Uncategorized Mônica Candido

Como adestrar seu cão em casa usando apenas carinho?

Os cães, além de serem considerados os melhores amigos do homem carregam mais algumas características quanto ao companheirismo, geração de felicidade e promoção de momentos únicos e inesquecíveis. 

Além disso, os cachorros, assim como nós, também criam laços sentimentais e necessitam de amor, carinho e atenção.

Porém, no momento de adotar ou comprar um cãozinho, é necessário conhecer sobre a raça, saber os cuidados que serão necessários serem tomados, para então acrescentá-los na família. 

O blog Petvi disponibiliza alguns desses cuidados, e algumas informações que são necessárias para termos conhecimento acerca do mundo canino.

Ademais, continuando a leitura do artigo você conseguirá obter mais alguns conhecimentos e melhor se preparar para a hora de ter um animalzinho. 

Cães de pequeno e grande porte 

Se você mora em apartamento ou em uma casa pequena e não tem espaço suficiente, é importante pensar no porte do animal antes de trazê-lo à sua família. 

Os animais de pequeno porte, caracterizados por sua fofura são os que mais chamam a atenção de quem mora em local pequeno e deseja adquirir um pet. 

Além do mais, para aqueles que desejam economizar no momento de arcar com as despesas do cão, o animal de pequeno porte pode ser o mais indicado. 

Outra característica marcante desse porte de animal é que, por serem pequenos, não ocupam tanto espaço, dessa forma, podem acompanhar seus donos em diversas ocasiões, até mesmo em viagens. 

Por não serem tão propensos a contração de doenças, diferentes dos cães de grande porte, os de pequeno têm sua expectativa de vida aumentada. No entanto, segundo especialistas, ainda não existe uma explicação concreta para isso. 

Para os animais de grande porte, também existem características marcantes e que também podem ser decisivas na hora de trazer um pet para sua família. 

Os cães de grande porte, mesmo apresentando, em alguns casos, comportamentos mais agressivos, ou até mesmo sendo mais brincalhões, podem trazer felicidade e diversão para seu lar. 

Entretanto, vale lembrar que esses comportamentos são flexíveis, e não é porque um cão é grande que ele necessariamente tem tendência a comportamentos agressivos.

 

Cuidados que devem ser tomados com os cães 

Os cuidados para cães de grande porte não devem ser tão diferentes dos cuidados com os cães de pequeno porte. 

Os animais, assim como nós, necessitam de cuidados básicos para conseguirem se desenvolver ao longo da vida, como, por exemplo, banho.

O banho, apesar de ser um processo complicado, visto que muitos cachorros não aceitam, deve fazer parte da rotina do animal. Para facilitar, é fundamental que o dono do cachorro deixe o cachorro se sentindo confortável com a situação, proporcionando brincadeiras, por exemplo.

Outro ponto que deve ser levado em consideração é que, os passeios são essenciais. Isso faz com que o cachorro se exercite e não traga nenhum tipo de danos à saúde, prevenindo doenças como depressão, por exemplo. 

No entanto, com os animais de porte pequeno, os cuidados devem ser um pouco redobrados. Confira alguns:

  • No momento de passear com o cachorro, fique atento para não dar trancos com a coleira, para não sufocar ou machucar o seu animal;
  • Evite ficar toda hora com o cachorro no colo, isso pode ocasionar alguns problemas relacionados à coluna;
  • Fique atento a época do ano, o inverno também atinge os animais causando frio, então o uso de roupas e mantas é fundamental;

O adestramento 

O adestramento é um processo bem recorrente em diferentes casos. 

Ele consiste em disciplinar o animal, fazendo com que ele aprenda truques básicos, como por exemplo dar a pata, sentar, deitar, rolar, trabalhar em casos mais sérios, como, por exemplo, farejamento, ou até mesmo em casos de ensinar o animal a ser menos agressivo. 

Além de mudanças comportamentais, um estudo realizado pelo G1 mostrou que o adestramento também pode ser uma chave fundamental para ajudar o cachorro a lidar com a ansiedade. 

No entanto, para que o adestramento seja bem sucedido, é necessário que seja um processo contínuo e organizado. Dessa forma, são necessárias ações repetidas até que o animal compreenda e comece a mostrar mudanças positivas em seu comportamento.

É possível adestrar seu cão apenas com carinho?

Como mencionado anteriormente, o processo de adestramento de um cão é longo e precisa ser contínuo para chegar no resultado final. Logo, esse processo precisa ser leve, tanto para o adestrador quanto para o cão. 

O processo é uma troca, o cão muda de comportamento para passar a ser mais agradável, menos agressivo e, à medida que mostra mudanças positivas em seu comportamento, nada mais justo do que agradar o cão com beliscos. 

Ou seja, o adestramento apenas com carinho é possível sim, e esse carinho pode ser demonstrado por meio de retribuições ao animal como forma de parabenizá-lo por captar a informação e colocá-la em prática.

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.