Uncategorized Thaís Correa

Teste A/B: o que é e qual sua função

Hoje em dia, um empresário, um gestor de negócios ou mesmo um autônomo ou influencer já não pode ignorar a importância de certos recursos digitais. É o caso do Teste A/B, que pode ajudar qualquer um a crescer e se desenvolver no universo digital.

Talvez alguns ainda não tenham ouvido falar nesse termo, mas basicamente se trata de um recurso que funciona como métrica ou subsídio para mensurar determinadas ações de marketing digital. Ou seja, um modo prático de averiguar estratégias.

Isso é absolutamente fundamental porque, após uma empresa de limpezas de condomínios decidir que quer marcar presença na internet, ela vai precisar começar a afinar suas estratégias e levantar métricas para ver o que está funcionando.

Isso é tão importante que entra na esfera do que se convencionou chamar de Key Performance Indicators, ou seja, Indicadores-Chave de Desempenho. Com eles, é possível colocar metas de resultados práticos e depois rastrear o retorno obtido.

Por exemplo, o KPI mais famoso do mundo é o de ROI, que lida com o Retorno Sobre Investimento. Afinal, se você investe mil reais para vender uma quantidade que em lucro líquido trará cinco mil reais, esse é um ótimo investimento.

Já se você investisse cinco mil reais para obter um retorno em vendas que na liquidez ficaria abaixo de mil reais, você estaria em uma margem inaceitável de prejuízo. O devido KPI apontaria isso, e então você obviamente mudaria sua estratégia.

Hoje, essa capacidade analítica é o que diferencia as empresas mais profissionais das amadoras. Bem como os gestores realmente eficientes, capazes de racionalizar processos e operações, daqueles que se aventuram pelo desconhecido.

No caso de uma firma de docinhos para festa de aniversário, por exemplo, o Teste A/B pode indicar qual página de captura de leads está funcionando melhor, se é aquela que tem mais fotos ou a que tem mais vídeos.

Ou ainda, qual e-mail disparado ou qual modelo de postagem nas redes sociais trouxe maior engajamento real. Realmente, as possibilidades são infinitas, de maneira que após dominar os princípios, fica bem mais fácil replicar a fórmula.

O importante é justamente deixar claro que é preciso que toda e qualquer métrica, não apenas o Teste A/B, seja encarada como algo indispensável. Ou seja, como sinônimo de amadurecimento empresarial, no melhor sentido do termo.

Tanto que hoje as maiores marcas do mundo têm uma verdadeira cultura corporativa de análises e diagnósticos. Inclusive, as famosas startups das quais tanto se fala, basicamente já surgem com essa prática enraizada no dia a dia.

Isso ocorre não apenas porque elas têm uma conexão profunda com tecnologias, internet e afins, mas também porque sua realidade financeira exige isso. Afinal, fundos de investimentos e bancos exigem esse tipo de perfil para liberarem créditos.

Mas no caso de quem tem um negócio próprio valem as mesmas regras, seja para vender capa para sapato ou maquinário industrial para exportação. Por isso é que decidimos escrever este artigo, detalhando a função dos Testes A/B.

Obviamente, isso também passa por algumas conceituações, definições e características básicas, além de exemplos práticos e da enumeração que fizemos das 4 principais funções que esse recurso pode exercer no dia a dia empresarial.

Inclusive, atualmente a metodologia evoluiu tanto que ela realmente já pode auxiliar no crescimento de qualquer tipo de empresa ou modelo de negócio, seja para grandes indústrias internacionais ou para uma loja de bairro que vende no varejo.

Deste modo, o leitor que tem interesse em mergulhar de cabeça em um teste simples que pode fazer toda diferença para o crescimento sólido e sustentável de um negócio, melhorando os resultados no fim do mês, basta que siga adiante na leitura até o fim.

Os conceitos e a importância

Antes de enumerar as funções do Teste A/B é preciso deixar bem claro o seu conceito, por meio das características principais que o definem, bem como sua importância no contexto maior do marketing digital, que tanto se disseminou.

Em termos técnicos, o que esses testes fazem é comparar duas ações em andamento, com o intuito claro de averiguar qual se sai melhor. Seria, literalmente, como você fazer o test drive de dois carros, e depois decidir qual deles é o melhor.

Muita gente pensa que não é possível fazer isso na internet, ou que para tanto seria preciso criar formulários de pesquisa e fazer enquetes explícitas com os clientes, o que nem sempre é indicado, quando você ainda não quer perturbá-los.

Contudo, é perfeitamente possível mensurar se uma estratégia está indo bem ou não, justamente por meio do Teste A/B. Seu próprio nome indica isso mesmo, que é a ideia de colocar duas estratégias no ar ao mesmo tempo, a A e a B.

Como uma empresa de limpeza de cadeiras de tecido que dispara um tipo de e-mail para uma parte do seu banco de leads, e outro tipo para outra. Um deles começa falando do diferencial da firma e conclui com o preço, o outro inverte.

Depois, basta averiguar qual dos dois e-mails teve mais respostas ou gerou mais venda, e pronto, você já sabe, com base no Teste A/B, em qual versão de e-mail deve apostar suas fichas, descontinuando aquela que tiver performado mal.

Hoje as principais estratégias a serem conciliadas com esse teste são as seguintes:

 

  • Preenchimento de formulário;
  • Criação de landing pages e hotsites;
  • Disparo de mensagens por e-mail;
  • Configuração de anúncios e patrocínios;
  • Postagens no blog ou nas redes sociais;
  • Horários e datas dessas postagens.

Enfim, há diversas razões pelas quais aplicar o Teste A/B, e não apenas para venda, como podem pensar alguns que não planejam a médio e longo prazo.

Claro que testar qual landing page ou qual anúncio vendeu mais é algo prazeroso, porém, uma captação de leads pode ser algo tão importante quanto.

1. A função das imagens

Um ponto que muitos deixam passar batido, mas que os Testes A/B têm comprovado cada vez mais que é fundamental, é o dos aspectos visuais de uma estratégia de marketing digital.

De fato, podemos dizer que toda experiência pela web começa no aspecto visual e só depois entra na leitura e na relação mais detida.

Por exemplo, ao abrir a página de uma máquina de estampar tecido, a maioria das pessoas primeiro corre a barra de rolagem dando uma olhada por cima, sem chegar a ler o site, e só depois começa a focar no conteúdo propriamente dito.

Essa realidade impacta diretamente na experiência do cliente, e por isso mesmo, passa a ser um fator decisivo na hora de criar uma estratégia e uma identidade visual.

O Teste A/B vem ajudar justamente no sentido de tentar implementar a melhor versão possível de sua paleta de cores, estilo de imagens, filtros de fotos e afins.

2. A função dos títulos

Outro ponto fundamental, que caracteriza uma das funções principais do Teste A/B, é o de averiguar os títulos de determinada página do marketing digital da empresa.

No meio profissional da redação digital isso se chama H1, H2 e H3, conforme o nível do título e dos subtítulos ou intertítulos que vão sendo distribuídos em uma página.

Se a empresa trabalha com janela com veneziana, o teste pode ajudar a descobrir se a clientela desse nicho prefere títulos mais comerciais ou mais voltados para conteúdo.

Logo, é possível testar algo do tipo “X razões para instalar veneziana em sua janela”, e em outra ação paralela, dizer algo como “Promoção arrasadora de veneziana para sua janela”.

Quando o resultado de qual dos dois trouxe mais retorno vier, o Teste A/B terá cumprido sua função de confirmar a melhor estratégia existente entre as duas possibilidades.

3. O poder da otimização

Um aspecto ou função do Teste A/B que precisa ficar claro é o da otimização de páginas e de postagens. Atualmente, esse termo se consagrou graças ao famoso SEO, que é o Search Engine Optimization (Otimização de Páginas para Motores de Busca).

Mas também existe um aspecto mais amplo da otimização, não necessariamente ligado a motores de busca. É justamente quando uma empresa que faz ribbon etiqueta decide melhorar seu resultado com base no foco em recursos eficientes.

Afinal, após decidir qual página ou recurso permanecerá com embasamento no Teste A/B, o que você está fazendo é otimizar sua estratégia e focar na melhor parte dela.

4. Crescimento sustentável

Por fim, não é possível falar sobre Teste A/B e cultura de gestão empresarial sem citar a questão do crescimento sério, sólido e sustentável.

De fato, quando uma empresa de cursos nr trabalha esse método, ela não está buscando apenas suas funções mais imediatas, mas sobretudo uma visão de longo prazo.

Isso é o que hoje se chama de visão holística, ou seja, uma visão que é capaz de apreender o aspecto macro do mercado e da sua marca, sem perder a dimensão micro.

Conclusão

Com o aumento da concorrência e das exigências dos clientes, tem sido cada vez mais importante implementar estratégias diferenciadas, como as de Teste A/B.

Com os conceitos e conselhos práticos dados acima, fica bem mais fácil entender o que é e quais as principais funções desse recurso.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.