Marketing Digital Mônica Candido

Programas de afiliados uma forma de marketing em crescimento no Brasil

As empresas estão enxergando, cada vez com mais frequência, os benefícios que os programas de afiliados proporcionam quando devidamente alinhados com as estratégias de marketing.

Isso porque os programas de afiliados permitem que as empresas comercializem um produto de forma mais otimizada, com baixo orçamento direcionado a campanhas de marketing e tendo um nível de risco bem contido.

Consequentemente, consegue-se garantir um alto retorno do investimento, aumento do reconhecimento da marca e crescimento dos negócios.

Neste caso, os benefícios são consequência de um marketing altamente direcionado e eficaz que vem se destacando no modelo virtual.

Para que a estratégia seja colocada em prática, de certo modo, as empresas precisam identificar um mercado em que possam inserir os produtos/serviços e quais representantes se adequam a esse nicho e à identidade da marca, levando os materiais até esse público.

O que são os programas de afiliados no marketing?

Com os programas de afiliados, as empresas conhecidas como anunciantes contam com parceiros de marketing para promover os produtos para seguidores. É necessário que haja a troca de comissão por cada visitante, venda ou lead que o parceiro gera.

Os afiliados, que também são conhecidos como editores, podem ser influenciadores de rede social, blogueiros ou outras marcas cujo público-alvo seja semelhante ao cliente pretendido pela empresa. Isso dá à marca acesso a um público de clientes que talvez ainda não tenham.

Três atores principais fazem o processo de afiliação funcionar: o anunciante, o editor e o cliente.

Nesse sentido, quando um cliente compra uma plataforma elevatória preço disponível na página da empresa, por exemplo, mas utiliza o link de afiliado do editor, é possível identificar a origem da venda e o profissional ganha uma comissão por essa venda. 

Ou seja, as ações de marketing são gerenciadas pelo afiliado e a empresa responde pelo repasse das comissões para o profissional referente ao trabalho realizado. Desse modo, ele pode gerenciar e promover suas campanhas, caso atue com mídia paga.

Por meio da ação, consegue-se aumentar as vendas da marca e o editor conquista uma fonte de receita, sendo uma estratégia atraente para todas as partes.

Afinal, os clientes são informados de produtos que não poderiam ter adquirido de outra forma. 

Já os editores obtêm receita promovendo ou influenciando a venda desses produtos ao incluí-los em sua carteira, por meio da inclusão orgânica em conteúdo relevante ou a partir de campanhas ADS. E a empresa que vende o produto amplia as oportunidades de negócios.

Mudanças de programas de afiliados na era digital

Conforme o número de blogs e blogueiros cresceu, houve cada vez mais demanda por programas de afiliados.

Esse formato é uma das melhores maneiras de monetizar um blog, e os editores mais bem-sucedidos são seletivos sobre as marcas que promovem. 

Isso porque a seleção ajuda a estabelecer autenticidade e construir confiança entre os leitores e seguidores, além de trazer autoridade ao destacar os produtos.

As redes sociais também continuam a crescer em importância e uso, permitindo aos afiliados cada vez mais maneiras de promover produtos a partir de plataformas como:

  • Facebook;
  • Instagram;
  • Twitter;
  • Tik Tok
  • YouTube.

Esses são os canais mais populares para promoções de afiliados, ainda mais que os programas de afiliados se concentram na visualização a partir de dispositivos móveis, tornando-se cada vez mais importante nos últimos anos. 

A cada ano que passa, mais e mais pessoas usam o celular smartphone para acessar a internet. 

À medida que esse volume continua a crescer, marcas e editores concentram cada vez mais atenção em conteúdo para dispositivos móveis e anúncios para smartphones e tablets.

Nos últimos anos, foram apresentadas grandes melhorias na tecnologia de análise e rastreamento. Isso tornou muito mais fácil para as empresas analisarem os detalhes quanto às estratégias de programas de afiliados.

Dessa forma, as empresas que vendem anéis de segmento para o setor industrial, assim como quaisquer outras organizações, podem estudar as métricas para determinar se as estratégias de afiliados estão realmente funcionando.

O interesse no setor de programas de afiliados cresceu consistentemente a partir de 2013. Muitas empresas costumavam ser céticas em relação a esse tipo de estratégia, duvidando que isso pudesse ser vantajoso para os negócios. 

Contudo, na segunda década dos anos 2000, esse modelo foi ganhando destaque, se mostrando uma opção atraente. Assim, passaram a ser incluídas estratégias voltadas para os programas de afiliados nos esforços de marketing digital de muitos negócios.

Tendências dos programas de afiliados

Conforme o tempo passa, mais e mais pessoas se associam aos programas de afiliados das empresas, no Brasil e no mundo. 

Dessa forma, é preciso ficar atento às tendências, para que as empresas possam aproveitar as diferentes estratégias e seguir como uma referência na área de atuação, resultando em mais vendas e reforço da marca junto ao público-alvo.

  1. A força do blog sempre em alta

O blog de autoridade é a prática de criar páginas que ganham seguidores devotos e se tornam fáceis de monetizar como resultado.

Os blogs de autoridade podem escrever uma combinação de análises de produtos, artigos de interesse e textos educacionais para atrair um público que os conhece, gosta e confia em determinada empresa ou marca.

Essa ferramenta também é uma ótima maneira de criar uma lista de e-mail responsiva, porque cada postagem do blog é uma oportunidade única de oferecer uma isca digital dentro dos programas de afiliados.

Essa forma de marketing faz toda a diferença, mas demanda mais tempo para apresentar resultados financeiros, em comparação com outros métodos. Ainda assim, cada estratégia tem seus méritos.

 

  1. O marketing de influenciadores cresce

O marketing de influenciadores é o processo de pagar uma pessoa influente no âmbito digital ou no segmento em que atua para transmitir uma mensagem, geralmente em uma das páginas de rede social. 

Isso pode criar um aumento de tráfego considerável para o URL de destino da marca, contudo o efeito tende a ser temporário. 

Essa prática pode ser um ótimo complemento para as outras estratégias focadas nos programas de afiliados.

Se uma empresa tem produtos encalhados ou apenas alguns que precisam de uma promoção, um influenciador pode ser uma ótima tática para obter tráfego para o e-commerce. 

Com isso, é possível obter melhores resultados, sincronizando bem a mensagem do influenciador para o produto afiliado e se a oferta for algo que falará com o público deles.

Embora o marketing de influenciadores possa ser extremamente caro nos níveis mais altos, os micro influenciadores geralmente cobram pouco por mensagens e, às vezes, até trabalham com a empresa em troca de produtos ou serviços gratuitos.

  1. Assistentes virtuais tomam cada vez mais espaço

À medida que o uso de assistentes virtuais cresce, o setor de afiliados precisará otimizar mais conteúdo de qualidade para pesquisas por voz. 

Assim, as agências e profissionais de marketing que desenvolvem programas de afiliados devem fazer melhorias nessa área, e que seja de uma forma contínua. Isso porque o futuro reserva mais foco em conteúdo de áudio e vídeo de alta qualidade. 

Embora a cópia escrita e os anúncios visuais tenham sido os métodos tradicionais de marketing digital, o conteúdo de áudio e vídeo é igualmente relevante. Quanto mais maneiras os editores puderem se envolver com o público, mais bem-sucedidas serão as campanhas de afiliados.

Com os blogs, os profissionais de marketing se tornaram bastante habilidosos em SEO (Search Engine Optimization).

Com isso, eles conseguem estimar como fazer para que as páginas tenham uma classificação mais alta nos resultados de pesquisa, bem como verificam o uso de chaves codificadas e técnicas diversas para a devida implementação de keywords nos materiais e páginas.

Ainda assim, a otimização de pesquisa por voz precisa ser tratada de maneira um pouco diferente. 

O que alguém digita em uma barra de pesquisa em uma plataforma de busca pode ser bem diferente do que eles falam em voz alta ao fazer uma pergunta a um assistente virtual. 

Assim, a otimização da pesquisa por voz precisará levar em consideração os padrões naturais de fala. Para se ter uma ideia, nesse formato, as pessoas são mais propensas a fazer uma pergunta mais longa do que digitar uma. 

Além disso, os comandos de voz não permitem um recurso de preenchimento automático como a barra de pesquisa das plataformas de busca. 

Isso significa que as pesquisas por voz incluirão mais palavras-chave de cauda longa. 

Para aproveitar ao máximo os assistentes de voz, o conteúdo precisará ser otimizado especificamente para eles.

  1. Compatibilidade com os dispositivos móveis

Assim como a crescente importância das pesquisas por voz, a necessidade de conteúdo compatível com dispositivos móveis também cresce. 

Esse fato força os programas de afiliados a otimizar o conteúdo para melhor uso móvel.

Alguns anúncios e conteúdo de marketing na internet já são projetados, de maneira específica, para uso em plataformas móveis. 

Em um curto espaço de tempo, os demais precisarão ser otimizados para fornecer uma melhor experiência ao usuário em smartphones e tablets.

Ter um site otimizado para celular é essencial, afinal, esse é o principal canal de pesquisas atualmente. 

Assim, se os clientes em potencial puderem acessar conteúdo relevante sobre piso laminado colocado com rodapé preço disponível a partir do uso de smartphones e tablets, eles tendem a continuar pela jornada de compra para a reforma residencial pelo link do afiliado, chegando a página e convertendo junto ao depósito, por exemplo.

Conclusão

Os programas de afiliados estão, rapidamente, se tornando um aspecto central de muitas estratégias de marketing não só no Brasil, mas em escala global. 

Tudo isso devido ao alto retorno de investimento e baixa necessidade de gerenciamento para as empresas, algo que outras estratégias não podem oferecer. 

À medida que o mercado consumidor tende a crescer, os benefícios dos programas de afiliados são mais aparentes para empresas de todos os tamanhos, nos mais diversos setores.

O que se pode esperar é que mais organizações usem o método com mais frequência no futuro, e tenham muito sucesso dentro das estratégias de marketing que apontam para o caminho do sucesso. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.