guest post Gustavo

Como economizar pagando aluguel

Se você mora de aluguel, descubra agora como economizar mesmo tendo essa despesa fixa

Atualmente, muitas pessoas optam por morar de aluguel em vez de fazer um grande investimento para adquirir um imóvel.

No entanto, alguns temem que não possam guardar dinheiro e assim alcançar a independência financeira desejada.

Por isso, montamos este artigo e disponibilizamos algumas dicas bastante práticas para mostrar que é possível lidar com essa despesa fixa mensal e ao mesmo tempo fazer um pé de meia.

6 dicas para economizar pagando aluguel

Abaixo separamos 6 dicas valiosas para você economizar mesmo morando de aluguel. 

As 3 primeiras dicas serão voltadas para a economia geral. Já as 3 últimas serão voltadas para a economia na hora de escolher um imóvel para alugar.

1— Seja organizado

Não é à toa que ser organizado foi a primeira dica dessa lista. A organização é a chave do sucesso em todas as áreas da vida, e na economia muito mais.

Ao se organizar financeiramente, você será capaz de analisar bem onde está gastando muito, com o que deve economizar e até mesmo quando pode abrir um pouco o bolso.

Faz parte da organização financeira anotar os gastos, montar planilhas, registrar entradas e saídas de dinheiro e outras dicas que vamos colocar mais abaixo.

2 — Estabeleça metas

Se você realmente quer guardar dinheiro e ser mais organizado, comece estabelecendo metas de curto, médio e longo prazo.

Ter objetivos traçados é uma das formas mais efetivas de manter o foco e a disciplina. Elas servem para lembrar que os pequenos sacrifícios feitos no presente serão de grande valia no futuro.

3 — Registre seus ganhos e gastos

Outra dica importantíssima é ter em mãos e de forma bem explicada todos os gastos e ganhos mensais ou semanais, dependendo de sua preferência.

Na aba de ganhos serão anotadas todas as receitas que você possui, em contrapartida, na parte de gastos é necessário que qualquer despesa, sejam de contas, lazer, saídas e mercado estejam bem explícitas. 

 

Ao final das anotações, você só precisa subtrair os gastos dos ganhos e ver o quanto consegue guardar por mês. Caso o resultado da conta seja baixo, significa que você está gastando mais do que ganha e precisa urgentemente rever na parte de gastos onde está o problema.

4 — Localização e custo de vida

É necessária muita pesquisa e análise antes de alugar um imóvel. Durante essa pesquisa, precisamos saber do custo de vida no bairro que o imóvel desejado se encontra.

É claro que todos queremos ficar próximos dos grandes centros, no entanto, isso pode acabar encarecendo demais o valor do aluguel, por isso, avalie alternativas em bairros acessíveis e que conte com boas opções de transporte público.

O mais importante aqui é procurar um imóvel próximo de mercados, padarias e farmácias, que oferecem diferentes preços.

5 — Preste atenção no valor do condomínio

Não é raro ver um imóvel bom estar bem abaixo do preço imaginado. Muitas vezes esse fenômeno acontece por conta do valor do condomínio a ser pago mensalmente.

Em algumas situações, o valor do condomínio é até mais alto que o do aluguel, e isso acaba assustando muitos dos interessados.

Grandes prédios com elevadores, academias e piscinas tendem a possuir uma taxa de condomínio bem alta.

6 — Divida o aluguel

Caso você possua alguém para dividir o aluguel, essa é uma boa opção a ser analisada.

Um amigo próximo e namorada/o são excelentes opções para dividir uma casa/apartamento. Dessa forma, você vai estar com alguém que conhece, dividir o valor e por fim, economizar.

Na situação de não conhecer ninguém disponível para dividir o aluguel, existem também alguns sites e aplicativos que podem te ajudar a encontrar pessoas com o seu perfil para dividir o imóvel.

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.