acompanhamento avisos Blogger divulgação noticias SEO Top Blogger Uncategorized Mônica Candido

Algumas curiosidades sobre o âmbar

Algumas curiosidades sobre o âmbar

Precioso e fascinante, a pedra de âmbar é um dos fósseis que mais atraiu a atenção das pessoas. Frequentemente ostenta para fins ornamentais em diferentes tipos de joias, possui algumas propriedades benéficas que ajudam tanto física quanto mentalmente. Embora muitas vezes se pense o contrário, não é uma pedra, mas um mineral fossilizado. Ajuda a dar elasticidade mental e serenidade e é eficaz em muitas áreas.

Âmbar: descrição do mineral

O âmbar é uma pedra orgânica, uma resina de coníferas fossilizada que, com o tempo, sofre uma mineralização gradual. Translúcido e de cor variável do amarelo ao avermelhado, pode conter insetos que ficaram presos no momento de sua formação. As variedades de âmbar são identificadas com base em sua origem geográfica. A mais comum em joias é a que vem dos países bálticos.

Cor âmbar

Do transparente ao translúcido, o Âmbar geralmente vem em todos os tons dourados quentes que variam do amarelo (mais ou menos intenso) ao avermelhado e marrom. No entanto, também existem variedades de azul, marrom, dourado, verde e branco. O chamado “âmbar preto”, do qual se ouve falar com frequência, simplesmente indica tons mais escuros e profundos do que outras cores.

Insetos âmbar

Com bastante frequência, é possível encontrar espécimes de âmbar contendo insetos (mas também sementes, folhas e penas) presos dentro dele no momento de sua formação. Neste caso, estamos diante de um fascinante item de colecionador que também pode se tornar um interessante objeto de estudo para geneticistas e paleontólogos.

Âmbar, resina

A resina da qual o âmbar é obtido é produzida a partir de uma conífera muito difundida, conhecida há milhões de anos. 250 milhões de anos atrás, tremendos terremotos enterraram as florestas engolidas pelos oceanos. A enorme pressão exercida e milhões de anos endureceu os blocos e gotas de resina, transformando-o em uma matéria dura. Enterrado sob camadas de terra e areia, hoje sobe à superfície do fundo do mar ou extraído das camadas em que se encontra. Antigamente a resina era simplesmente pescada com redes, pois o movimento das ondas do mar a separava das rochas mãe e sua leveza a fazia flutuar na superfície da água.

Âmbar báltico

O âmbar báltico é uma resina fóssil formada por árvores que viveram há mais de 40 milhões de anos e pertenciam a grandes florestas equatoriais que cobriam o norte da Europa, até a América do Norte. A ação combinada de evaporação, fermentação bacteriana e oxidação fez com que a resina que vazava dessas árvores se solidificasse até petrificar, dando assim origem ao Âmbar hoje conhecido.

 

A geleira formada posteriormente nesses locais esmagou e deslocou os sedimentos âmbar, destruindo grande parte dele. Os depósitos restantes são agora encontrados ao longo das margens do Mar Báltico. Estima-se que cerca de dois terços das reservas mundiais de âmbar se encontrem nas regiões bálticas, de onde vem mais de 90% do âmbar usado em joias e artes decorativas. Os depósitos de âmbar do Báltico são encontrados na Alemanha, Dinamarca, Suécia, Finlândia, Estônia, Letônia, Lituânia, Polônia, Rússia e Ucrânia.

O coração do Báltico âmbar é o porto russo de Kaliningrado: a área é de fato conhecida como a “Zona de Economia Especial Yantar” (Amber, em russo). Aliás, foi justamente naquele local, aliás, já no século XV, que os cavaleiros alemães que exerciam o controle implacável sobre as propriedades do âmbar

As propriedades terapêuticas da pedra âmbar são múltiplas. A medicina alopática reconhece suas funções analgésica, anti-inflamatória, antibacteriana e imune estimulante, tudo a ser tomado com o benefício do inventário, pois não há comprovação científica de sua eficácia.

Âmbar: como reconhecer o verdadeiro

Infelizmente, não é incomum comprar plástico banal em vez de âmbar real. Para evitar trapaças, sugerimos alguns testes a serem implementados para verificar a autenticidade do que eles estão prestes a vender para você:

  • teste eletrostático : o âmbar é eletrostático, se esfregado em um tecido de lã é capaz de atrair pequenos pedaços de papel
  • teste de fogo : sendo uma resina queima muito bem (quando aquecido exala um cheiro agradável de pinha)
  • teste de água salgada: imerso em água salgada flutua porque é muito leve.

Âmbar, joias

Frequentemente é recortado em forma de cabochões, obtendo-se muitos objetos ornamentais, como esculturas e bijuterias, sendo principalmente usada como pingentes, colar de âmbar, pulseiras, anéis e brincos.

Para uma manutenção adequada, basta limpá-lo com um pano úmido. Tenha cuidado com arranhões, pois pode até ser arranhado com as unhas. É uma pedra bastante comum portanto, fácil de encontrar: em joalharia, em lojas especializadas em pedra, em bancas e online, onde existem muitos e-shops especializados com vendas de colar âmbar atacado.

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.