guest post Gustavo

Culinária goiana: conheça os melhores restaurantes do estado

Tudo sobre a culinária goiana, incluindo os pratos típicos e os melhores restaurantes para visitar.

A culinária goiana tem uma imensa variedade e pode ser explorada em passeios para aproveitar em família, em casal ou até mesmo sozinho. Se você procura um passeio em família por Goiás, que tal buscar um restaurante que ofereça aquele prato típico goiano? 

Hoje, vamos te mostrar alguns pratos típicos do estado, curiosidades sobre a culinária goiana e, ainda, dicas de restaurantes para visitar. Vamos nessa?

Origens

A culinária goiana tem origem indígena, utilizando técnicas dos povos nativos, dos bandeirantes e dos tropeiros. Além disso, sofreu influência dos estados de São Paulo, Mato Grosso e Minas Gerais no final do século XVIII. Um dos fatores que fez a culinária de Goiás ser o que é hoje foi a falta de determinados alimentos, que forçou substituições, como mandioca por batata e taioba por couve.

 

Outro diferencial da culinária goiana é a utilização de alimentos típicos do Cerrado, como pequi, guariroba e caju.

10 pratos típicos

Muitos alimentos típicos da culinária goiana tiveram origem na cultura caipira. Alguns deles são:

  1. empadão: sendo bem temperado, macio e suculento. Assim como outras comidas goianas, o empadão pode ser recheado com frango, queijo, linguiça, carne de porco, guariroba e azeitonas;
  2. galinhada: um dos pratos preferidos do goiano, pode vir acompanhada de arroz, milho, pequi, pimenta-de-cheiro, cebolinha e açafrão;
  3. pequi: também conhecido em Minas Gerais, o pequi é uma fruta que costuma ser acompanhada de arroz, como o famoso arroz com pequi, carnes e ensopados, além de ser usada na produção de doces, sorvetes e licores. Importante ressaltar que essa fruta nunca deve ser mordida ou partida — já que contém espinhos —, e sim roída;
  4. alfenim: doce tradicional de Goiás, que é esculpido em formatos diversos, como flores, animais, pombas, coroas, medalhões, entre outros. Também recebe o nome de verônica, quando feito para a Festa do Divino, e é estampado com símbolos religiosos. A receita é simples: açúcar, água e um pouco de limão. Porém, dar o ponto é muito difícil;
  5. pamonha: tradição de Goiás, a pamonha tem as versões doce, salgada, frita e à moda, com combinações de linguiça, queijo minas, pimenta, cebolinha, frango, catupiry, creme de pequi, creme de jiló, entre outros; 
  6. guariroba: palmeira nativa do cerrado brasileiro, seu palmito carrega um sabor amargo. É utilizada pelos goianos em versões refogadas, em saladas, com frango, na pamonha, no empadão, no pastel, etc;
  7. peixe na telha: servido em uma telha, utiliza-se um peixe de água doce com couro e em postas, geralmente o surubim ou o pintado. Esse prato é um ensopado que leva leite de coco, tomate, pimenta, coentro, açafrão e outros ingredientes. Acompanha arroz e um pirão feito com a cabeça do peixe;
  8. panelinha: em uma panela de barro, prepara-se arroz junto de carne ou frango, temperos, açafrão, pimenta-de-cheiro e pequi. Os sabores mais tradicionais são carne de sol e frango caipira;
  9. mané pelado: tradicional para os lanches da tarde,  mané pelado é um bolo feito de mandioca, coco, queijo, açúcar e ovos. Combina muito bem com um cafezinho;
  10. biscoito de queijo: a massa desse biscoito é assada e leva polvilho, leite, queijo e ovos, com um resultado que desmancha na boca. Também costuma acompanhar aquele cafezinho.

Restaurantes

A culinária típica de Goiás pode ser encontrada em lojinhas, casas, quitandas, lanchonetes, restaurantes, bares e cafés, com mesas em cômodos, calçadas e quintais. Alguns restaurantes recomendados, são:

  • Cantina San Marco;
  • Zen Adega e Restaurante;
  • Chão Nativo;
  • Viela Gastronômica;
  • Enne Adega Restaurante Contemporane;
  • Junior Cozinha Brasileira;
  • Tapioca do Cerrado;
  • Fogão Caipira;
  • Carne de Sol 1008;
  • Cateretê;
  • Restaurante Flor de Ipê;
  • Íz Por La Baiocchi Restaurante;
  • Fulo do Cerrado;
  • Loving Hut;
  • Café Coreto;
  • Toque Goiano Restaurante;
  • Mau Nenhum;
  • Café Jasmim;
  • Sabor dos Anjos;
  • Restaurante Jerivá.

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.