados.

A métrica de negócios não envolve apenas o quesito de divulgação, e sim outras partes de uma estratégia de marketing como preço, investimentos e seus retornos, produtos. 

Podendo envolver tanto vendas físicas quanto online, embora este último deva ter um pouco mais de atenção para não causar confusão entre os produtos que foram acessados e os que foram de fato comprados.

Tendo como uma situação uma pessoa pode apenas acessar uma página para buscar orçamento de bateria heliar 60 amperes sem de fato comprá-la, a métrica registra sua visita porém como não teve venda, não se pode entrar na estatística.

Essa métrica pode mostrar também o quanto se perdeu em financeiro ou clientes ao final de um período.

Métricas de acompanhamento diário

Existem métricas que são essenciais possuírem uma monitoração com maior frequência, visto que com a grande intensidade de usuários na rede e da necessidade de venda de produtos ou serviços de um empreendimento.

Visualizações de página 

Ao se ter uma página como um site ou um blog, a métrica de visualizações informa o quanto o conteúdo está sendo interessante ao ponto de haver um crescimento semanal ou mensal. 

Citando, por exemplo, um site de empresa de limpezas de condomínios deve procurar sempre se manter atualizado constantemente para que possa chamar a atenção para si dos usuários da rede e com isso, atrair clientes.

Portanto, se houver queda, trazer recursos que as impeça de cair e com isso, perca o destaque.

Leads 

Usado como base, o lead só é contabilizado quando o cliente ou usuário gosta do produto ou do conteúdo e realiza inscrições na página, seja para receber informativos newsletter por email ou até mesmo o cadastro para download de algum material.

Com isso, a porcentagem computada mostra o que é necessário para se atrair e incentivar os que já estão.

Se o número de visitantes cresce e o de leads também aumenta simultaneamente, isto é um indicativo que as estratégias estabelecidas estão dando bons resultados, e é denominado como taxa de conversão.

 

Pois o usuário está interessado no que o negócio tem a oferecer. Após isso, esse lead se torna o foco de como deixá-lo ao ponto de consumir, o que por decorrência, gerará lucro e quanto mais isso ocorrer, mais qualificada é a sua captação de leads.

Porém, deve-se ter em mente que o público-alvo do seu serviço deve ser a prioridade quando se trata de converter em leads, já que um erro bastante comum é captar usuários e se tornarem leads que não tem quaisquer relações com a ideia vendida.  

Exemplificando, se o seu negócio vende tela para piscina, não tem sentido o lead ser alguém que ao menos não tenha uma piscina dentro de casa.

Tráfego pela página

A análise de visitantes deve ser algo medido, porque pelo tamanho da internet e suas múltiplas plataformas, a informação de onde está atraindo mais atenção e onde se está atraindo menos, são parâmetros para indicar qual merece mais investimento.

Pois uma rede social que pode servir como um portfólio de fotos ou vídeos de janela de alumínio com vidro, pode gerar um impacto bem menor do que se for divulgado em uma página que existe somente com textos, pela questão visual do produto.

Portanto, quando se trata de tráfego pela rede, ele pode chegar de diversas maneiras como:

  • Orgânico;
  • Pago;
  • Email;
  • Direto;
  • Referências.

O investimento em tráfego pago, que aparece em destaque nas páginas de busca ou ao lado de sites que são conveniados com alguma plataforma, é uma estratégia chave para que o conteúdo chegue até o cliente.

Levando em conta que os algoritmos da rede podem acabar entregando mais facilmente pelo registro de conteúdo dos quais ele gosta de receber.

Palavras-chave 

Também conhecida por keywords, essa ferramenta é o que permite um produto ser encontrado através do SEO (Search Engine Optimization ou Otimização nos Motores de Busca) em uma página.

Quanto mais a palavra-chave for pesquisada, maiores são as chances das páginas ou mídias sociais do empreendimento serem encontradas. 

Por isso, é importante saber quais usar, para chegar em uma relação delas, devem ser avaliados os pontos fortes de um texto que possam ser atrativos, de maneira que se ao digitar uma frase, a palavra-chave pode estar inclusa no contexto.

Nas redes sociais, palavras-chaves podem ser vistas também como as hashtags que são populares nas legendas de postagens ou de espaços destinados a elas. 

A análise dessas palavras diariamente pode ser um método de manter o conteúdo delas atualizado, e tendo em média quais são as mais ou as menos digitadas no campo de busca.

Métricas específicas

Dentro de alguns levantamentos de dados, é possível encontrar questões mais específicas que são medidas por métricas mais detalhadas, sendo algumas delas CPL, CPC, CPA e CPM.

Com o CPL é medido o Custo por Lead, proporcionando saber o valor gerado por cada um e dividindo o montante investido no marketing digital pelo número de leads que vieram por diferentes meios.

O CPC é o Custo por Clique, utilizado especificamente em campanhas de mídias pagas, apresentando a média de valores investidos para cada clique que o anúncio recebe.

O Custo por Aquisição, ou CPA, também é usado em mídias que foram pagas e indica o valor pago para que o público-alvo atinja o foco da campanha, se caso for venda online ou buscar novos leads por download de conteúdo, essa métrica que irá registrar.

Custo por Mil, também conhecido como CPM, é a contagem que identifica o quanto deverá ser pago para que um anúncio apareça para uma média de mil pessoas. 

Por ser uma estratégia de divulgação que abrange uma larga escala de público, essa métrica pode dar um controle mais absoluto do capital investido em cada etapa.

Conclusões finais

Portanto, o uso de métricas é uma boa ferramenta de marketing digital para se entender e acompanhar o crescimento de um empreendimento, que pode ser dos mais variados segmentos, desde roupas até limpeza de cadeiras de tecido.

Com o marketing digital e estratégias certas com o uso de ferramentas online ou softwares, as páginas na web ou redes sociais podem ganhar engajamento e por fim, o público alvo que pode ser difícil de se conquistar.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.