Uncategorized Mônica Candido

Como aprender inglês sem sair de casa?

Antigamente ter aula, independente da matéria, era mais habitual no formato presencial, onde crianças, jovens e adultos frequentavam escolas, faculdades e outros locais de ensino, a fim de aprenderem.

Após o cenário de extrema delicadeza causado pela Covid-19, se tornou mais comum as aulas no formato EAD ou até mesmo híbrido. 

Para alguns, isso foi bom, já que possuem facilidade em prestar atenção, mesmo que seja através de uma tela de computador. Mas, por outro lado, tiveram pessoas que não ficaram satisfeitas com esse modelo.

Vantagens e desvantagens do EAD

No entanto, ao levarmos em consideração o modelo de ensino EAD, temos vantagens e desvantagens que devem ser levadas em consideração. Confira:

Vantagens

Como mencionado acima, diversas pessoas conseguiram se adaptar a este modelo por terem facilidade em aprender através apenas de uma tela de computador. Entretanto, existem mais algumas vantagens que valem ser destacadas de tal modelo.

A primeira das vantagens associada a esse modelo é a flexibilidade. É muito mais fácil para o estudante se organizar de acordo com seus horários, sem deixar, é claro, as responsabilidades de lado. 

Em segundo momento, vale falar também sobre as abrangências da educação EAD, onde as ferramentas disponibilizadas são acessíveis para diferentes públicos, independente da idade. Isso gera uma maior interação social, abrindo ainda mais o campo de relacionamento entre os estudantes. 

Além disso, a educação EAD é responsável por gerar menos gastos ao estudante e sua família. Isso acontece porque não está sendo necessário arcar com custos relacionados a aluguel, luz, água, manter os tutores e outros diversos gastos que instituições de ensino presenciais precisam ficar responsáveis. 

Mais uma vantagem que pode ser citada nesse cenário é a possibilidade de utilização de diversas plataformas de contato, como e-mail, chats, videoconferência e até mesmo grupos de WhatsApp.

Desvantagens

Para aqueles que possuem uma maior dificuldade de concentração, a desvantagem do modelo EAD é nítida. Isso acontece por diversos fatores, como, por exemplo, estar em casa e estar ligado ao mundo digital.

A era eletrônica é composta por diversas plataformas que podem atuar tirando a atenção do estudante, fazendo com que ele perca o foco do estudo e acaba não rendendo tanto quanto no modelo presencial.

Mais uma desvantagem do modelo EAD é que, diferente do presencial, o contato entre os estudantes é mais restrito, uma vez que a comunicação entre eles é reduzida a uma tela de computador. 

Entretanto, mesmo levando em consideração as desvantagens associadas ao modelo EAD, um estudo divulgado pelo GOV, aponta que a tendência de ensino para os próximos anos, é no modelo virtual. 

 

Aprender inglês sem sair de casa, é possível?

Por ser uma matéria de linguagens e não precisar do uso de fórmulas, aprender inglês em casa é possível. 

É claro, como mencionado anteriormente, o aluno consegue se sair bem e agregar conhecimento à medida que ele se dedica e consegue prestar atenção na aula através de uma tela.

No entanto, no caso das aulas de inglês no modelo EAD, recursos como chamadas de voz e até mesmo chamadas de vídeo vão ser mais recorrentes. Isso porque, o inglês é uma matéria que precisa de conversação para ser melhor desenvolvido. 

Nos tópicos abaixo, separamos algumas dicas que podem ser úteis para o estudante aprender inglês sem sair de casa.

Além do mais, no blog do transfer english é possível entender um pouco mais sobre o inglês e a importância de, antes de ter domínio sobre a língua estrangeira, ter domínio sobre a nossa língua falada, o português.

Dicas para aprender inglês sem precisar sair de casa 

Mesmo sendo uma matéria de fácil acesso para ser estudada de casa, para aprender inglês de maneira mais eficaz, separamos algumas dicas que podem ser úteis aos estudantes. Confira a seguir algumas:

Se dedique

É fundamental que o estudante se programe e estipule horários de estudos. Quanto mais o estudante se dedicar, maior será a chance de seu nível de inglês alcançar altos patamares de sucesso. 

Monte grupos de estudos 

Se você possui amigos ou conhecidos interessados em aprender inglês também, combine com eles de montarem grupos de estudos. Isso irá fazer com que um motive o outro e o estudo fique menos chato. 

Além disso, praticar a conversação será excelente para saber onde ainda precisa ser melhorado. 

Monte um plano de estudos 

Assim como outras matérias, o inglês é dividido em categorias, isso facilita na hora do estudo.

Divida as categorias e monte planos de estudos. Faça a programação do que você irá estudar ao longo de uma semana. 

Além dessas, existem muitas outras dicas que podem ser válidas no momento de estudar e praticar a língua estrangeira. Além disso, se você, estudante de inglês, que está estudando por conta própria, está com dúvidas, não tenha medo de ir atrás de um profissional especializado nessa língua. 

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.